Educadores



Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!A influência de contraceptivos orais combinados na condição periodontal Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
DOMINGUES, Roberta Santos

Durante as diferentes fases da vida, ocorrem alterações nos níveis dos hormônios sexuais no organismo. Estes períodos estão diretamente associados com episódios de inflamação periodontal exacerbada. Por isso, a relação entre níveis alterados dos hormônios sexuais e variações no grau de inflamação gengival tem sido estudada. Como os contraceptivos orais alteram artificialmente os níveis dos hormônios sexuais, o objetivo deste estudo é avaliar a influência de contraceptivos orais combinados atuais na condição periodontal de 25 mulheres entre 19 e 35 anos de idade que fazem uso deste medicamento pelo período mínimo de 12 meses em comparação ao grupo controle de 25 mulheres, dentro do mesmo limite de idade, que não fazem uso de contraceptivos orais. As pacientes foram avaliadas por examinador único, previamente treinado, cego em relação ao uso do contraceptivo, quanto às medidas de profundidade de sondagem, nível de inserção clínica, índice de sangramento do sulco e índice de placa. Os dados obtidos foram analisados estatisticamente segundo o teste t não pareado, teste de correlação de Pearson e teste de correlação de Spearman. Os resultados obtidos indicaram que mulheres que fazem uso de contraceptivos orais há mais de um ano apresentam maior profundidade de sondagem (2,228±0,011 x 2,154±0,012; p<0.0001), perda de inserção (0,435±0,01 x 0,412±0,01; p=0.11) e índice de sangramento do sulco (0,229±0,006 x 0,148±0,005, p<0.0001) do que o grupo controle, embora o índice de placa tenha sido menor no grupo teste do que no controle (0,206±0,007 x 0,303±0,008; p<0.0001). Não houve correlação entre o tempo de uso do medicamento, idade e nenhum dos parâmetros periodontais clínicos. Esses achados sugerem que o uso de contraceptivos orais combinados disponíveis atualmente no mercado pode influenciar a condição periodontal das pacientes, independentemente da quantidade de placa presente e do tempo de uso dos contraceptivos, resultando em maior inflamação da gengiva marginal.

Palavras-chave: Anticoncepcionais orais. Estrogênios. Gengivite. Periodontite. Progesterona.

Downloads 1478  1478  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site 
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.