Educadores


Ínicio : Arte : Dissertações : 

Categoria: Arte Dissertações
Fazer Download agora!Histórias de vida de educadoras do MST e sua contribuição para o ensino das Artes Visuais Popular Versão: PDF
Atualização:  16/3/2012
Descrição:
OLIVEIRA, Vinícius Luge

A presente dissertação, vinculada à Linha de Pesquisa 4 - Educação e Artes, do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Maria, buscou a partir da história de vida de três educadoras do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST), contribuir no debate acerca do Ensino das Artes Visuais. Para tanto, entendeu a pesquisa sobre história de vida enquanto a contextualização do relato realizado pelas colaboradoras, utilizando o materialismo dialético como enfoque teórico. O relato foi construído mediante uma entrevista biográfica, onde ao entrevistado é problematizada a construção de uma narrativa sobre sua vida, sua militância, as características da sua formação docente e a inserção do ensino das artes visuais nesse processo. As histórias de vida das três educadoras participantes da pesquisa demonstram a preocupação dos militantes do MST na formação de dirigentes, aliando a busca na formação específica, no caso a formação de professoras, com a militância política, objetivando a transformação da sociedade. Esse processo de formação demonstrou uma prática docente que procura redimensionar os significados dos objetos do dia-a-dia, como a barraca, os instrumentos de trabalho, as sementes e a terra utilizando-os como símbolos, com um grande potencial estético, e também, a necessidade de uma maior formação teórica sobre a produção de imagens, fato que é responsabilidade também das universidades.

Palavras-chave: História de Vida. MST. Ensino das Artes Visuais.

Downloads 1372  1372  Tamanho do arquivo 915.43 KB  Plataforma Universidade Federal de Santa Maria - UFSM  Site http://www.ufsm.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.