Educadores

Ínicio : História : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (26)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!O arquivo está "morto"? Legislação e memórias de arquivar em Escolas Municipais de Curitiba (1963-19 Popular Versão: PDF
Atualização:  1/6/2017
Descrição:
COLERE, Sibele
O objetivo desta pesquisa foi a observação e investigação de práticas acerca da guarda e preservação dos arquivos ou documentos no cotidiano de escolas da Rede Municipal de Ensino de Curitiba entre 1963 e 1993, bem como de respectiva legislação. A todo momento são produzidas documentações das mais variadas espécies no cotidiano escolar, mas estas são tratados como meros registros, esquecendo-se sobretudo daqueles mais antigos, e ainda sem se atentar para sua importância na história do estabelecimento e do próprio registro. Isto porque, muitas vezes, esses registros não são percebidos como documentos históricos pela Equipe Escolar. Pretende-se então identificar e problematizar quais foram as práticas desenvolvidas em escolas da rede municipal, observando-se a guarda e preservação desses documentos. Ao trazer as práticas como objeto teórico, em Michel de Certeau, busca-se encontrar os meios para “distinguir maneiras de fazer”, quais táticas se fizeram presentes nas normas e nos atos de guarda. Traçando o caminho da pesquisa, diversas especificidades orientaram sua construção: investigação das leis e decretos que estrategicamente normatizaram a conservação documental, particularmente quanto às escolas municipais e seus documentos; problematização de como ocorreu tal organização no espaço escolar; identificação dos indivíduos que se ocuparam desta tarefa com a discussão de uma possível cultura escolar, na concepção de Dominique Julia, no âmbito da administração, sobre a conservação e guarda desses acervos e/ou documentos. Da análise e atuação junto aos objetivos propostos nesta pesquisa, as fontes consultadas foram a legislação brasileira e a do Paraná, bem como portarias e normativas relativas a documentos escolares disponíveis no Arquivo Geral da Secretaria Municipal de Educação e nas próprias escolas. Também foram utilizados depoimentos orais de secretários que revelaram, por meio da memória, como sendo estes registros a “representação do mundo social”. Conforme Roger Chartier, certamente foram as experiências particulares que os motivaram à organização e à guarda de registros escolares administrativos, regulamentados ou não. Como principais resultados, depreende-se que houve a busca pela Rede Municipal em afirmar-se com normativas referentes aos documentos de escolas municipais, por vezes apontando normativas estaduais ou ainda criando os seus próprios mecanismos de conservação, com cursos ou manuais como estratégias de uma padronização da documentação e dos procedimentos a ela relacionados. De outro lado, observou-se a prática dos secretários escolares que, por meio de experiências particulares ou convivência com outros secretários, organizaram este espaço de forma específica, às vezes observando certas normativas, às vezes ambientando-se na sua rotina e no espaço da secretaria escolar.

Palavras-chave: Arquivos escolares. Práticas de arquivo. Cultura escolar. Memórias. Rede municipal de ensino de Curitiba.

Downloads 217  217  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://www.educacao.ufpr.br/portal/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!O conceito substantivo ditadura militar brasileira (1964-1984) na perspectiva de jovens brasileiro Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
CASTEX, Lilian Costa

Este estudo insere-se na área de pesquisa em ensino de História, mais especificamente no campo de investigações da Educação Histórica, e tem por objeto investigar como jovens alunos entendem os conceitos históricos, aqui denominados de conceitos substantivos (LEE, 2001). Neste trabalho, destaca-se o conceito substantivo Ditadura Militar Brasileira (1964-1984), presente no contexto da sociedade brasileira na segunda metade do século XX. A questão principal desta investigação é: até que ponto o processo de escolarização pode ser referência para os jovens nas relações que eles estabelecem com o conceito substantivo Ditadura Militar Brasileira? Constata-se a presença desse conceito substantivo na historiografia brasileira, com ideias de ação política e conjuntural e/ou a falta de compromisso com a democracia; na memória, com as ideias de vitimização, assim como, no caso em estudo, nas narrativas dos professores, dos jovens e dos manuais didáticos. A análise teórica, construída a partir das contribuições de Dubet e Martuccelli (1997), Lee (2001), Barca (2001), Schmidt e Garcia (2006) e Carretero et al. (2007), fundamenta-se na categoria da experiência dos sujeitos – os jovens – com o conhecimento. Tomando como referência o método de investigação qualitativa, o modo de investigação é o "estudo de caso", e o "caso em estudo" são duas escolas de ensino fundamental de 8º série – uma pública e uma particular – da cidade de Curitiba, Paraná, Brasil. A investigação efetivou-se por meio de técnicas qualitativas: questionários e entrevistas, observação de aulas de História e pesquisa documental. As questões presentes nos instrumentos de investigação visavam ao conhecimento do pensamento dos jovens sobre o conceito substantivo, considerando-o na perspectiva da realidade social dos sujeitos investigados, bem como nas relações que estes fazem com a memória social. Os resultados indicam a importância das diferentes interpretações historiográficas para a formação do professor de História, bem como a relevância de se tomar os conhecimentos prévios dos jovens estudantes como referência para o ensino e aprendizagem dos conteúdos históricos, questões que vêm sendo difundidas e propostas pela área da Educação Histórica.

Palavras-chave: Educação Histórica. Conceito Histórico. Ditadura Militar. Ensino de História.

Downloads 1000  1000  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGE - UFPR  Site http://www.ppge.ufpr.br/inicio.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!O Conselho de Estado no tempo de D. Pedro I: um estudo da política e da sociedade Primeiro Reinado Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
RIBEIRO, Eder da Silva.

Este trabalho trata do papel que teve o Conselho de Estado ao longo do reinado de D. Pedro I. Criada com o objetivo de auxiliar o monarca no uso das atribuições do Poder Moderador, a instituição se mostrou um espaço privilegiado para o exercício da dominação política e para a reiteração das hierarquias sociais, sobretudo na medida em que possibilitou aos seus membros reproduzirem no interior do Estado uma antiga prática institucional baseada nos relacionamentos diversos de caráter pessoais. Apreendendo as origens e as trajetórias individuais dos conselheiros, bem como as redes sociais das quais eram provenientes, o estudo procurou contribuir tanto para um melhor entendimento das esferas mais básicas do jogo político existente no Primeiro Reinado, quanto para a compreensão dos embates parlamentares que contribuíram decisivamente para a abdicação do primeiro Imperador.

Palavras-chave: Primeiro Reinado. Conselho de Estado. Campo político.

Downloads 422  422  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGH - UFF  Site http://historia.fflch.usp.br/posgraduacao/hs
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!O corpo das ruas: A fotografia de Pierre Verger na construção da Bahia iorubá Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
AGUIAR, Josélia

Este estudo investiga a atuação do fotógrafo francês Pierre Verger (1902-1996) com o propósito de compreender a relação entre suas fotografias da Bahia e as tentativas de definir, por meados do século XX, uma identidade baiana. Vista muitas vezes como calcada na herança iorubá, mas quase sempre tratada quase como uma essência mística por escritores, músicos, artistas, cronistas e cientistas sociais, esta imagem foi mais tarde apropriada pela política, economia (incluído o turismo), mídia e indústria cultural. No entanto, a singularidade da Bahia revela-se, nas lentes de Verger, como concreta, territorialmente encarnada, expressando-se no corpo e na corporalidade dos próprios lugares, de herança africana sim, mas sem traços explícitos iorubá.

Palavras-chave: História cultural. Identidade baiana. Baianidade. Fotografia. Pierre Verger. Corpo. Corporalidade africana.

Downloads 305  305  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGHS - USP  Site http://historia.fflch.usp.br/posgraduacao/hs
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!O Crescente e a Estrela na terra dos pinheirais: os árabes muçulmanos em Curitiba (1945-1984) Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
NASSER FILHO, Omar

Este estudo trata da imigração árabe muçulmana para Curitiba entre os anos de 1945 e 1984. As balizas temporais que delimitam a presente dissertação marcam o período de quatro décadas em que a etnia afirma sua presença na cidade, a começar pelo crescimento do fluxo imigratório no pós-guerra, terminando com a inauguração daquele que pode ser considerado o mais recente marco institucional da comunidade, depois de construída a sede da Sociedade Beneficente Muçulmana do Paraná e da Mesquita Imam Ali: o Cemitério Jardim de Allah. Buscamos compreender como seu deu o processo de inserção do grupo no território de recepção, atentando para as negociações que os imigrantes e seus descendentes fizeram ao longo desta trajetória em relação aos elementos identitários de ordem familiar, comunal e religiosa - considerados relevantes para o grupo em questão - bem como para as estratégias econômicas adotadas para sobreviver e acumular capital. Para tanto, traçamos um quadro da conjuntura sócio-econômica do Oriente Médio, do Brasil e de Curitiba à época da vinda destes imigrantes, procurando entender de que maneira estes fatores influenciaram o despertar do desejo imigratório entre os árabes muçulmanos e sua decisão de optar pelo país. Tentamos identificar, dentre os povos árabes muçulmanos, aquele (ou aqueles) que, em maior número, veio (vieram) ao Brasil. Procuramos demonstrar o impacto do momento da chegada e os primeiros olhares dos imigrantes sobre o país e a cidade, discutindo a importância que a existência de uma rede prévia de indivíduos pertencente ao mesmo grupo teve para suas primeiras sociabilidades. Para buscar as informações que dão suporte a nossas análises, além de consultar os documentos e registros da Sociedade Beneficente Muçulmana do Paraná, utilizamos como fonte – talvez a principal deste estudo – os depoimentos tomados dos imigrantes que chegaram à cidade no pós-guerra e seus descendentes, avaliando numa perspectiva inter-geracional a vivência da cultura árabe islâmica em Curitiba.

Palavras-chave: Imigração. Árabes muçulmanos. Valores culturais. Identidade.

Downloads 1653  1653  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PGHIS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/?lang=pt
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!O Debate no campo do nacionalismo musical no Brasil dos anos 1940 e 1950: o compositor Guerra Peixe. Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
EGG, André A.

Este trabalho estuda as mudanças ocorridas no nacionalismo musical no Brasil dos anos 1940 e 1950. Procura demonstrar como, a partir do início dos anos 1940, o grupo Música Viva passou a propor um novo tipo de nacionalismo associado a técnicas de vanguarda, entrando em conflito com o grupo nacionalista que havia se consolidado nas décadas de 1920 e 1930, e que já havia se tornado dominante passando a contar com apoio oficial do governo Vargas. Este conflito agravou-se pela filiação político-partidária: os nacionalistas eram ligados ao Estado Novo e os jovens vanguardistas militavam no Partido Comunista. Formulado na URSS o realismo socialista tornou-se a doutrina estética oficial do movimento comunista, passando a ser aplicado no Brasil em 1948. Coincidindo com esta interferência política no meio musical, os compositores Cláudio Santoro, Guerra Peixe e Eunice Catunda decidiram abandonar o dodecafonismo, técnica de composição que caracterizava a vanguarda, e passaram a adotar um discurso de defesa do nacionalismo musical baseado no folclore. O trabalho estuda os textos dos protagonistas analisando as formulações estéticas e sua motivação político-ideológica. Analisa também a trajetória do compositor Guerra Peixe, e algumas de suas obras, procurando compreender sua relação com as questões culturais e históricas da época e como sua composição musical relacionou-se com elas.

Palavras-Chave: Guerra Peixe. Nacionalismo musical. Grupo Música Viva.

Downloads 1169  1169  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PGHIS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/?lang=pt
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!O enredo do carnaval nos enredos da cidade: dinâmica territorial das escolas de samba de São Paulo Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
BELO, Vanir de L.

O carnaval das escolas de samba na cidade de São Paulo vem adquirindo um importante conteúdo social, político e econômico. Ao longo de seu desenvolvimento, passou por diversas transformações acompanhando o crescimento da cidade e adaptando-se aos novos conteúdos urbanos e a imposições políticas e técnicas. Todavia, ainda guarda um caráter genuíno atrelado à festa, característica de sua gênese. Diante disso, essa pesquisa se desenvolve a partir de uma periodização composta por três períodos definidos pelos eventos mais significativos observados ao longo da história dessa manifestação cultural. As variáveis- chave determinantes para a ruptura dos períodos são as normas e as políticas públicas realizadas com a finalidade de desenvolvê-las e, como conseqüência dessas ações, as divisões sociais e territoriais do trabalho criadas na produção dos desfiles carnavalescos em relação aos diferentes circuitos da economia urbana. O objetivo é compreender a dinâmica territorial das escolas de samba em São Paulo através da análise do processo de produção do carnaval que inclui a ação de diversos agentes na cidade, considerando a tendência à apropriação dessa manifestação popular pela indústria cultural. E analisar a forma como os membros das escolas de samba produzem cultura e fazem política, utilizando-se dos novos conteúdos técnicos que a cidade oferece, para se organizar e buscar formas de suprir suas necessidades.

Palavras-chave: Carnaval. Cidade. Cultura. Escolas de samba. São Paulo.

Downloads 287  287  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGH - USP  Site http://www.geografia.fflch.usp.br/posgraduacao/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!O Ensino de História nos primeiros anos do Ensino Fundamental: o uso de fontes Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
BERNARDO, Susana Barbosa R.

O presente trabalho está inserido no campo de reflexão a respeito do ensino de História e do saber discente. O objetivo principal foi o de refletir sobre a construção do saber histórico nos primeiros anos do ensino fundamental a partir do uso de fontes. Considerando a perspectiva teórica acerca da formação histórica apresentada pelo historiador alemão Jörn Rüsen, a pesquisa foi realizada no município de Tarumã (SP), com oito classes do Ensino Fundamental, sendo duas classes de cada série a partir do segundo ano. Procurou-se verificar se são ou não utilizadas fontes históricas nas aulas de História nesta etapa de estudo. Buscou- se também investigar qual a compreensão dos alunos acerca das fontes históricas e se estes são capazes ou não de realizar inferências a partir destas. Discute-se ainda a natureza e o estatuto das fontes históricas no conhecimento científico e no conhecimento escolar.

Palavras-chave: Fontes históricas. Anos iniciais do ensino fundamental. Ensino de história.

Downloads 1321  1321  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGHS - UEL  Site http://www.uel.br/pos/mesthis/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!O forjador - ruínas de um mito: Romário Martins (1983-1944) Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
SZVARÇA, Décio R.

A construção de símbolos pela obra de Romário Martins, que identificam no Paraná e no paranaense os ideias de uma civilização é o objeto de estudo desse trabalho.

Downloads 1925  1925  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PGHIS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/?lang=pt
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!O Império das Carapuças: Espaço público e periodismo político no tempo das regências (1832-1842) Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
FELDMAN, Ariel

O objetivo deste trabalho é analisar, sob um enfoque político, os escritos de Miguel do Sacramento Lopes Gama (1792-1852) publicados no periódico O Carapuceiro, editado no Recife entre 1832 e 1842, durante o período das regências e nos primeiros anos do Segundo Reinado. A historiografia, desde o século XIX, tem privilegiado a crítica de costumes que, supostamente, empreendeu esse periódico. O presente trabalho, por sua vez, pretende lançar um olhar diferenciado e demonstrar como esse jornal exerceu grande influência nos espaços públicos de discussão política, e também revelar como as idéias de Lopes Gama representaram uma importante manifestação do pensamento conservador que sustentou as bases do império.

Palavras-chave: "O Carapuceiro". Período das regências. Espaços públicos. Discussão política. Periodismo.

Downloads 1398  1398  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PGHIS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/?lang=pt
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 6 7 (8) 9 10 11 12 »