Educadores

Ínicio : Ciências : Artigos : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do menos para o mais procurado)

Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!A Perícia Criminal e a Interdisciplinaridade no Ensino de Ciências Naturais Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
FILHO, Claudemir Rodrigues Dias; ANTEDOMENICO, Edilson

Uma proposta para o ensino de ciências naturais por meio da perícia criminal, com a utilização de reportagens jornalísticas, filmes e seriados de TV, foi sugerida neste artigo, objetivando-se a interdisciplinaridade do ensino e a interação entre o conteúdo escolar e a vida discente. Para isso, foi abordado um teste presuntivo para a detecção de sangue (reagente de Kastle-Meyer), baseado na ideia de spot test criada por Fritz Feigl. Foram propostas também formas de abordagem para as disciplinas de Biologia e Física.

Palavras-chave: Perícia criminal. Ciências naturais. Interdisciplinaridade.

Downloads 395  395  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Química Nova na Escola - Vol. 32, N° 2 , MAIO 2010  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!A Dimensão Estética Sobre as Florestas Tropicais no Ensino de Ecologia Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
SENICIATO, Tatiana Seniciato; CAVASSAN, Osmar Cavassan; CALDEIRA, Ana Maria de Andrade

O trabalho analisa a dimensão estética no ensino das florestas tropicais em disciplinas de ecologia. Utiliza-se da semiótica peirceana para revelar as relações de significação dos dados obtidos na pesquisa. A análise semiótica aponta que há um certo constrangimento em se considerar a dimensão estética das florestas tropicais na prática docente dos entrevistados, ao mesmo tempo em que prevalece a abordagem científica, embora todos os professores reconheçam a importância da dimensão estética e sua consequente implicação ética no ensino e na conservação dos ambientes naturais.

Palavras-chave: Ensino de Ecologia. Licenciatura em Ciências Biológicas. Dimensão estética. Formação de valores. Semiótica peirceana.

Downloads 402  402  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFRGS  Site http://www.if.ufrgs.br/ienci/main/artigos/openAbstract.php?idArtigo=213
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!A ficção científica e o ensino de ciências: o imaginário como formador do real e do racional Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
MALUFI, Marcilene Cristina Gomes; SOUZA, Aguinaldo Robinson de

Este artigo apresenta uma reflexão sobre a inserção da ficção científica no ensino de Ciências, no qual buscamos identificar como a ficção científica incorpora elementos na estrutura conceitual dos educandos partindo do pressuposto de que teria um papel de desencadeadora e/ou organizadora da aprendizagem. O filme "Jurassic Park" foi estudado como constitutivo do conhecimento, transmutando o ficcional no real/racional, possibilitando a organização hierárquica dos conceitos, acrescendo novos elementos na estrutura conceitual dos educandos e atuando, também, na mediação do conhecimento - ora organizando, ora desencadeando.

Palavras-chave: Ensino de Ciências. Ficção científica. Imaginário. Real e racional.

Downloads 404  404  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://www.scielo.br/pdf/ciedu/v14n2/a06v14n2.pdf
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Uso de modelos, numa perspectiva lúdica, no ensino de Ciências Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
BALBINOTL, Margarete Cristina

Observa-se que no ensino de Ciências as aulas expositivas, pautadas na transmissão de informações pelo professor que visa a assegurar a memorização do conteúdo, ainda são muito freqüentes no Ensino Fundamental. Essas aulas caracterizam-se por apresentar listagem de termos e conceitos para serem decorados pelos alunos e/ou por aulas práticas, pré-determinadas pelo livro didático. A falta de um laboratório de Ciências na escola é outro fator usado para justificar dificuldades de ensino-aprendizagem geradas por aulas pouco atrativas. Existem evidências de que saber uma regra verbal, decorada, para a solução de um problema pode não ser o suficiente para orientar as ações dos alunos ao resolver problemas de seu cotidiano. A mudança pode vir quando o conhecimento científico pode estar relacionado com atividades que envolvam a emoção e a construção de modelos da realidade, de forma criativa. O aluno vai construindo seu conhecimento de modo lúdico, transformando o real com recursos da fantasia e da imaginação para a formulação e reformulação de seus modelos mentais. Dessa forma, a elaboração deste trabalho partiu da própria prática pedagógica, e o seu objeto em estudo foi focado na elaboração de modelos e modelagem utilizados, numa perspectiva lúdica, no ensino de Ciências de 5a a 8a séries do Ensino Fundamental. A amostra foi composta por 120 alunos de 5a a 8a séries que frequentam a Escola Estadual de Ensino Fundamental José Fanton, em Farroupilha, RS. Para a coleta de dados utilizou-se a observação sistemática individual, e, quanto à análise de conteúdo, o artigo é do tipo “Artigo de divulgação”, relato analítico de informações atualizadas sobre um tema de interesse para determinada especialidade. As conclusões apontam que o aluno percebe a facilidade em adquirir novos conhecimentos a partir da construção de modelos, os quais vão utilizar para ampliar seus modelos mentais, além de que, a vivência e o realismo dos objetos estudados tornam a aula mais prazerosa e motivadora.

Palavras-chave: Modelos. Modelagem. Ensino de Ciências.

Downloads 411  411  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma IV Encontro Iber-Americano de Coletivos Escolares   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!O desvelar da Ciência nos anos iniciais do ensino fundamental: um olhar pelo viés da experimentação Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
MALACARNE, Vilmar; STRIEDER, Dulce Maria.

O presente artigo apresenta alguns resultados de um projeto realizado junto a uma escola pública do Ensino Fundamental localizada na cidade de Cascavel, PR. Neste, buscou-se atuar junto ao ensino na disciplina de Ciências nas series iniciais, em especial o ensino de conteúdos da Física, fazendo uso da experimentação. Por meio do projeto, foram desenvolvidas atividades de experimentação em sala de aula, sendo, posteriormente, discutidas com os alunos que, ao final, elaboraram textos e desenhos representativos da aprendizagem nos temas abordados. O trabalho foi uma tentativa de colaborar para a aprendizagem das crianças nesta fase escolar onde, geralmente, os conteúdos de Física e a experimentação são pouco abordados em decorrência, principalmente, do processo de formação dos professores para as séries iniciais, que raramente abrange tais temas. Os alunos demonstraram grande interesse pelas atividades desenvolvidas participando ativamente de sua realização e seus registros apontam para a aprendizagem do conteúdo científico abordado. Tal resultado indica, por um lado, a viabilidade de ações desta natureza e sua efetiva contribuição na aprendizagem da Ciência e, por outro, a urgente necessidade de rediscussão da formação de professores para este nível de ensino de forma a contemplar a reflexão e estudo da e sobre a Ciência.

Palavras-chave: Ensino de Ciências. Ensino Fundamental. Formação de Professores.

Downloads 422  422  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Vivências: Revista Eletrônica de Extensão da URI /  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Dificuldades interpretadas nos discursos de professores dos anos iniciais do ensino fundamental  Popular Versão: pdf
Atualização:  8/10/2012
Descrição:
LANGHI, Rodolfo; NARDI, Roberto

Este artigo, que relata as dificuldades de professores em relação ao ensino da Astronomia, faz parte de um estudo exploratório para a inserção da Astronomia na formação de professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental. Esse estudo leva em consideração as concepções alternativas de alunos e professores sobre fenômenos astronômicos, os erros conceituais em livros didáticos e as sugestões de conteúdos de Astronomia constantes nos PCN (Parâmetros Curriculares Nacionais). Caracterizar as dificuldades dos professores é a questão central deste texto, apontando para o objetivo de contribuir com subsídios para um futuro programa de formação continuada neste tema. O estudo se justifica mediante o fato de que planejamentos de cursos como estes só se adequarão à realidade do professor (e do aluno) se houver uma investigação antecipada sobre o que os docentes precisam saber e saber fazer a respeito da Astronomia, o que se concretizou em nosso caso pela interpretação dos discursos de uma amostra de professores coletados através de entrevistas semi-estruturadas, utilizando para interpretação os princípios e métodos da análise do discurso em sua linha francesa. Os resultados da pesquisa indicaram dificuldades de ordem pessoal, metodológica, de formação, de infra-estrutura e outras relacionadas às fontes de informações para docentes.
Palavras-chave: Formação inicial e continuada de professores; ensino da Astronomia; concepções alternativas; erros conceituais em livros didáticos; análise do discurso.

Downloads 427  427  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma RELEA, n. 2, p. 75-92, 2005  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!O entendimento de conceitos de astronomia por alunos da educação básica: o caso de uma escola públi Popular Versão: pdf
Atualização:  8/10/2012
Descrição:
MACHADO, Daniel Iria; SANTOS, Carlos dos

Apresentam-se os resultados de uma investigação sobre a compreensão de conceitos astronômicos básicos, da qual participaram 561 estudantes da quinta série do Ensino Fundamental ao terceiro ano do Ensino Médio de uma escola pública da cidade de Foz do Iguaçu. Um teste com 20 questões de múltipla escolha foi aplicado para identificar as concepções mais comuns expressadas pelos alunos. Esse instrumento de coleta de dados foi elaborado com base na literatura sobre concepções alternativas e abordou os seguintes temas: o ciclo dia-noite; os fusos horários; as estações do ano; as fases da Lua; o movimento da Lua; o movimento aparente do Sol na esfera celeste; os eclipses; as dimensões e distâncias no Universo; o brilho das estrelas e sua observação da Terra. Embora se tenha verificado um pequeno progresso na proporção de respostas cientificamente aceitáveis ao se cotejar a oitava série do Ensino Fundamental com a quinta, e a terceira série do Ensino Médio com a primeira, houve o predomínio de concepções alternativas em relação à maior parte dos temas explorados, as quais persistiram até o último ano da Educação Básica. A comparação com dados encontrados em investigações realizadas em outros contextos socioculturais revelaram, em muitos aspectos, noções e dificuldades similares manifestadas pelos estudantes.
Palavras-chave: ensino de Astronomia; concepções alternativas.


Downloads 429  429  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma RELEA, n. 11, p. 7-29, 2011  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Os professores de ciências e suas formas de pensar a astronomia Popular Versão: 
Atualização:  8/10/2012
Descrição:
LEITE, Cristina; HOSOUME, Yassuko

O modo de pensar dos professores de Ciências do ensino fundamental sobre os elementos da Astronomia é o objeto de pesquisa presente neste artigo, cuja metodologia consiste em entrevistas semi-estruturadas, filmadas em vídeo e centradas numa perspectiva tridimensional dos elementos astronômicos, possibilitando um mapeamento das concepções das formas e das dimensões da Terra, do Sol, da Lua, dos planetas e das estrelas, bem como da concepção de céu e de Universo como um todo. Os resultados indicam um Universo contendo: Sol, estrelas, planetas e Lua, onde o Sistema Solar é parte do todo. Algumas vezes o Universo é concebido como o próprio Sistema Solar. Os objetos estão no céu ou no Universo o qual, para muitos, se restringe ao espaço que está acima da Terra. A forma plana dos objetos astronômicos e a estrutura espacial da montagem do Universo são características marcantes. Muitos indicam Sol e estrelas como coisas diferentes: Sol é um objeto quente e as estrelas são frias. Esses resultados nos preocupam e certamente sinalizam uma urgência de programas de formação continuada para professores no conteúdo de astronomia, uma vez que os PCN ́s indicam fortemente o ensino desse conteúdo.
Palavras-Chave: Educação; Astronomia; concepções alternativas; ensino de astronomia; ensino fundamental; professor de Ciências.

Downloads 433  433  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma RELEA, n. 4, p. 47–68, 2007  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Avaliação formativa: a auto-avaliação do aluno e a autoformação de professores Popular Versão: pdf
Atualização:  17/5/2012
Descrição:
CARVALHO, Lizete Maria Orquiza de; MARTINEZ, Carmem Lídia Pires

Este artigo é parte de uma dissertação de mestrado na qual analisamos a reflexão sobre a prática de avaliação realizada por professores de Ciências de uma escola estadual de educação básica, durante os horários de trabalho pedagógico coletivo (HTPC). Acompanhamos, durante seis meses, a perspectiva de implementação da avaliação formativa por estes professores, o que se deu a partir do estudo de um texto básico, bem como analisamos as repercussões do estudo feito pelo grupo na autoformação dos professores e na reflexão dos pesquisadores envolvidos na investigação-ação.

Palavras-chave: Avaliação formativa. Educação de Professores. Educação em Ciências.

Downloads 434  434  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Ciência & Educação, v. 11, n. 1, p. 133-144, 2005.  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Adolescentes: conhecimentos sobre sexualidade antes e após a participação em oficinas de prevenção Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
CAMARGO, Elisana Ágatha Iakmiu; FERRARI, Rosângela Aparecida Pimenta.

Na adolescência, a vivência da sexualidade torna-se mais evidente. Muitas vezes, manifesta se através de práticas sexuais inseguras, podendo se tornar um problema devido à falta de informação, tabus ou mesmo pelo medo de assumi-la. O objetivo da pesquisa foi analisar o conhecimento dos adolescentes sobre sexualidade, métodos contraceptivos, gravidez, DST e aids, antes e após oficinas de prevenção. Participaram 117 adolescentes da 8a série de uma escola estadual de Londrina, Paraná. Foi utilizado um questionário (pré e pós-teste) para identificar a diferença do conhecimento dos adolescentes. Para a análise dos dados, usaram-se os testes quiquadrado e exato de Fischer. A faixa etária concentrou-se entre 14 e 16 anos. Os meninos iniciaram mais cedo suas atividades sexuais. Apenas 28,2% dos adolescentes no pré–teste sabiam do período fértil da menina; após as oficinas de prevenção, o conhecimento superou 55,8%. A aids foi a DST mais citada no pré-teste; no pós-teste, houve referência a outras doenças (41,1%). Os métodos contraceptivos mais conhecidos são o preservativo e a pílula. Não houve relevância estatística entre as respostas sobre atitudes de risco para transmissão de DST/aids. Conclui-se que há necessidade de trabalho sistemático, a médio e longo prazo, sobre sexualidade na escola para os adolescentes.

Palavras-chave: Adolescência. Sexualidade. Oficinas de prevenção.

Downloads 437  437  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Ciência & Saúde Coletiva, 14(3):937-946, 2009.  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 (10) 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 »