Educadores

Ínicio : Ensino Religioso : Artigos : 

santo daime (0)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (Z a A)

Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!A didática do Ensino Religioso: contribuições para a formação de professores em curso normal Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
WACHS, Manfredo Carlos

Trabalho visa socializar projeto de pesquisa sobre o Ensino Religioso na formação docente do curso Normal, em nível de Ensino Médio. Levanta a problemática da legislação quanto ao curso Normal e ao curso de Pedagogia, conforme o Parecer 01/2006 e a reflexão sobre a temática focada no contexto do Rio Grande do Sul. Como forma de delimitação, o texto aborda a realidade abrangida pela 2a Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul. Abarca o embasamento legal sobre o assunto e o confronta com uma pesquisa de campo inicial, envolvendo a própria prática docente.

Palavras-chave: Ensino Religioso. Legislação. Formação docente. Didática. Práxis educativa. Curso Normal.

Downloads 3837  3837  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma GPER  Site http://www.gper.com.br/er_artigos.php
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!A Devoção a Sathya Sai Baba e a Integração de Aspectos do Hinduísmo ao Universo Religioso Brasileiro Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
CAES, André Luiz

Este texto constitui uma reflexão sobre o crescimento da devoção a Sathya Sai Baba no mundo ocidental e no Brasil em particular. Inserida no contexto das intensas mudanças que atingiram o universo religioso ocidental nas últimas décadas, essa devoção é aqui analisada a partir de três referenciais: o da singularidade da mensagem e do propósito de Sai Baba dentro das correntes religiosas ligadas ao Hinduísmo que aportaram no Ocidente no século XX; o da relação entre a aceitação dos ensinamentos de Sai Baba e o fenômeno de orientalização do universo religioso ocidental; e o das aproximações existentes entre a devoção a Sai Baba e aspectos centrais da devoção cristã.

Palavras-chave: Sathya Sai Baba. Devoção. Orientalização do universo religioso ocidental.

Downloads 721  721  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma REVER  Site http://www.pucsp.br/rever/rv4_2006/t_caes.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!A criação da Diocese de Botucatu e a ação romanizadora de seu primeiro bispo, D. Lúcio Antunes de So Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
AQUINO, Maurício de

Na passagem do século XIX para o século XX, a Igreja Católica no Brasil, já na Era Pós-Padroado, efetivou um amplo processo de construção institucional, encaminhado através da criação de dioceses, da formação de patrimônio eclesiástico e da eleição de bispos fiéis a autocompreensão ultramontana da Igreja. Respondia, assim, ao duplo desafio de praticar as novas diretrizes e empreendimentos da Santa Sé, bem como de reestruturar-se organizacionalmente face aos condicionantes sócio-políticos da sociedade brasileira da época1. Nesse texto, essas perspectivas e conceituações, utilizadas por diferentes autores para analisar a Igreja no Brasil, serão dirigidas ao processo de criação da diocese de Botucatu e da atuação de seu primeiro bispo, D. Lúcio Antunes de Sousa (1909-1923), ainda em estudo.

Downloads 642  642  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma ABHR  Site http://www.abhr.org.br/?page_id=57
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!A contribuição, do ponto de vista do professor-leitor, da revista diálogo para o Ensino Religioso Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
CARDOSO, Cláudia Regina Tavares; JUNQUEIRA, Sérgio Rogério Azevedo

A Diálogo – Revista de Ensino Religioso – tem contribuído para a formação dos professores no Brasil e na propagação do Ensino Religioso (ER), como área de conhecimento, desde a criação em 1995 até 2005, quando completou 10 anos de criação. Essa contribuição se dá por meio dos temas abordados e também pela ótica dos educadores, que buscam contribuir na elaboração da revista, enviando seus questionamentos e sugestões. A Revista Diálogo é editada pela Paulinas, desde outubro de 1995 e nasceu das aspirações de professores do ER. Criada em pleno debate da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN), que em 1997 ocorreu a revisão do Artigo 33, da Lei 9.475/97, que reforçou o ER como disciplina curricular e área de conhecimento a ser ensinado nas escolas públicas do ensino fundamental. O formato da Diálogo foi estudado pelos elaboradores, pensando no(a) professor(a)-leitor(a) do periódico, conforme descreve a editora, Irmã Luzia Sena, em entrevista: “(...) nós começamos do zero (...) pensando no formato da revista, colocando-nos no lugar do professor, como ele queria que fosse”. Da relação entre o professor-leitor e o periódico Diálogo há todo um processo de comunicação e recepção em que produto (a Revista) oportuniza ao público-sujeto-leitor-receptor (o professor) aquisição de conhecimento, de informação. O professor-leitor, por sua vez, retorna esse saber e interfere na elaboração da Revista. Para analisar as 134 Cartas dos Leitores da Revista Diálogo buscou-se agrupá-las em categorias, que facilitam o processo de análise. Da participação dos leitores em se corresponder com a direção da Revista Diálogo, 93 são do sexo feminino, sendo que os universos feminino e masculino que escreveram estão concentrados na região Sudeste do Brasil. Como “Formação” entendeu-se na leitura das cartas que são utilizadas, ao menos, com três fins específicos: na informação e atualização do(a) leitor(a)-receptor(a); como subsídio para atuação do professor em sala de aula e como material de apoio, manuseado pelos estudantes. Ao analisar as cartas, observando a formação e atuação dos receptores da Diálogo consegui-se delinear o perfil desse(a) leitor(a). Entre os correspondentes, 46,25% (62 leitores) não especificaram a formação ou a atuação profissional e 31,34% são professores do ER nas redes pública e particular e também religiosos(as). No uso da Revista Diálogo como “subsídios para a atuação em sala de aula” percebe-se a satisfação de 37,31% dos(as) leitores(as). Como o(a) receptor(a)-leitor(a) percebe a revista, pode vir a influenciar em seus sentimentos com relação ao objeto do conhecimento, neste caso o ER. O formato da Revista, a visualização, com imagens, fotos e ilustrações interferem na assimilação do objeto lido. Entre o universo de correspondências, 74 referem-se positivamente a apresentação da Revista Diálogo.

Palavras-chave: Ensino Religioso. Periódico. Público-sujeto-receptor. Professor-leitor. Comunicação.

Downloads 603  603  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://www.dhi.uem.br/gtreligiao/artigo.html
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!A construção de um mundo sem doença e sem violência: o alvo de Sekai Kyusei Kyo (Igreja Messiânica M Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
CLARKE, Peter B.

Esse artigo focaliza o projeto milenarista no Brasil de uma nova religião Japonesa que se chama Sekai Kyusei Kyo e no Brasil é conhecida como a Igreja Messiânica Mundial do Brasil ou simplesmente a Messiânica. O milenarismo da Igreja Messiânica e simbolizado em vários modelos do paraíso terrestre construídos em vários paises do mundo inclusive Japão, Tailândia e Brasil. No Brasil o modelo foi construído em Guarapiranga, no estado de São Paulo, mais ou menos 40 quilômetros a oeste da cidade de São Paulo e constitui o solo sagrado para América Latina inteira.
A Messiânica pretende também construir uma Cidade da Nova Era que será tão diferente das outras cidades milenaristas, sejam construídas ou sejam contempladas no passado, inclusive a Cidade do Sol. Essa Cidade da Nova Era será construída e governada de acordo com as Leis da Natureza que, para a Messiânica, tem a mesma significância que a idéia de Deus para os seguidores das religiões monoteístas como o Cristianismo, o Islamismo e o Judaísmo. A liderança da Messiânica designou o Brasil como um dos instrumentos principais para a salvação do mundo, acreditando que esse país será um catalisador para a transformação global através da construção de outras cidades da Nova Era em cada pais do mundo. Esses modelos de sociedade perfeita que vive de acordo com os princípios e práticas da Lei da Natureza serão os meios principais para a socialização dos habitantes desse planeta. Dessa maneira, o Brasil tornar-se-á o meio de salvação global, no sentido de um mundo sem doença e sem pobreza. Para um movimento como a Messiânica é imperativo que esse mundo seja totalmente transformado porque não existe outro lugar onde o ser humano possa crescer e desenvolver-se. A ideia de um mundo espiritual existe mas é um mundo estático. A lógica milenarista da Igreja Messiânica é baseada na crença de que para crescer espiritualmente o ser humano precisa voltar para esse mundo. Mas para que essa volta tenha sucesso completo permitindo ao ser humano realizar totalmente o seu potencial é necessário que esse mundo torne-se perfeito por meio da prática das Leis de Natureza.

Downloads 706  706  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma REVER  Site http://www.pucsp.br/rever/rv4_2002/t_clarke.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!A construção da figura de Maria na Igreja Católica: uma análise do contexto político, social e relig Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
SILVA, Tiago Vidal da

A figura de Maria sempre esteve muito presente nas expressões religiosas do catolicismo e hoje constitui objeto de pesquisa e de análise de historiadores, sociólogos, antropólogos, psicólogos, filósofos e teólogos que buscam antes de explicar, compreender o retorno ao sagrado, e conseqüentemente a influência das mudanças religiosas na sociedade.

Downloads 759  759  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://http://www.dhi.uem.br/gtreligiao/st2.html
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!A coleção “Redescobrindo o universo religioso”: “O quê?” e o “Para quê?” do ensino de religião na es Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
GILZ, Claudino; JUNQUEIRA, Sérgio Rogério Azevedo

O presente artigo tem como objetivo discutir “o quê?” e o “para quê?” do ensino de religião na escola e na formação do professor por meio de elementos colhidos de uma pesquisa realizada recentemente com professores escritores e não-escritores da Coleção “Redescobrindo o Universo Religioso”. Não obstante às manifestações favoráveis e contrárias à presença do Ensino Religioso no currículo escolar por ocasião da promulgação da nova LDB/96, “o quê?” e o “para quê?” ensinar religião trazem consigo questionamentos pertinentes e atuais.

Downloads 2096  2096  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://www.dhi.uem.br/gtreligiao/st6.html
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!A celebração da Páscoa judaica e as tradições culturais - simbologia e significado Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
TOMAZ, Paulo César; PELEGRINI, Sandra de Cássia Araújo

A Páscoa Judaica ou Pêssach é uma festa religiosa comemorada pelo povo judeu, evocando a passagem da escravidão no Egito para a condição de liberdade, conforme evento descrito na Torah (Livro Sagrado dos Judeus). Essa festa religiosa é comemorada anualmente pelos judeus em todo o mundo, sendo sua presença também observada por seus descendentes aqui no Brasil através das Sinagogas Judaicas, como a do Centro Israelita do Paraná (CIP) em Curitiba, por exemplo. A festa reúne todos os anos, durante o mês de abril, as famílias e os amigos em torno da mesa de Pêssach, onde se segue um cuidadoso ritual de preparação com orações e uma culinária específica para a ocasião. Tal celebração religiosa faz parte integrante do patrimônio cultural brasileiro, o qual merece ser conhecido e estudado em sua simbologia e significado, embora o governo brasileiro, desde a década de 1930, não tenha priorizado as contribuições dos imigrantes na formação cultural brasileira.

Downloads 5807  5807  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://www.dhi.uem.br/gtreligiao/st1.html
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!A Busca pelo Sagrado: O mito do herói e os ritos de passagem Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
AMADO, André Miele

O rito de passagem ou de iniciação é um rito que marca a transição de um status social ou sexual a outro. Ritualmente reproduz o nascimento, a saída do bebê da barriga da mãe e a entrada para uma nova realidade. Assim como no nascimento, o rito de passagem exige o desprendimento, esforço, sacrifício. Em algumas culturas tais ritos são acompanhados de escarificações e privações.

Downloads 3152  3152  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma ABHR  Site http://www.abhr.org.br/?page_id=57
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ensino Religioso Artigos
Fazer Download agora!A Batalha Espiritual e o Erotismo Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
BESSA, Daniela Borja

Neste trabalho será analisada a "batalha espiritual", forte movimento espiritual presente no neopentecostalismo brasileiro, mostrando sua relação com o erotismo. Mostramos que o feminino é objeto constante de demonização, seja do corpo, seja das palavras, seja das atitudes as mulheres. O movimento da batalha espiritual repreende não apenas a sensualidade (olhares, gestos e roupagem são razões para se suspeitar de possessões demoníacas), como também comportamentos femininos que estigmatiza como pouco adequados à mulher cristã (que deveria ser atrelada à submissão, à dependência, à docilidade). Entretanto, paradoxalmente, é o feminino o principal difusor do movimento da batalha espiritual. As mulheres são suas principais lideranças e suas ardorosas difusoras; de demonizadas, tornam-se soldados na batalha da moderna "caça às bruxas".

Palavras-chave: Batalha espiritual. Feminino. O demoníaco. Corpo.

Downloads 10654  10654  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma REVER  Site http://www.pucsp.br/rever/rv1_2006/t_bessa.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 (40) 41 »