Educadores

Ínicio : Língua Portuguesa : Teses : 

Produções de Profissionais da Seed: Teses (15)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Língua Portuguesa Teses
Fazer Download agora!Categorias Literárias, programas de áudio para o incentivo à leitura de deficientes visuais: um olha Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
REGIS, Maria Claudia A. Santana.

Pessoas com deficiência visual (DV) raramente fazem uso de bibliotecas por diversos motivos. Algumas bibliotecas são desprovidas de serviços especializados e materiais inclusivos que atendam às necessidades desse público. Diante desse quadro, a Biblioteca Virtual do Estudante de Língua Portuguesa da Escola do Futuro – USP (BibVirt), com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo concebeu um programa de áudio para a promoção da leitura e literatura: Categorias Literárias - incentivo à leitura para deficientes visuais. Esta pesquisa teve por objetivos (i) investigar, a partir de reflexões transdisciplinares, o caminho percorrido durante a produção de Categorias Literárias, analisando as fases de produção dos programas; (ii) divulgar Categorias Literárias como um projeto que faz uso das tecnologias da informação e comunicação para melhorar a vida de pessoas com DV com relação à leitura e literatura, alcançando também pessoas sem deficiência visual; e (iii) demonstrar que a combinação de diferentes mídias pode contribuir para a ampliação dos serviços nas escolas, instituições e bibliotecas virtuais.

Palavras-chave: Educação Especial. Deficiência Visual. Biblioteca Virtual do Estudante. Língua Portuguesa - BibVirt. Transdisciplinaridade. Tecnologias.

Downloads 424  424  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma O NAP Escola do Futuro/USP  Site http://futuro.usp.br/portal/website.ef
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Teses
Fazer Download agora!Para além da amenidade - O Jornal das Famílias (1863-1878) e sua rede de produção Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
PINHEIRO, Alexandra Santos

A tese “Para além da amenidade - O Jornal das Famílias (1863-1878) e sua rede de produção” analisa a organização de um periódico que circulou durante 16 anos por várias províncias brasileiras e por, pelo menos, dois países estrangeiros, Portugal e França. A pesquisa consiste em investigar esse jornal, a começar pelo trabalho do editor Baptiste Louis Garnier e de seu cuidado com a materialidade do que era produzido por sua empresa. Atém-se, também, à lista de redatores e colaboradores, que teve Machado de Assis como o mais assíduo na seção Romance e Novellas. A partir do estudo da trajetória dos demais colaboradores, recuperamos nomes de intelectuais esquecidos atualmente, mas que fizeram parte dos grandes debates literários da época, alguns dos quais ocorriam no próprio Jornal das Famílias. Ao analisar a produção literária divulgada no periódico, constatamos que ao principal público leitor do Jornal das Famílias, as mulheres, não foram oferecidas apenas leituras amenas, como destacam alguns pesquisadores. As leitoras foram inseridas em debates importantes para o século XIX, como a consolidação de uma literatura nacional e a condição do escritor brasileiro. A análise das narrativas mostra que a literatura brasileira não foi construída apenas pelos literatos hoje consagrados pela crítica, mas também por um grupo amplo de escritores preocupados com questões estéticas, políticas e sociais e que as manifestavam também no Jornal das Famílias.

Palavras-chave: História da leitura. História da literatura. Periódico. Narrativa. Jornal das Famílias. Garnier.

Downloads 422  422  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Campinas  Site http://http://www.caminhosdoromance.iel.unicamp.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Teses
Fazer Download agora!Presença do tolstoísmo na literatura brasileira Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
Este texto é parte dos resultados da pesquisa de pós-doutorado "João Antônio, Leitor de Lima Barreto", desenvolvida na Unesp-Assis/Fapesp, concluída em 2008.

ORNELLAS, lara Ávila

Ao se completarem cem anos da morte do grande escritor e pensador Leon Tolstói (1828-1910), que deixou, entre seus vários legados a doutrina filosófica e cristã do tolstoísmo, é importante retomar algumas bases de seu pensamento para verificar que ainda dizem muito à atualidade. Apesar da existência de referências ao tolstoísmo no Brasil por críticos e estudiosos, como José Veríssimo, Brito Broca, Boris Schnaiderman, Bruno Gomide, Maria Salete Magnoni, até onde se tem conhecimento, ainda não foi realizada uma abordagem que contemplasse a presença de elementos particulares dessa doutrina na literatura brasileira. É o que se busca fazer agora, ao se realizarem breves considerações sobre dois escritores e jornalistas, Lima Barreto (1881-1922) e João Antônio (1937-96), e suas relações com preceitos tolstoístas.

Palavras-chave: Leon Tolstói. Tolstoísmo no Brasil. Lima Barreto. João Antônio. Preceitos tolstoístas.

Downloads 397  397  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Rev. USP n.85 São Paulo maio 2010  Site http://www.revistasusp.sibi.usp.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-99892010000200011&lng=pt&
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Teses
Fazer Download agora!Trajetorias de consagração: discursoss da critica sobre o romance no Brasil oitocentista  Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
AUGUSTI, Valéria

Esta tese teve por objetivo refletir sobre o processo de consagração do romance no Brasil ao longo do século XIX. Partiu da constatação de que a inclusão do gênero ao patrimônio literário nacional não foi um dado a priori, mas sim resultado de um longo e complexo processo de construção histórica, já que o romance esteve ausente nas primeiras antologias responsáveis por fundar a literatura nacional, publicadas entre as décadas de 1830 e 1850. Tendo isto em vista, buscou-se percorrer os discursos críticos sobre o gênero em formas editoriais de grande poder consagrador, como aquelas destinadas ao sistema escolar (histórias literárias, cursos de literatura, antologias e tratados de retórica), bem como na imprensa periódica, onde foi alvo constante de atenção da crítica

Palavras-chave: Ficção brasileira. Antologias. Literatura - Historia e critica. Imprensa. Retórica.

Downloads 371  371  Tamanho do arquivo 739 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Campinas . Instituto de E  Site http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000379054&fd=y
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 (5)