Educadores



Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!Impasses na formação inicial de professores de ciências nas séries iniciais Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
BELUSCI, Heloisa Treche.

Este é o resultado de uma pesquisa que acompanhou uma turma de estudantes e sua professora no desenvolvimento da disciplina Fundamentos do Ensino de Ciências, componente da grade curricular do curso de Pedagogia de uma universidade pública. O objetivo foi destrinçar a relação que os estudantes, ainda na formação inicial de professores, estabelecem com as Ciências Naturais e com seu ensino. Foram registradas e analisadas todas as 15 aulas do semestre, coletando-se dados por meio de 16 entrevistas com estudantes e uma com a professora, gravação em vídeo ou áudio das aulas, diários de campo da pesquisadora e da professora da disciplina e redações de avaliação da disciplina, feitas pelos estudantes. A análise qualitativa dos dados inicialmente buscou narrar a experiência didática, destacando os eventos marcantes ou significativos do desenvolvimento da disciplina. Em seguida, a experiência didática foi interpretada com base na visão de Sartre sobre os momentos do processo grupal dos estudantes e pelo recurso a analogias entre os discursos do inconsciente propostos por Lacan e os discursos do professor. A análise revela impasses vividos no contexto de formação inicial de professores, em que a condução do ensino parece ter contribuído para acentuar a relação dos estudantes com as Ciências Naturais marcada por rejeição, insegurança e por uma crença de que eram incapazes de alcançar o conhecimento pretendido pela professora. O impasse caracterizou-se tanto pelo fato de o discurso da professora, de um modo geral, não ter sido capaz de capturar os estudantes para aprenderem sobre os conteúdos de ensino, quanto pela maneira como os estudantes se organizaram para lidar com os conteúdos da disciplina: a práxis do grupo pareceu não contribuir para que cada um dos integrantes se envolvesse no processo de aprendizagem, pois os estudantes se organizaram de forma a se expor o mínimo possível, agindo de forma burocrática e evitando situações nas quais pudessem ficar aparentes suas fragilidades ou o fato de que não sabiam Ciências. Discutem-se assim os aspectos subjetivos que permeiam os processos de ensinar e de aprender. Este estudo aponta para a necessidade de se atentar para as relações dos sujeitos (professor e estudantes) com o conhecimento e de se capturarem os estudantes de Pedagogia, de modo a se engajarem em aprender o conteúdo de Ciências Naturais e envolver-se com seu ensino.

Palavras-chave: Ensino de Ciências. Formação de professores. Grupos. Processo ensino-aprendizagem.

Downloads 501  501  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Campinas  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.