Educadores

Ínicio : Educação Fisica : Artigos : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Educação Fisica Artigos
Fazer Download agora!Treinamento de força e flexibilidade para o tratamento de hérnia de disco cervical Popular Versão: 
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
MUSSI, Ricardo Franklin de Freitas; ALMEIDA, Cláudio Bispo de

O objetivo desse estudo de caso foi demonstrar os possíveis benefícios do treinamento de resistência muscular localizada (RML), para musculatura posterior e lateral, e alongamento, para a anterior, no tratamento e combate à dor da Hérnia Discal Cervical.

Downloads 9045  9045  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Revista Saúde.Com  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Artigos
Fazer Download agora!Treinar futebol respeitando a essência do jogo: o exemplo do salto como ação tática e não somente té Popular Versão: PDF
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
SILVA, Pedro; SANTOS, Pedro, JUNIOR MARQUES, Nelson Kautzner

O objetivo da revisão foi de exemplificar a metodologia de treino do salto de impulsão vertical no futebol assente em premissas táticas. O treino das capacidades físicas, desprovido da sua relação com o verdadeiro significado do Futebol, tem sido bastante utilizado nos últimos anos. Este tipo de trabalho esquece, frequentemente, a relação que deveria existir com o modelo de jogo do treinador, não maximizando a sua utilidade para a forma de jogar que se pretende cultivar na equipa. No caso do salto, este só existe no Futebol enquanto habilidade aberta, pertencente a um sistema termodinâmico de não-equilíbrio, dentro do qual o jogador deverá tomar deliberada e oportunamente a decisão de saltar. Neste sentido consideramos oportuno estabelecer uma relação entre o treino do salto e o modelo de jogo.

Palavras-chave: Futebol. Modelo de jogo. Salto de impulsão vertical. Periodização. Tática.

Downloads 456  456  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Conexões, Unicamp  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Artigos
Fazer Download agora!Treino de força para melhorar o salto vertical do atleta de voleibol Popular Versão: PDF
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
JUNIOR MARQUES, Nelson Kautzner

O salto vertical é um fator decisivo na performance do voleibol, e para otimizarmos o salto vertical temos que treinar os membros inferiores do voleibolista através da musculação e/ou o salto em profundidade. As capacidades físicas que devem ser exercitadas no atleta de voleibol são compostas pela força máxima dinâmica e/ou a força de potência. Entretanto, não podemos afirmar que a musculação, o salto em profundidade e ambos numa mesma sessão melhoram o salto vertical do desportista do voleibol, por causa dos poucos estudos encontrados.

Palavras-chave: Voleibol. Treino de força. Treinamento.

Downloads 10005  10005  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Revista Digital ­ Buenos Aires ­ Año 10 ­ N° 81 ­   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Artigos
Fazer Download agora!Um panorama da Ginástica Laboral no Brasil Popular Versão: 
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
REIS, Pedro Ferreira

A Ginástica Laboral (GL) tem sido alvo de inúmeras discussões quanto a sua abordagem metodológica e seu emprego eficaz na prevenção das chamadas doenças ocupacionais. Neste sentido, objetivamos com este artigo tecer algumas reflexões sobre o panorama da GL no Brasil, procurando evidenciar as características e relações entre o mercado de trabalho, o contexto metodológico e o perfil do profissional atuante nesta área.

Downloads 9146  9146  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma  UNISUL - SEED-PR - CESUFOZ - UFSC  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Artigos
Fazer Download agora!Uma análise crítica das atividades de aventura: possibilidades de uma prática consciente e sustentáv Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:

BAHIA, Mirleide Chaar; (In: TEREZANI, Denis Roberto et al.)

Na sociedade contemporânea, novas práticas corporais vêm se consolidando e agregando adeptos, assim como algumas antigas práticas vêm se mostrando ressignificadas e com novas características. De forma geral, esta tendência vem sendo adotada por grupos diversos em várias partes do planeta e são geralmente associadas a experiências vivenciadas em áreas naturais, sendo denominadas com terminologias diversas: esportes de aventura, esportes californianos, esportes outdoor, esportes radicais, atividades físicas de aventura na natureza (AFAN). As atividades de aventura que utilizam o componente “radicalidade” ou “aventura” surgiram com diferentes conotações, desde a utilitária (caça e pesca para subsistência; canoagem para deslocamento das populações ribeirinhas); quanto como atividade lúdica (na forma “descompromissada” e de livre adesão em busca de prazer e divertimento); até a incorporação de componentes ligados à competitividade, com busca de resultados tanto individuais, quanto de grupos (atualmente existem corridas de aventura que fazem parte do calendário mundial de competições).


Downloads 3591  3591  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Propostas interdisciplinares para a modalidade can  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Artigos
Fazer Download agora!Variações hemodinâmicas em adultos jovens: efeitos de 3 séries de 10 repetições a 70% de uma repetiç Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
MARTINS, Lidiana Vargas Alves et al

Postula-se que os exercícios físicos são benéficos para o sistema cardiovascular, no entanto há dúvidas quanto aos possíveis riscos à saúde relacionados aos exercícios contra-resistência. O objetivo deste estudo foi verificar as modificações hemodinâmicas durante a execução de exercícios contra-resistência de membros inferiores. Homens entre 18 e 30 anos (n = 28), sedentários, normotensos e aparentemente saudáveis foram voluntariamente submetidos a exercícios na cadeira extensora (3x10 repetições a 70% de 1RM). Antes e após cada série foram medidas a freqüência cardíaca (FC), pressão arterial sistólica (PAS), diastólica (PAD), a freqüência cardíaca média (FCM), Duplo Produto (DP) e o mVO2. Os resultados foram analizados estatisticamente por ANOVA com nível de significancia de 5%. Houve um aumento de aproximadamente 31% na FC (p<0,05) após todas as séries comparadas aos valores basais. A PAD e PAM não sofreram aumentos significativos em nenhum momento do teste. A PAS aumentou significativamente (p<0,05) na ultima série de exercícios. O DP e o mVO2 aumentaram significativamente após a realização de cada série. Em nenhum dos momentos medidos o DP ou o mVO2 alcançou valores considerados arriscados segundo a literatura disponível. Conclui-se que este tipo de exercício aumenta a sobrecarga cardíaca sem, no entanto, atingir níveis arriscados.

Palavras-chave: Frequência cardíaca. Pressão arterial. Duplo produto. mVO2. Exercício contra-resistência.

Downloads 1607  1607  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Movimentum, Ipatinga, v. 3, n. 1, fev./jul. 2008.  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Artigos
Fazer Download agora!Verificação e comparação do nível de atividade física obtidos com pedômetro e o Teste de Milha Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
GZGIK, Zelir Marizette

O objetivo deste trabalho foi verificar o nível de atividade física de professores aparentemente saudáveis e que não se ocupam com atividades físicas, a não ser as laborais. Esta pesquisa descritiva foi aplicada em 6 professores com idade média de 43 anos. A população em questão são os 31 professores de um colégio estadual da cidade de Salto do Lontra – PR. A amostra, constituída por 3 homens e 3 mulheres, foi monitorada durante 1 dia de trabalho laboral, utilizando-se um pedômetro. O teste de caminhada de 1 milha foi realizado em dias subsequentes (sem o uso do pedômetro) a fim de comparamos o nível de atividade física, obtidos conforme classificação estipulada pelo equipamento e o teste em questão. O pedômetro demonstrou que os homens realizaram em média 6.248 e as mulheres 7.010 passos/dia. Estes valores referenciam uma classificação de “pouco ativo – sem esporte” para ambos os gêneros. Já o teste da caminhada de 1 milha, o qual proporciona uma classificação baseado em valores de VO2máx., apresentou uma média de 43,64 ml/kg/min (± 1,54) para homens (classificação boa) e 32,14 ml/kg/min (± 7,64) para mulheres (classificação média). Concluiu-se que as duas formas de investigação do nível de atividade física (pedômetro e teste da milha) indicam classificação inadequada para a amostragem e que estes professores precisam melhorar seus hábitos de vida, principalmente as mulheres. Sugere-se que sejam buscadas atividades compensatórias ao sedentarismo laboral, típico da categoria, como forma de prevenir doenças e melhorar o nível de atividade física.

Palavras-chave: Atividade física. Pedômetro. Hábitos de vida. Aptidão física.

Downloads 4556  4556  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Faculdade: União de Ensino do Sudoeste do Paraná (  Site http://www.revistajopef.com.br/sumario.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Artigos
Fazer Download agora!Vitimologia e Esporte, uma relação criminosa? Popular Versão: pdf
Atualização:  27/4/2012
Descrição:
CAPINUSSÚL, José Maurício

Este trabalho baseia-se num estudo do advogado belga Benjamim Mendelsohn, pertinente ao que ele classificou como um horizonte novo na ciência biopsicosocial- a Vitimologia -, enfatizando que o objeto da vitimologia não é apenas a vítima do crime, mas a vítima de quaisquer fatores é uma legítima defesa oriunda da agressão injusta praticada pela vítima. Partindo destas considerações, objetivamos mostrar que na prática esportiva a vitimologia pode ocorrer na ação do revide no futebol ou em qualquer outra modalidade coletiva ou individual de contato pessoal. Num sentido criminológico, a vitmização do esporte pode ocorrer por ocasião de uma catástrofe ou de um desastre - queda da arquibancada, superlotação nas praças esportivas, paixão desenfreada das torcidas (Heysel, Sheffield, Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador), falta de segurança nos autódromos, instalações malprojetadas e malconstruídas, manutenção precária das instalações, prevenção ineficaz.

Palavras-chave: Vitmologia. Vitimização. Esporte.

Downloads 783  783  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Revista de Educação Física  Site http://www.revistadeeducacaofisica.com.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 (29)