Educadores

Enem - Informações gerais

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi criado em 1998 com o objetivo de avaliar o desempenho do estudante ao fim da educação básica. A partir de 2009 passou a ser utilizado também como mecanismo de seleção para o ingresso no ensino superior.

O Enem é uma prova voluntária, aberta a todos os concluintes ou egressos do ensino médio, de escolas públicas ou particulares. Por meio do exame, é possível tanto obter o Certificado de Conclusão do ensino médio como candidatar-se aos vestibulares que utilizam a nota integral ou parcial, ou ainda candidatar-se ao Sisu, Prouni ou Fies.

As provas são aplicadas em todas as unidades da Federação e o participante escolhe o município onde deseja realizar sua prova, no ato da inscrição. O participante pode consultar e imprimir o seu Cartão de Confirmação de Inscrição na página do Inep, informando seu CPF e senha.

Disponibilizamos, a seguir, informações gerais sobre conteúdos das provas, edital 2015, cálculo da nota do Enem para que você professor possa orientar seus alunos.

ícone planilha
Cálculo da nota

ícone para edital
Edital 2015

logo guia de redação
Guia de Redação

ícone para documentos orientadores
Matriz Referência


Como é calculada a nota do Enem?

ícone para pdfTeoria da Resposta ao Item
A prova do Enem tem cinco notas: uma para cada área de conhecimento avaliada – Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens e Matemática –, mais a média da redação. Para o cálculo das médias em cada uma das quatro áreas é utilizada a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), que busca medir o conhecimento a partir do comportamento observado em testes.

ícone para pdf
Nota Técnica do Inep
Dessa forma, a prova objetiva do Enem a nota não é dada somente pelo número de questões corretas, mas também levando em conta a coerência das respostas do participante diante do conjunto das questões que formam a prova. Assim, o mínimo e o máximo em cada área do conhecimento dependem das questões que compõem a prova. Dessa forma, a nota mínima não é zero e a nota máxima não é 1000.

Um exemplo de cálculo pode ser observado pelos valores divulgados (ver tabela abaixo) e que correspondem à menor nota entre as mínimas registradas e à maior nota máxima dentre as registradas por todos os participantes do Enem 2012, nos diferentes modelos de prova de cada área do conhecimento do Exame.

Mínimo

Máximo

Ciências Humanas e suas tecnologias

295,6

874,9

Ciências da Natureza e suas tecnologias

303,1

864,9

Linguagens e códigos e suas tecnologias

295,2

817,9

Matemática e suas tecnologias

277,2

955,2


ícone para pdf
Guia do Participante
Os participantes que deixam a prova em branco ou erram todas as questões da prova recebem a nota mínima correspondente ao seu caderno de prova, conforme a Teoria de Resposta ao Item. Mais informações na publicação Entenda sua nota no Enem - Guia do participante.

Fechar

Matriz Referência

Para a realização da prova do Enem, é importante o domínio dos cinco eixos cognitivos comuns as áreas de conhecimento:
  • Dominar linguagens;
  • ícone pdf
    Matriz Referência
  • Compreender fenômenos;
  • Enfrentar situações-problema;
  • Construir argumentação;
  • Elaborar propostas.
Acesse a matriz de referência e obtenha mais informações sobre cada um deles.

Fechar

Recomendar esta página via e-mail: