Educadores

Ínicio : Ciências : Artigos : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Data (antigos listados primeiro)

Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Malária no Brasil: Panorama Epidemiológico na Última Década Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
BARATA, R. C. B.

Houve grandes mudanças nos padrões epidemiológicos da malária no Brasil nos últimos dez anos. Uma das características mais importante é a tendência para a distribuição focal na região amazônica, em vez de zonas de transmissão de propagação. Esta nova situação epidemiológica levou a mudanças na teoria de controle com base na ocorrência de transmissão da infecção focal. A importância das medidas de controle diversificadas aumentou assim, tendo em conta a características de cada foco de transmissão. O artigo comenta sobre as novas propostas para o controle apresentado na Conferência Ministerial de Amsterdã.

Palavras-chave: Malária. Epidemiologia. Transmissão Focal. Medidas de controle.

Downloads 442  442  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Cad. Saúde Públ., Rio de Janeiro, 11 (1): 128-136,  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Mamíferos de médio e grande porte atropelados em rodovias do Estado de Santa Catarina, sul do Brasil Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
CHEREML, Jorge J.; KAMMERS, Marcelo; GHIZONI JUNIOR, Ivo R.; MARTINS, Anderson

O atropelamento de animais em estradas é um fator de grande impacto sobre a fauna, podendo ser uma das principais causas de mortalidade, inclusive para espécies ameaçadas de extinção. No Estado de Santa Catarina, sul do Brasil, não há estudos sobre este tema. Em função disto, neste estudo são apresentados registros de mamíferos de médio e grande porte atropelados em rodovias do Estado entre agosto/2000 e novembro/2005. No total, registraram-se 257 indivíduos de 20 espécies principalmente para a BR 116, BR 282 e BR 470. Cerdocyon thous foi o mamífero mais comumente encontrado (n=82; 31,9%), seguido por Didelphis albiventris (n=44; 17,1%), Procyon cancrivorus (n=21; 8,2%), Conepatus chinga (n=19; 7,4%), Dasypus novemcinctus (n=14; 5,4%), Tamandua tetradactyla (n=14; 5,4%) e Sphiggurus villosus (n=13; 5,1%). Quanto às espécies ameaçadas de extinção, registraram-se Leopardus tigrinus (n=5; 1,9%), L. wiedii (n=1; 0,4%) e um exemplar não-identificado de Leopardus. Este número alto de mamíferos mortos por atropelamento em rodovias no Estado evidencia a necessidade de estudos mais específicos sobre o tema e sobre a implantação de estruturas, como túneis e cercas direcionadoras, para a travessia de animais.

Palavras-chave: Mastofauna. Atropelamento. Mortalidade.[img]

Downloads 570  570  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC  Site http://www.biotemas.ufsc.br/volumes/pdf/volume203/p81a96.pdf
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Literatura não-canônica de divulgação científica em aulas de ciências Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
PINTO, Gisnaldo Amorim.

Diferenciando a divulgação científica canônica da divulgação científica não canônica, este trabalho realiza uma análise de narrativas presentes em obras não canônicas de literatura, destacando suas potencialidades ao ensino de ciências. Foi possível localizar uma opção narrativa pela imaginação criadora, pela capacidade humana e por sua potencialidade criativa, elementos que são, nesse caso, motes fundamentais para reflexão sobre a vida humana e também sobre a ciência. Em especial na obra Meninos da planície, Cástor Cartelle, 2001, foi possível perceber uma contribuição para renovação do ensino de ciências, pois sua centralidade recai sobre a reflexão acerca da humanização dos sujeitos e não sobre a transmissão de conteúdos da ciência, embora essa dimensão, a da formação científica, esteja inequivocamente presente, sem prejuízos.

Palavras-chave: Ensino de ciências. Humanismo. Divulgação científica.

Downloads 927  927  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Ensaio – Pesq. Educ. Ciênc., dez. 2009, v.11, n.2  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Modelos Didáticos no Discurso de Professores de Ciências. Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
GUIMARÃES, Gislene Margaret Avelar; MORAES, Agustina Rosa Echeverría; JOSÉ Itamar

Este trabalho apresenta os resultados de um estudo realizado junto aos professores de Ciências da rede pública municipal de Goiânia, GO. Foram analisados 56 questionários, contendo questões fechadas e abertas, respondidos por 43% dos professores de ciências da RME, em 2000. Nessa análise, buscou-se identificar os modelos didáticos subjacentes às suas idéias sobre ensino / aprendizagem, na perspectiva de delinear o perfil do ensino de Ciências na rede municipal, que desde 1998 passa por um processo de reestruturação curricular do ensino fundamental, com a implantação dos ciclos de formação. Os resultados indicam que os professores vivem um momento de transição de suas concepções, provavelmente, decorrente da vivência do processo de reestruturação curricular, configurando um modelo didático diferenciado, com matizes dos mais diversos modelos identificados na literatura.

Palavras-chave: Modelos Didáticos. Ensino de Ciências. Formação de Professores.

Downloads 1214  1214  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma IENCI – V11(3), pp.303-322, 2006  Site http://www.if.ufrgs.br/ienci/artigos/Artigo_ID155/v11_n3_a2006.pdf
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Modelos: uma análise de sentidos na literatura de pesquisa em ensino de ciências Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
KRAPAS, Sonia; QUEIROZ, Glória; COLINVAUX, Dominique; FRANCO, Creso

Tema dos modelos contribui para uma reflexão psicológica inovadora sobre a cognição humana. O mesmo tema tem aparecido também nas pesquisas voltadas para a educação em ciências, com freqüência crescente, mas com sentidos diversos. Assim é que o uso do termo modelo, nas suas acepções diversas, é um interessante tema de investigação e, neste trabalho, delineamos um quadro dos usos e sentidos de modelos na literatura internacional de educação em ciências. Partindo de uma definição preliminar de modelo como uma representação de uma idéia, objeto, evento, processo ou sistema, analisamos uma amostra de quatro periódicos de língua inglesa, com penetração internacional e foco exclusivamente em pesquisa em educação em ciências, no período de 1986 a 1996 e elaboramos um sistema de categorias relativas aos sentidos de modelos nesta literatura.

Palavras-chave: Modelos. Ensino. Ensino de Ciências. Cognição.

Downloads 990  990  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma IENCI– V2(3), pp. 185-205, 1997  Site http://www.if.ufrgs.br/ienci/artigos/Artigo_ID33/v2_n3_a1997.pdf
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Noção de Fotossíntese: obstáculos epistemológicos na construção do conceito científico atual e impli Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
ALMENIDA, Rosiléia Oliveira de.

Analisa como as diversas doutrinas filosóficas manifestaram-se ao longo da construção da noção de fotos síntese, destacando os obstáculos epistemológicos envolvidos no domínio progressivo da racionalidade. Discute resultados de estudos descritivos envol vendo discursos de estudantes sobr e a noção de fotossíntese, os quais indicam a persistência, ao longo da escolaridade, de explicações vagas e superficiais sobre a fotossíntese entre os alunos, devido, por um lado, à freqüente abordagem superficial do fenômeno no ensino fundamental, restringindo-se apenas “ao que entra” e “ao que sai” da planta e, por outro lado, à abordagem detalhista e mnemônica da terminologia científica criada para descrever o processo, especialmente no ensino médio, descuidando-se da compreensão dos seus aspectos orgânicos fundamentais do ponto de vista fisiológico, ecológico e evolutivo, bem como da regulação cognitivo-afetiva pelos alunos de seu processo pessoal e coletivo de construção da noção de fotossíntese.

Palavras-chave: Obstáculos epistemológicos. Pluralidade filosófica. Noção de fotossíntese. Educação em ciência.

Downloads 361  361  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Candombá - Revis ta Virtual, v. 1, n. 1, p. 16 – 3  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!O Problema do Ensino da Órbita da Terra Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
CANALLE, João Batista Garcia.

Este trabalho foi motivado pela reação inesperada de centenas de professores participantes da Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA), quando afirmamos no gabarito da IV OBA, realizada em 2001, que a órbita da Terra é quase um círculo. Neste trabalho desenhamos um conjunto de 14 elipses “de referência” com diferentes excentricidades para ilustrar o “achatamento” da órbita/elipse em função da excentricidade. Mostramos também a excentricidade das órbitas dos planetas, as evidências contra a alta excentricidade das órbitas dos planetas, como desenhar elipses com determinadas excentricidades e finalmente como determinar a excentricidade de elipses já desenhadas.

Palavras-chave: Órbita. Planetas. Terra.

Downloads 378  378  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma  Física na Escola, v. 4, n. 2, 2003  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!O Açúcar Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
CHEMELLO, Emiliano.

Avida não seria possível sem o açúcar! Esta frase, mesmo para o maior entusiasta consumidor de guloseimas, parece um tanto exagerada, não achas? Mas, em uma interpretação literal da frase, considerando também que a 'espinha dorsal' de nosso DNA é constituída por moléculas de açúcar, realmente a vida, da forma como a conhecemos, não seria possível sem ele. O último artigo da série 'Química na Cozinha' não poderia deixar de ter como tema o açúcar, fato que é quase uma analogia que faz referência à tradição de servir a sobremesa, geralmente de sabor doce, ao final das refeições. O açúcar, da mesma forma que a cebola e o sal, temas das edições anteriores desta série aqui no ZOOM, está presente de maneira marcante na cozinha. Usamos muito de suas propriedades, mas, geralmente, desconhecemos porque e como elas atuam em nossas receitas e em nosso corpo. Sem falar que nem sempre tudo que é doce é açúcar, pois, nos últimos anos, o uso de adoçantes dietéticos artificiais e naturais teve um crescimento assusta-dor, tanto para fins medicinais como estéticos. Quais são as vantagens e desvantagens dos adoçantes artificiais e naturais? Qual o açúcar mais indicado: mascavo ou refinado? O que acontece com o açúcar na caramelização? Estas e outras perguntas serão discutidas e respondidas, mesmo que parcialmente, nesse artigo que pretende encerrar a série 'Química na Cozinha' mostrando quais são as particularidades desta especiaria que, há séculos, vem 'adoçando as nossas vidas'. Os capítulos foram produzidos independentes uns dos outros, de tal forma que eles podem ser lidos em qualquer ordem sem prejudicar com isso o seu entendimento.

Palavras-chave: Açúcar. Adoçantes dietéticos. Adoçantes artificiais. Adoçantes naturais.

Downloads 870  870  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Série Química na Cozinha | Editora Cia da Escola |  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!O ensino de ciências: fatores intrínsecos e extrínsecos que limitam a realização de atividades exper Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
RAMOS, Luciana Bandeira da Costa; ROSA, Paulo Ricardo da Silva

Neste artigo analisamos quais são os fatores que levam o professor dos anos iniciais a não utilizar atividades experimentais como componente regular do seu fazer pedagógico. Para investigar essa questão, foi utilizada uma metodologia de tipo qualitativa, que envolveu um Opiniário (respondido por 44 professoras dos anos iniciais), entrevistas com um grupo de professoras e a análise dos livros utilizados pelos professores. Nossos resultados mostram que a falta de apoio, a falta de orientação pedagógica e a falta de preparo nos cursos de formação de professores são os principais responsáveis pelo fato de o professor não utilizar a experimentação de forma sistemática.

Palavras-chave: Ensino de Ciências. Atividades experimentais. Séries iniciais.

Downloads 760  760  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma IENCI - V13(3), pp.299-331, 2008  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!O livro didático de ciências no ensino fundamental- proposta de critérios para análise do conteúdo z Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
VASCONCELOS, Simão Dias Vasconcelos; SOUTO, Emanuel

A crescente discussão sobre a qualidade dos livros didáticos tem provocado sensíveis alterações na produção editorial nos últimos anos. Apesar dos significativos avanços, uma considerável quantidade de professores ainda não tem acesso a instrumentos de análise de livros didáticos. Neste contexto, nós propomos uma série de critérios a serem utilizados por professores de ensino fundamental (6ª série) na escolha de seu livro de Ciências, tendo como modelo o conteúdo zoológico. Os seguintes tópicos foram considerados: conteúdo teórico, recursos visuais, atividades práticas e informações complementares. Pretende-se, com este trabalho, contribuir para o debate sobre a necessidade de um maior envolvimento dos professores no processo de escolha do livro.

Palavras-chave: Avaliação de livros. Ensino de ciências. Formação de professores. Ensino fundamental.

Downloads 353  353  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Ciência & Educação, v. 9, n. 1, p. 93-104, 2003  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 (15) 16 17 18 19 20 21 22 23 24 »