Educadores

Ínicio : Educação Fisica : Monografias : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Educação Fisica Monografias
Fazer Download agora!Mulheres em quadra: o futsal feminino fora do armário Popular Versão: PDF
Atualização:  21/3/2012
Descrição:
OLIVEIRA, Caroline Silva de

A Educação Física é uma rica área para discussões de gênero, porém carece de estudos que abordam especificamente as relações de gênero, a homossexualidade e o preconceito nos esportes. Situações de preconceito, estereotipia, discriminação e desigualdade são evidentes na prática feminina do futebol/futsal. Diante da relevância do conhecimento das diversidades presentes em práticas corporais e esportivas e a inclusão da mulher nesse universo, esta pesquisa teve por objetivos: investigar as percepções de gênero, preconceito e homossexualidade em jogadoras de futsal e discutir o preconceito relacionado à homossexualidade presente. As informações foram obtidas por questionário estruturado com 18 questões distribuído a 35 atletas de alto rendimento, ex-atletas e mulheres que praticam futsal por lazer. A dimensão da homossexualidade na modalidade foi surpreendente quando todas responderam conhecer lésbicas que praticam o esporte. O comportamento homofóbico de algumas mulheres da pesquisa foi chocante, em contrapartida, ficou evidente a compreensão da maioria sobre a orientação sexual das lésbicas. As jogadoras têm consciência das relações de poder presentes no futebol, como resultante das relações de gênero historicamente presentes na sociedade. Elas são subversoras de uma ordem considerada natural que as colocam como coadjuvantes da história do futebol. No Brasil, onde o futebol é uma identidade nacional, as mulheres ainda não têm visibilidade, tornando-se mais um espaço a ser conquistado por elas. A conquista desse espaço, consequentemente, acarretará o respeito e amenizará o preconceito. Há muito que se discutir sobre o futebol feminino, pois é um espaço que ainda necessita de maior atenção por parte de pesquisadores sociais.

Palavras-chave: Futebol feminino. Gênero. Preconceito. Homossexualidade.

Downloads 2674  2674  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Monografias
Fazer Download agora!Novas perspectivas pedagógicas no Ensino da Educação Física para o Ensino Médio Popular Versão: PDF
Atualização:  21/3/2012
Descrição:
FERREIRA, Mário Simão; FERREIRA FILHO, Mário Simão

Este estudo busca por alternativas metodológicas viáveis que se preocupem com as questões motivacionais nas aulas de Educação Física para o Ensino Médio. Dentro de seus objetivos específicos procura-se neste trabalho verificar subsídios teóricos que amparam o trabalho da Educação Física dentro do Ensino Médio; procura-se investigar a visão da Educação Física no Ensino Médio dos alunos do Colégio Nirlei Medeiros e, por fim descrever práticas inovadoras para orientar o profissional que trabalha com o Ensino Médio. Adotou-se uma metodologia de natureza qualitativa /descritiva que segundo a população foi formada por alunos pertencentes a uma escola de Rede Pública de Ensino, constituída por 71 sujeitos de ambos os gêneros com idade entre 18 a 25 anos todos cursando o ensino médio. Para coletar os dados foi utilizado o instrumento adaptado de Bordignon (2003) denominado de: instrumento de avaliação dos níveis de motivação dos alunos de ensino médio à prática da educação física, com 20 questões de múltipla escolha tipo escala Likeit. A pesquisa retratou a visão que os alunos do Ensino Médio têm da Educação Física Escolar, e os níveis de motivação de sua participação nas aulas.

Palavras-chave: Educação Física. Motivação. Ensino médio.



Downloads 2647  2647  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma FACULDADE PADRE JOÃO BAGOZZI  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Monografias
Fazer Download agora!Asma e atividade físca em crianças Popular Versão: pdf
Atualização:  21/3/2012
Descrição:
TENROLLER, Carlos Alberto

O presente estudo caracteriza-se como revisão de literatura, quando se procurou descrever os pensamentos de vários estudiosos que produziram textos cuja ênfase gira em torno do tema “asma e atividade física em crianças”. A doença asma é um problema de saúde pública que afeta a vida de milhões de pessoas no mundo inteiro, atingindo todas as faixas etárias e todos níveis sócio-econômicos. A alta prevalência da doença apontada por vários estudiosos, médicos, pneumologistas, organismos governamentais e não-governamentais é uma preocupação em vários lugares do mundo e não é diferente no Brasil e no Rio Grande do Sul. Atualmente, existem várias iniciativas e programas que tentam reduzir os índices de asma que aparecem em várias regiões e que afetam os gêneros masculino e feminino.O entendimento dos conceitos ligados a asma, a sua descrição e a relação da atividade física em crianças são de suma importância na abordagem dos problemas inerentes a esta doença. Portanto, muitos estudos que investigaram este tema, podem e devem ser considerados em prol de ações práticas, principalmente os relacionados a atividade física em crianças, e que, ajudam a desmistificar e deixam claros os benefícios que podem advir de tais atividades, contribuindo juntamente com outros cuidados, que não devem ser dispensados aos portadores da doença asma. É sempre desejável que mais estudos sejam realizados para contribuir na minimização deste problema de saúde pública que está presente nas mais diversas realidades.

Palavras-chave: Doença. Asma em crianças. Prevalência da asma. Atividade física.

Downloads 2633  2633  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Luterana do Brasil-ULBRA  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Monografias
Fazer Download agora!Grupos estabelecidos e outsiders nas aulas de Educação Física Escolar: avaliação e intervenção pedag Popular Versão: PDF
Atualização:  21/3/2012
Descrição:
MUNIZ, Emanuel Max

O objetivo deste trabalho foi verificar como se apresentam os grupos de estabelecidos e outsiders (ELIAS, 2000) no interior da aula de Educação Física, e como o professor, via processo avaliativo e intervenção pedagógica, reafirma ou minimiza a ação desses grupos. Foi observada uma turma do ensino fundamental de uma escola Estadual do município Guarapuava - Brasil. Um questionário foi aplicado ao professor no final do período da observação, com algumas perguntas referentes à avaliação, se através desta ela reafirma ou minimiza a ação desses grupos. Através da pesquisa de campo notou-se a divisão destes grupos de estabelecidos e outsiders entre os alunos da série pesquisada. A avaliação juntamente com a intervenção do professor até onde foi acompanhada por nós, não influenciou para a diminuição destes grupos.

Palavras chaves: Educação Física. Estabelecidos. Outsiders.



Downloads 2446  2446  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Curso de Licenciatura em Educação Física, da Facul  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Monografias
Fazer Download agora!Benefícios psiconeuroimunólogicos da atividade física para pacientes com câncer Popular Versão: pdf
Atualização:  21/3/2012
Descrição:
VIEIRA, Rubens Antonio Gurgel

O dualismo cartesiano foi o grande responsável pelo paradigma que resultou na divisão do ser humano em corpo e mente. Esta visão resultou no modelo biomédico de medicina, que negligencia o papel das emoções na saúde corporal, mutilando o homem de suas outras manifestações. A psicossomática, galgando vagarosamente o seu lugar na medicina ocidental, culminou com a psiconeuroimunologia. Esta é uma área que agrega conhecimentos desenvolvidos dos Sistemas Nervoso, Imunológico e Endócrino, a partir de estudos de Adler e Cohen. Rotas biológicas interligando emoções e o corpo humano permitiram um avanço na concepção de homem. Assim, este estudo buscou a influência psiconeuroimunológica da atividade física sobre os pacientes com câncer, relacionando estudos diversos, porém de áreas distintas, sobre benefícios psicobiológicos da atividade física, com outros sobre atividade física e câncer. Destaca-se a escassez de pesquisas para a relação entre atividade física e câncer, porém benefícios psicológicos da atividade física já estão evidenciados em inúmeros estudos, mesmo que sem esclarecer exatamente por quais mecanismos. A revisão bibliográfica apontou para a possibilidade de benefícios da atividade física tanto para a prevenção, quanto para o tratamento do câncer, sendo necessários maiores estudos para determinar modalidades, volumes e intensidades ideais.

Palavras-chave: Psiconeuroimunologia. câncer. atividade física.


Downloads 2314  2314  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Faculdade de Educação Física, Associação Cristã de  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Monografias
Fazer Download agora!O emprego dos elementos do surf no salvamento aquático Popular Versão: 
Atualização:  21/3/2012
Descrição:
Guaiano, Osni Pinto

Este trabalho objetivou levantar dados sobre utilizar elementos intrínsecos do surf na prevenção e ação diante do afogamento, além de observar o entendimento de professores e alunos do curso de graduação em educação física sobre o assunto.

Downloads 2247  2247  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Paulista, Bauru  Site http://
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Monografias
Fazer Download agora!Juventude e tempo livre: Possíveis Reflexões Popular Versão: pdf
Atualização:  21/3/2012
Descrição:
LIMA, Angélica Cardoso

Esta pesquisa buscou evidenciar as possíveis relações entre juventude e tempo livre na sociedade capitalista. Para isso, apresentei algumas reflexões sobre o tema na sociedade capitalista com intuito de discutir as ações e intervenções dessa geração no cotidiano social. Caracterizado como uma pesquisa bibliográfica e sustentada teórico-metodologicamente por autores marxistas, e que, portanto se utilizam do materialismo histórico e dialético, pude me aproximar das categorias teóricas, tomadas aqui como relevantes para as articulações propostas. A juventude geração caracterizada pelo processo de preparação para o mundo adulto produtivo, pode ser entendida como um forte ponto de referencia para as transformações sociais. Nessa direção as manifestações ou movimentos sociais aqui apontados, tais como o movimento sem terra (MST) e movimento estudantil demonstram os poucos caminhos que restam à juventude, enquanto movimento organizado para romper os valores do trabalho produtivo na sociedade do capital. Nesse ínterim, o esporte, como proposta oferecida aos jovens, por meio das políticas públicas estatais, para a ocupação de seu tempo livre, evidencia também, a determinação e controle da juventude, visando conformá-la e discipliná-la para que os eventuais ímpetos de resistência aos valores hegemônicos sejam minimizados e transformados em desejos individualizados. Finalmente, cabe ressaltar que os poucos movimentos organizados pela juventude ainda suscitam e estimulam a chama da inquietude e a essência da juventude revolucionária e, que, se junta as manifestações culturais jovens como funk, rap, skate, mas que, com clareza, os identifica ainda no processo de resistência que conforma.

Palavras-chave: Juventude.Tempo livre e sociedade capitalista.

Downloads 2191  2191  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM-Universidade Estadual de Maringá  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Monografias
Fazer Download agora!Lazer, escola e juventude: algumas aproximações Popular Versão: pdf
Atualização:  21/3/2012
Descrição:
PESSOA, Amanda Raquel Rodrigues

Este trabalho é uma exigência do curso de Licenciatura Plena em Educação Física da Universidade Regional do Cariri – URCA, ele tem por meta conquistar a aprovação na referida graduação. O tema abordado é o lazer, o qual é relativamente recente no universo acadêmico e possui inúmeras reflexões. Este trabalho monográfico irá analisar e discutir o lazer para os jovens do ensino médio, na perspectiva de refleti-lo no universo escolar, buscando percebe-lo enquanto necessidade social. Especificamente, cabe a este trabalho identificar quais as práticas mais freqüentes entre os jovens da pesquisa, verificando como eles utilizam o seu tempo livre e quais as suas áreas de interesse quanto à questão do lazer. O campo de investigação foi a Escola de Ensino Fundamental e Médio Estado da Bahia da rede pública da cidade de Crato. Realizou-se um estudo de natureza exploratória, tendo sido utilizado para coleta de dados a observação assistemática, questionários estruturados e perguntas norteadoras para a elaboração de um texto pelos alunos. Pretendeu-se analisar de forma crítica todo material, buscando compreender os fenômenos sociais, e suas contradições. Com relação aos significados atribuídos ao lazer, pelos jovens da pesquisa pode-se constatar que os mesmos possuem uma visão funcionalista do lazer, assumindo características de lazer alienado, bem como ser as conversas cotidianas a principal vivência de lazer entre os jovens. Fato influenciado pelas questões socioeconômicas e o medo da violência. Por fim os jovens da pesquisa acreditam que a escola poderia oferecer mais lazer, porém a, mesma restringe seu lazer a biblioteca, Educação Física e festinhas cotidianas.

Palavras-chave: Lazer. Escola. Juventude.

Downloads 2029  2029  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Regional do Cariri  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Monografias
Fazer Download agora!A saúde na Educação Física escolar sob a perspectiva eco-relacional Popular Versão: pdf
Atualização:  21/3/2012
Descrição:
PONTES JUNIOR, José Airton de Freitas

A Educação Física, como disciplina do currículo escolar, como área de conhecimento e como atividade realizada por uma população cada dia maior, está em constante movimento. Com o intuito de acompanhar este movimento, vemos emergir neste campo abordagens e concepções de ensino que buscam reconfigurar as ações e práticas pedagógicas. O processo de transformações ocorridas ao longo dos tempos recai também na dimensão da saúde que passa por processo de reconfiguração no âmbito da Educação Física. Pensar esta reconfiguração da saúde em sua relação com a educação física escolar, atualmente, é pensar em diferentes práticas, humanos, concepções e realidades distintas. Nesse sentido, trata-se não somente de pensar novas estratégias de ensino, mas em propostas que busquem superar os modelos tradicionais que vinculam ainda a dimensão da saúde às concepções higienistas, com viés biologicista. Entendendo a Educação Física como parte da educação integral dos indivíduos, o estudo teve como propósito discutir a articulação da saúde na Educação Física escolar à perspectiva eco-relacional. O trabalho teve como principal objetivo verificar quais as contribuições que a perspectiva eco-relacional oferece como proposta epistemo-metodológica num processo de ensino-aprendizagem da Educação Física relacionada à saúde na escola. Através de uma proposta que se materializou via uma pesquisa intervenção engajada, foi possível experienciar este estudo no cotidiano escolar, nas aulas de educação física para estudantes de Ensino Médio em uma escola pública de Fortaleza, CE. Para a realização do estudo, utilizamos na coleta de dados questionários, relatos e diário de campo, onde a análise foi desenvolvida nos moldes do método da Análise de Conteúdos, no qual se chegou a um conjunto de categorias, em respostas às questões norteadoras do estudo. Na análise das contribuições da PER para os processos de ensino, destacamos: 1) o ensino dialógico, crítico e contextualizado como possibilidade; 2) o trabalho coletivo nas aulas de EF; 3) ampliação da concepção de saúde; 4) dificuldade e dilemas do cotidiano de ensino crítico e democrático. Para análise das mudanças favorecidas pela utilização da PER, foi possível identificarmos: 1) melhora no comportamento, maior participação e envolvimento nas aulas; 2) Ressignificação da concepção de saúde. Foi possível perceber ainda a evolução e o desenvolvimento do grupo no partilhar das informações e conhecimentos sobre a dimensão da saúde para além do enfoque biológico, através de uma postura mais crítica que se apresentou por meio do trabalho de contextualização, de uma maior abertura ao diálogo, do partilhar de experiências relacionais, tal como é próprio da perspectiva eco-relacional. Acreditamos que os pressupostos da perspectiva eco-relacional proporcionaram discussões e experiências gratificantes para mim como docente e, principalmente, para os discentes, pois instigaram neles questões sobre como os hábitos saudáveis são importantes em suas vidas, ampliando o conceito de saúde, tornando-a mais crítica. Com isso, percebi-se ser viável vivenciar uma nova abordagem da saúde nas aulas de educação física na escola por meio da perspectiva eco-relacional.

Palavras-chave: Educação Física Escolar; Perspectiva Eco-Relacional; Saúde.

Downloads 1979  1979  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Curso de Educação Física, Faculdade de Educação, U  Site http://boletimef.org/biblioteca/2774/Saude-eco-relacional-na-Educacao-Fisica-escolar
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Monografias
Fazer Download agora!Discutindo Valores Humanos na Educação Física escolar: uma perspectiva a partir do método “educare” Popular Versão: pdf
Atualização:  28/2/2012
Descrição:
SEBBEN, Thiago Felipe

O objetivo do presente estudo foi promover os valores humanos (paz, amor, ação correta, verdade, não-violência) a partir de práticas originárias do conteúdo da Educação Física (ginástica, luta, dança, jogos e esporte) sempre abordado com os estudantes através da ludicidade e das técnicas propostas pelo método “educare”. O microambiente escolar da prática pedagógica foi a Escola Municipal (EM) Santa Ana Mestra, escola da Rede Municipal de Ensino (RME) da Prefeitura Municipal de Curitiba (PMC). A escola possui um total de 768 alunos matriculados, sendo 390 no turno matutino. Destes, 175 participaram da pesquisa. A pesquisa foi de caráter aplicado qualitativo, tendo como instrumento metodológico a pesquisa-ação, em quatro etapas: diagnóstico, ação – que foi subdividida em duas sub-etapas: planejamento e ação propriamente dita -, avaliação e reflexão. Os resultados da aplicação desse método foram: o diagnóstico da realidade de indisciplina e dos problemas de convivência entre os estudantes, o planejamento pedagógico unindo os valores humanos e as práticas da cultura corporal, os relatórios da aplicação das aulas planejadas, a melhora no nível de desenvolvimento moral de duas turmas avaliadas, e a reflexão dos estudantes sobre o método a que estiveram expostos durante a pesquisa. É possível afirmar que o método “educare” é um instrumento pedagógico coerente com o objetivo de tentar transformar/aprimorar o caráter das crianças e, por conseqüência, a convivência das crianças no ambiente escolar e em outros ambientes.

Downloads 1977  1977  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Faculdades Integradas “Espíritas”   Site http://contribuição do professor
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 (7) 8 »