Educadores

Ínicio : Sociologia : Teses : 

Produções de Profissionais da Seed: Teses (6)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do melhor para o pior avaliado)

Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!Carnaval, identidade étnico-cultural e educação não formal Popular Versão: PDF
Atualização:  19/8/2013
Descrição:
ANTONIO, Carlinos Fausto

Resumo não informado

Downloads 280  280  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!Fênix e a Globalização (ou Malthus revisitado) Popular Versão: PDF
Atualização:  19/8/2013
Descrição:
CHINALI, Luis Alfredo

Este estudo analisa a globalização capitalista atualmente em curso como episódio histórico no qual se repete um padrão recorrente, pelo qual a classe dominante apropria-se de progressos técnicos devidos ao trabalho social geral como instrumento para aprofundar sua hegemonia. Identifica no recuo ideológico que tem se verificado no campo político e sindical de orientação proletária ao mesmo tempo que um grave problema, enquanto abre campo à ofensiva de classe da burguesia,uma oportunidade histórica, por decantar o campo dos trabalhadores dos oportunismos e modismos que comprometeram a possibilidade de elaboração mais avançada, no que tange à ideologia revolucionária. Propõe uma reinterpretação do atual quadro histórico como configurando o confronto entre uma barbárie “clássica”, configurada na condição de vida a que são forçados os trabalhadores, com o avanço da violência e de formas “marginais” de integração econômica e uma neobarbárie, configurada nas formas que a burguesia tem encontrado para fugir às consequências, em termos de instabilidade social, de suas próprias políticas excludentes. Interpreta o caráter crescentemente excludente das políticas da burguesia como decorrência da ausência de fronteiras de expansão, onde a atual classe hegemônica possa empregar os excedentes de produção e mão-de-obra como elementos de acumulação ampliada. Postula a necessidade de os intelectuais ligados à classe trabalhadora reelaborarem a ideologia proletária tendo em vista a crescente importância do Lumpen Proletariado, como forma de existência das classes subalternas.

Downloads 523  523  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://libdigi.unicamp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!Língua e mestiçagem: Uma leitura das reflexões lingüísticas de Gilberto Freyre Popular Versão: pdf
Atualização:  13/11/2013
Descrição:
BORBA, Lilian do Rocio

As línguas são objeto de discursos cotidianos que podem ser tanto avaliativos quanto descritivos, este fato é reconhecidamente uma das preocupações da pesquisa sociolingüística. Neste trabalho, analisamos discursos do senso comum que se reportam à língua como elemento constituinte da nação brasileira. O que, consideramos, atua no processo de construção de identidade nacional. Empregando um viés diacrônico e qualitativo, tratamos de imagens presentes em Casa Grande & Senzala, de Gilberto Freyre 1933, tais como o português com açúcar - ou o abrandamento do português do Brasil -, além de enunciados do século XIX sobre como os brasileiros utilizam sua língua. O objetivo é ressaltar como em ambos os grupos de enunciados as representações sociais que emergem atuam tanto no imaginário sobre a língua como sobre os grupos que a utilizam. Tal processo concorre para a construção de identidade lingüística: como o indivíduo se reconhece na sua língua, como o indivíduo se refere a ela, o que se diz dela que é aceito como verdade.

Palavras-chave: língua nacional. identidade. sociolingüística. Gilberto Freyre.
xi

Downloads 6189  6189  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp  Site http://www.bibliotecadigital.unicamp.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!Projetando a Subjetividade: a construção social do amor a partir do cinema Popular Versão: PDF
Atualização:  7/2/2014
Descrição:
ROSSI, Túlio Cunha

Este trabalho investiga discursos e modelos de amor romântico construídos
em filmes do cinema hollywoodiano, especialmente nas décadas de 1990 e 2000. Debate-se o papel do cinema na constituição de referências sobre a idealização e a experiência de relacionamentos amorosos e como esse contribui para reproduzir crenças e valores morais a respeito do amor que são pertinentes à modernidade e suas especificidades sociais, culturais e históricas. Nisso, observam-se no período analisado citações constantes de produções de outras épocas, indicando, especialmente em um contexto de grande presença de mídias audiovisuais na vida cotidiana, que o próprio cinema se utiliza como referência ao tratar do tema amor e reproduz isso como algo corriqueiro e culturalmente estabelecido.

Palavras-chave: Amor. Cinema. Imaginação. Narrativa. Individualidade.

Downloads 4036  4036  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-26062013-093448/pt-br.php
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Sociologia Teses
Fazer Download agora!O Que o Cidadão Kane tem a ver com a Rainha Christina?  Popular Versão: PDF
Atualização:  7/2/2014
Descrição:
MACHADO, Sandra de Souza

A tese analisa características marcantes, comuns, e fundamentais nas produções audiovisuais eurocêntricas, hegemônicas e dominantes no panorama mundial, que instigam, perpetram, e perpetuam a negação do feminino e a formação dos estereótipos de gênero que permeiam as diversas culturas e sociedades globais. As teorias da imagem em movimento (cinema) e da fotografia, bem como as análises críticas das teorias feministas do cinema, são desenvolvidas como ferramentas para a pesquisa. A imagem é um instrumento poderoso de comunicação, assemelha-se ou confunde-se com o que representa. Visualmente imitadora, ou reflexo, pode levar ao conhecimento, educar, ou enganar. A imagem construída cria associações mentais sistemáticas. A análise da (i)materialidade da imagem questiona suas diversas significações e os problemas que ela levanta enquanto signo. A metodologia envolve o hibridismo da leitura comparativa e análise fílmica entre as produções audiovisuais em estudo, do ponto de vista das questões de gênero, dos feminismos, da crítica psicanalítica, da História do Possível. O controle da memória andro-eurocêntrica, mormente pelas mídias audiovisuais, está ligado a questões históricas de poder e dominação. Nessa memória, a mulher é o segundo sexo, ela é o Outro, e segue representada pela identidade de dominação patriarcal: o homem. Dados e pesquisas deste século XXI mostram que o cinema norte-americano, feito para as massas, movimenta entre 10 a 12 bi lhões de dólares, por ano, com a produção, exibição, distribuição, bilheterias, vendas de vídeos e DVDs, em escala mundial. E o montante cresce a cada ano. Apesar de seus lugares-comuns, clichês, e fórmulas prontas, as produções audiovisuais dominantes procuram acompanhar as exigências “politicamente corretas” e novas preocupações, em nível global, com questões como o racismo, sexismo, gênero, meio ambiente, questões religiosas e sócio-culturais. Entretanto, em pleno século XXI, pouco mudou, de fato. Principalmente, no que tange os problemas de gênero. Aos que reclamam contra os estereótipos femininos negativos e mesmo a nulidade do feminino, que se perpetuaram e são exaustivamente reproduzidos, desde todo o século passado, na mídia norte-americana, e no Ocidente, por conseguinte, os executivos da mídia audiovisual argumentam que a economia e a política sócio-culturais dessa indústria tornam impossível aos produtores evitarem tais estereótipos de gênero. As mulheres, em todo o mundo, ainda têm que lidar com o fato de que muitos produtores (imensa maioria) do cinema estão muito mais preocupados em serem chamados de racistas, por exemplo, do que de misóginos.

Palavras-chave: Cinema. Feminismo. Hisória. Estudos de Gênero. Psicanálise.

Downloads 11005  11005  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UnB  Site http://repositorio.unb.br/handle/10482/4256
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 (13)