Educadores

Ínicio : Ciências : Artigos : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Uma Abordagem Sobre Ensino de Ciências e Educação Ambiental Através do Manejo Participativo como Pro Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
CORBELLINI,Luciano Maciel.

Neste artigo são abordados os pressupostos teóricos, reflexões e a vivência de uma experiência de manejo participativo do espaço comunitário e escolar, com alunos de uma escola municipal de ensino fundamental, no sentido de promover transformações na realidade social e ambiental e desenvolver atividades de ensino e aprendizagem. Discuti-se como a arquitetura escolar pode limitar as possibilidades pedagógicas e reforçar as concepções mais estreitas de educação, e também, são apontadas alternativas para a superação de tais limitações.

Palavras-chave: Arquitetura escolar. Manejo participativo. Educação ambiental.

Downloads 526  526  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient. ISSN 1517-12  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!O Trabalho com Educação Ambiental em Escolas de Ensino Fundamental Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
SILVA, Andréa Cristina Sousa e.

Ainda que esteja inserida nos temas transversais dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN’s), a Educação Ambiental ainda gera inúmeros questionamentos entre estudiosos e professores da educação básica, acostumados a lidar, respectivamente, com a teoria e a prática do tema em questão. Sabendo-se que a Educação Ambiental não deve ser inserida como uma disciplina nos currículos escolares, então como trabalhá-la? Os PCN’s orientam e afirmam ser a interdisciplinaridade a melhor forma de trabalhá-la verdadeiramente nas Escolas. No entanto, deparamo-nos com professores despreparados para trabalhar de forma interdisciplinar. Para minimizar os problemas, aparecem os projetos de Educação Ambiental, que têm como objetivo trabalhar temas ambientais, através do envolvimento de professores, alunos e comunidade, ensinando a cada um a assumir sua parcela de responsabilidade sócioambiental.

Palavras-chave: Educação Ambiental. Projetos. Escolas.

Downloads 505  505  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient. ISSN 1517-12  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!O ensino de ciências: fatores intrínsecos e extrínsecos que limitam a realização de atividades exper Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
RAMOS, Luciana Bandeira da Costa; ROSA, Paulo Ricardo da Silva

Neste artigo analisamos quais são os fatores que levam o professor dos anos iniciais a não utilizar atividades experimentais como componente regular do seu fazer pedagógico. Para investigar essa questão, foi utilizada uma metodologia de tipo qualitativa, que envolveu um Opiniário (respondido por 44 professoras dos anos iniciais), entrevistas com um grupo de professoras e a análise dos livros utilizados pelos professores. Nossos resultados mostram que a falta de apoio, a falta de orientação pedagógica e a falta de preparo nos cursos de formação de professores são os principais responsáveis pelo fato de o professor não utilizar a experimentação de forma sistemática.

Palavras-chave: Ensino de Ciências. Atividades experimentais. Séries iniciais.

Downloads 478  478  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma IENCI - V13(3), pp.299-331, 2008  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!O entendimento de conceitos de astronomia por alunos da educação básica: o caso de uma escola públi Popular Versão: pdf
Atualização:  8/10/2012
Descrição:
MACHADO, Daniel Iria; SANTOS, Carlos dos

Apresentam-se os resultados de uma investigação sobre a compreensão de conceitos astronômicos básicos, da qual participaram 561 estudantes da quinta série do Ensino Fundamental ao terceiro ano do Ensino Médio de uma escola pública da cidade de Foz do Iguaçu. Um teste com 20 questões de múltipla escolha foi aplicado para identificar as concepções mais comuns expressadas pelos alunos. Esse instrumento de coleta de dados foi elaborado com base na literatura sobre concepções alternativas e abordou os seguintes temas: o ciclo dia-noite; os fusos horários; as estações do ano; as fases da Lua; o movimento da Lua; o movimento aparente do Sol na esfera celeste; os eclipses; as dimensões e distâncias no Universo; o brilho das estrelas e sua observação da Terra. Embora se tenha verificado um pequeno progresso na proporção de respostas cientificamente aceitáveis ao se cotejar a oitava série do Ensino Fundamental com a quinta, e a terceira série do Ensino Médio com a primeira, houve o predomínio de concepções alternativas em relação à maior parte dos temas explorados, as quais persistiram até o último ano da Educação Básica. A comparação com dados encontrados em investigações realizadas em outros contextos socioculturais revelaram, em muitos aspectos, noções e dificuldades similares manifestadas pelos estudantes.
Palavras-chave: ensino de Astronomia; concepções alternativas.


Downloads 466  466  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma RELEA, n. 11, p. 7-29, 2011  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Selvageria ou carência nutricional? Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
GRAIPEL, Maurício Eduardo; GHIZONI-JR, Ivo Rohling; MAZZOLLI, Marcelo

Os pumas - onças pardas - vêm atacando rebanhos de ovelhas no sul do país, levando os criadores a caçar e matar esses felinos. Mas a solução para o problema poderia ser outra: a adoção de medidas que minimizassem os ataques, com base em estudos sobre os hábitos do animal. Conhecer melhor o puma pode ser o caminho para a sua sobrevivência e para a convivência pacífica com as populações rurais.

Downloads 465  465  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC  Site http://www.lamaq.ufsc.br/primeira.pdf
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!O desvelar da Ciência nos anos iniciais do ensino fundamental: um olhar pelo viés da experimentação Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
MALACARNE, Vilmar; STRIEDER, Dulce Maria.

O presente artigo apresenta alguns resultados de um projeto realizado junto a uma escola pública do Ensino Fundamental localizada na cidade de Cascavel, PR. Neste, buscou-se atuar junto ao ensino na disciplina de Ciências nas series iniciais, em especial o ensino de conteúdos da Física, fazendo uso da experimentação. Por meio do projeto, foram desenvolvidas atividades de experimentação em sala de aula, sendo, posteriormente, discutidas com os alunos que, ao final, elaboraram textos e desenhos representativos da aprendizagem nos temas abordados. O trabalho foi uma tentativa de colaborar para a aprendizagem das crianças nesta fase escolar onde, geralmente, os conteúdos de Física e a experimentação são pouco abordados em decorrência, principalmente, do processo de formação dos professores para as séries iniciais, que raramente abrange tais temas. Os alunos demonstraram grande interesse pelas atividades desenvolvidas participando ativamente de sua realização e seus registros apontam para a aprendizagem do conteúdo científico abordado. Tal resultado indica, por um lado, a viabilidade de ações desta natureza e sua efetiva contribuição na aprendizagem da Ciência e, por outro, a urgente necessidade de rediscussão da formação de professores para este nível de ensino de forma a contemplar a reflexão e estudo da e sobre a Ciência.

Palavras-chave: Ensino de Ciências. Ensino Fundamental. Formação de Professores.

Downloads 464  464  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Vivências: Revista Eletrônica de Extensão da URI /  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Mamíferos de médio e grande porte atropelados em rodovias do Estado de Santa Catarina, sul do Brasil Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
CHEREML, Jorge J.; KAMMERS, Marcelo; GHIZONI JUNIOR, Ivo R.; MARTINS, Anderson

O atropelamento de animais em estradas é um fator de grande impacto sobre a fauna, podendo ser uma das principais causas de mortalidade, inclusive para espécies ameaçadas de extinção. No Estado de Santa Catarina, sul do Brasil, não há estudos sobre este tema. Em função disto, neste estudo são apresentados registros de mamíferos de médio e grande porte atropelados em rodovias do Estado entre agosto/2000 e novembro/2005. No total, registraram-se 257 indivíduos de 20 espécies principalmente para a BR 116, BR 282 e BR 470. Cerdocyon thous foi o mamífero mais comumente encontrado (n=82; 31,9%), seguido por Didelphis albiventris (n=44; 17,1%), Procyon cancrivorus (n=21; 8,2%), Conepatus chinga (n=19; 7,4%), Dasypus novemcinctus (n=14; 5,4%), Tamandua tetradactyla (n=14; 5,4%) e Sphiggurus villosus (n=13; 5,1%). Quanto às espécies ameaçadas de extinção, registraram-se Leopardus tigrinus (n=5; 1,9%), L. wiedii (n=1; 0,4%) e um exemplar não-identificado de Leopardus. Este número alto de mamíferos mortos por atropelamento em rodovias no Estado evidencia a necessidade de estudos mais específicos sobre o tema e sobre a implantação de estruturas, como túneis e cercas direcionadoras, para a travessia de animais.

Palavras-chave: Mastofauna. Atropelamento. Mortalidade.[img]

Downloads 460  460  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC  Site http://www.biotemas.ufsc.br/volumes/pdf/volume203/p81a96.pdf
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!INTERDISCIPLINARIDADE NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS: CONHECENDO OBSTÁCULOS Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
Neste trabalho apresentamos os resultados de uma investigação sobre o processo de construção da cooperação interdisciplinar entre alunos de cursos de licenciatura em áreas distintas da Ciência, no contexto de uma experiência didática na qual são integradas as disciplinas Prática de Ensino em Física e Prática de Ensino em Biologia. O estabelecimento do diálogo entre futuros professores com especialidades diferentes passa pela negociação dos pressupostos ligados aos saberes de referência de cada disciplina (delimitação do objeto de estudo, metodologia intrínseca, linguagem, etc.) e sofre também a influência de fatores subjetivos como as expectativas de cada área com relação à outra. A partir destes elementos, que fazem parte da visão de mundo de cada especialista, discutiremos o surgimento de obstáculos epistemológicos à efetiva integração e à construção de uma disponibilidade destes futuros professores para o trabalho interdisciplinar em seus campos de atuação.

Downloads 455  455  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciên  Site http://teste
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Os professores de ciências e suas formas de pensar a astronomia Popular Versão: 
Atualização:  8/10/2012
Descrição:
LEITE, Cristina; HOSOUME, Yassuko

O modo de pensar dos professores de Ciências do ensino fundamental sobre os elementos da Astronomia é o objeto de pesquisa presente neste artigo, cuja metodologia consiste em entrevistas semi-estruturadas, filmadas em vídeo e centradas numa perspectiva tridimensional dos elementos astronômicos, possibilitando um mapeamento das concepções das formas e das dimensões da Terra, do Sol, da Lua, dos planetas e das estrelas, bem como da concepção de céu e de Universo como um todo. Os resultados indicam um Universo contendo: Sol, estrelas, planetas e Lua, onde o Sistema Solar é parte do todo. Algumas vezes o Universo é concebido como o próprio Sistema Solar. Os objetos estão no céu ou no Universo o qual, para muitos, se restringe ao espaço que está acima da Terra. A forma plana dos objetos astronômicos e a estrutura espacial da montagem do Universo são características marcantes. Muitos indicam Sol e estrelas como coisas diferentes: Sol é um objeto quente e as estrelas são frias. Esses resultados nos preocupam e certamente sinalizam uma urgência de programas de formação continuada para professores no conteúdo de astronomia, uma vez que os PCN ́s indicam fortemente o ensino desse conteúdo.
Palavras-Chave: Educação; Astronomia; concepções alternativas; ensino de astronomia; ensino fundamental; professor de Ciências.

Downloads 454  454  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma RELEA, n. 4, p. 47–68, 2007  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Artigos
Fazer Download agora!Sistema para Infiltração das Águas Pluviais no Solo e Subsolo da Bacia de Curitiba em Vias Urbanizad Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
NASCIMENTO, Vinicios Hyczy do; FILHO, Ernani Francisco da Rosa; HINDI, Eduardo Chemas; MANTOVANI, Luiz Eduardo.

O avanço do crescimento das cidades, por mais ordenado que seja, cria alterações no meio ambiente. Onde antes eram matas e campos, agora são casas, edifícios, ruas asfaltadas, galerias de águas pluviais, etc. O processo de impermeabilização do terreno é um dos fatores que alteram significativamente o ciclo hidrológico, pois impede a infiltração das águas no solo e subsolo e incrementa o seu escoamento superficial com o agravante aumento das velocidades de fluxo, causando enchentes, erosões e assoreamentos a jusante. As águas subterrâneas sofrem sensíveis alterações, pois não são recarregadas e, portanto, não alimentam os rios nas épocas de estiagem, havendo um decréscimo significativo da sua vazão de base. Neste contexto, vê-se a importância do estudo geológico da região em apreço, em especial a Formação Guabirotuba, a fim de implantar um sistema para infiltração das águas pluviais. O objetivo do trabalho, portanto, é idealizar um sistema de controle do escoamento das águas pluviais em vias públicas em pequena escala, através da instalação de caixas de captação de águas pluviais dotadas de sistema de contenção e infiltração destas águas na camada não saturada do solo e subsolo da Bacia Sedimentar de Curitiba, de modo a atenuar as alterações provocadas pela impermeabilização do solo. O sistema permitirá o abrandamento destas alterações ao meio ambiente, realimentando o lençol freático pontualmente e perenizando os rios nas épocas de estiagens, o que mitigará as conseqüências das enchentes, das erosões e do assoreamento em épocas de chuvas intensas.

Palavras-chave: Impermeabilizção. Infiltração. Formação Guabirotuba.

Downloads 451  451  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Águas Subterrâneas, v.21, n.1, p.85-92, 2007  Site http://ojs.c3sl.ufpr.br/ojs2/index.php/asubterraneas/article/view/16171/10690
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 (14) 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 »