Educadores

Ínicio : História : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (26)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Notas (Do melhor para o pior avaliado)

Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Os negros do Rosário: Memórias, Identidades e Tradições no Congado de Oliveira (1950-2009) Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
RUBIÃO, Fernanda P.

O objetivo dessa pesquisa é analisar os significados políticos e identitários do Congado da cidade de Oliveira, em Minas Gerais, que é uma festa de devoção à Nossa Senhora do Rosário, desde os anos de 1950 até aos dias atuais. Esse recorte cronológico justifica-se pela importância atribuída pelos congadeiros a data de 1950 que representa o reinício dos festejos, que foram paralisados em diversos anos. Os negros do Rosário através do ritual festivo – com suas danças e cânticos - relembram o seu passado, construindo e resignificando a sua identidade e estabelecendo tradições culturais para o Congado. Serão enfocadas principalmente questões como a relação da comunidade de congadeiros com a Prefeitura e alguns representantes da Igreja Católica, os conflitos internos, a afirmação de sua identidade de negros do Rosário assim como uma luta política e a reconstrução da memória.

Palavras-chaves: Congado. Irmandade de Nossa Senhora do Rosário. Identidade Negra. Memória. Tradição.

Downloads 580  580  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGH - UFF  Site http://www.historia.uff.br/stricto/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Amor, sacrifício e lealdade: o donativo para o casamento de Catarina de Bragança (...) Popular Versão: PDF
Atualização:  11/10/2013
Descrição:
FERREIRA, Letícia dos S.

O donativo para o dote da Sereníssima Rainha da Grã-Bretanha e pela paz de Holanda é constantemente citado pela historiografia. Entretanto, nenhum trabalho debruçou-se mais detalhadamente sobre sua imposição, dinâmica ou princípio. Esta dissertação, atenta a especificidade desta contribuição à Fazenda Real, procurou entender seu caráter dentro de uma lógica de Antigo Regime, sem contudo perder de vista as configurações especificas da América portuguesa. Igualmente, estivemos atentos às relações políticas e econômicas entre as principais nações européias durante o século XVII, uma vez que o donativo resultava de acordos diplomáticos firmados pela monarquia portuguesa recém restaurada com a Grã-Bretanha e a Holanda. Para viabilizar o estabelecimento do donativo, bem como seu pagamento, a coroa valeu-se de uma lógica de serviços que, da mesma forma, foi utilizada pelos vassalos régios quando acharam necessário. Perceber, portanto, como os vassalos portugueses na Bahia relacionavam-se com a coroa através do donativo de Inglaterra e paz de Holanda foi o objetivo desta dissertação.

Palavras chaves: Relações internacionais no século XVIII. Donativo. Monarquia portuguesa. Capitania da Bahia.

Downloads 593  593  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGH - UFF  Site http://www.historia.uff.br/stricto/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Os embates de um juiz de fora: Balthazar da Silva Lisboa na Capitania do Rio de Janeiro (1787-1796) Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
MARCELO, Cristiane M.

O trabalho examina a atuação política do juiz de fora Balthazar da Silva Lisboa, funcionário régio luso-brasileiro, na capitania do Rio de Janeiro, no contexto do movimento reformista português de finais do século XVIII. Destaca a identificação desse funcionário com a política da Coroa, os conflitos que enfrentou com membros da administração e da burocracia local e central, em especial com o vice-rei D. Luís de Castro, o segundo Conde de Resende.

Palavras-chave: Século XVIII. Ilustração Luso-Brasileira. Balthazar da Silva Lisboa.

Downloads 645  645  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGH - UFF  Site http://www.historia.uff.br/stricto/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Intelectuais, espíritas e abolição da escravidão: os projetos de reforma na imprensa espírita Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
VALLE, Daniel Simões do

Esse trabalho analisa os posicionamentos assumidos pelos espíritas no debate sobre a abolição da escravidão na década de 1880, no Rio de Janeiro. A pesquisa é encaminhada a partir da trajetória de três intelectuais: Antonio da Silva Neto, Adolfo Bezerra de Menezes e Francisco Leite de Bittencourt Sampaio. Esses intelectuais se envolveram nas discussões sobre as reformas servil e política, no final dos anos 1860. Posteriormente, tornaram-se espíritas e exerceram importante papel frente ao crescente movimento espírita da capital do Império. O objetivo é compreender a influência desses intelectuais nas posições adotadas pelas instituições espíritas através da imprensa, assim como, nas redes de sociabilidades estabelecidas pelos espíritas no âmbito do movimento abolicionista. O estudo da imprensa espírita está focado em dois periódicos: Revista da Sociedade Acadêmica Deus, Cristo e Caridade e o Reformador. Através deles, busca-se compreender os projetos de reforma construídos e defendidos pelas instituições espíritas.

Palavras-chave: Século XIX. Intelectuais. Rio de Janeiro. Escravidão. Espiritismo.

Downloads 1201  1201  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGH - UFF  Site http://www.historia.uff.br/stricto/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!A Ação Popular e a questão humanista: das origens cristãs ao marxismo (1963-1973) Popular Versão: PDF
Atualização:  2/10/2013
Descrição:
DUARTE, Hugo Villaça

Este trabalho discute a trajetória política da Ação Popular, na década de 1960 e no início dos anos 1970, e apresenta uma análise crítica sobre as formulações elaboradas pela organização acerca da concepção filosófica humanista. Contando inicialmente com a participação majoritária de militantes oriundos da Juventude Universitária Católica, a Ação Popular foi fundada em 1963, reivindicando-se como uma organização não-confessional e revolucionária. A partir da segunda metade da década de 1960, a Ação Popular reformulou seus projetos políticos e procurou afirmar-se como uma organização marxista. No período em questão, a intervenção política da organização esteve pautada por elementos do humanismo cristão, da perspectiva humanista do marxismo e, inclusive, da controversa tese anti-humanista do filósofo francês Louis Althusser.

Palavras-chave: Ação Popular. Humanismo. Marxismo.

Downloads 442  442  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGH - UFF  Site http://www.historia.uff.br/stricto/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!A canção como narrativa: o discurso social na MPB (1965-1975) Popular Versão: PDF
Atualização:  2/10/2013
Descrição:
ALMEIDA, Mariângela R. de

Nossa dissertação tem como objeto o discurso social da canção brasileira que foi produzida nas décadas de 1960 e 1970. Por termos o objetivo de apreender, através da canção, as tensões presentes nas relações sociais do periodo em questão, optamos por trabalhar com as canções apresentadas nos Festivais de Música Popular Brasileira. Isso porque estes eventos tiveram um sucesso considerável e uma divulgação de longo alcance, na medida em que eram vinculados pelas emissoras de televisão. Buscar-se-á entender, pela análise das letras das canções finalistas dos festivais, quem fala através da música popular brasileira.

Palavras-chave: MPB. Festivais. Discurso.

Downloads 444  444  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma IFCH - Unicamp  Site http://www.ifch.unicamp.br/pos/sociologia/index.php
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Um estudo sobre a exposição e os expostos na vila de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais de Curitiba Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
CAVAZZANI, André Luiz M.

A pesquisa ora proposta dedica-se ao estudo de algumas variáveis acerca do fenômeno da exposição de crianças. Este costume, que encontra lamentável recorrência até os dias de hoje, vem sendo identificado pela historiografia, também em outras épocas e lugares, variando apenas, as explicações quanto aos motivos, às circunstâncias, à relação com o conjunto dos nascimentos e as sensibilidades sociais diante deste fato. O pano de fundo para este estudo corresponde à Vila de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais de Curitiba, à segunda metade do século XVIII. Ao que tudo indica, a exemplo de uma vasta gama de localidades no Brasil colonial, a vila de Curitiba, ainda no setecentos, não dispunha de uma Santa Casa de Misericórdia que pudesse amparar os enjeitados. Paralelamente, a análise da documentação camarária trouxe indicadores de que na vila de Curitiba a Câmara, no decorrer do século XVIII, também não assumiu para si o encargo dos expostos. Isto não inibiu o abandono que era realizado em locais ermos, monturos e, principalmente, “à porta dos fogos”. Nesse quadro, agregando dados provenientes das atas de catolicidade — batismos, óbitos e casamento — levantamentos nominativos e documentação coeva procurou-se: identificar os recém nascidos enjeitados na vila de Curitiba na segunda metade do século XVIII; qualificar o perfil dos domicílios que os receberam; identificar com base nos registros de casamento e nas listas nominativas a natureza dos arranjos matrimoniais que envolveram indivíduos qualificados como expostos; qualificar o perfil dos domicílios que eram chefiados por expostos; e finalmente, analisar se a vida social destes indivíduos – como criança e como adulto – carregava marcas de sua condição ao nascer. Isso tudo para tentar recuperar a trajetória de vida destas crianças com o propósito de entender como teria se dado a sua inserção naquela sociedade e, para além disto, qual teria sido o papel do exposto na complexidade das relações sociais que grassaram no Brasil Colônia e, de maneira mais específica, na Curitiba Setecentista.

Palavras-chave: Abandono de crianças. Expostos. Infância. Brasil colônia. História do Paraná.

Downloads 575  575  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PGHIS - UFPR  Site http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/?lang=pt
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora! Sinal vermelho: a trilogia da devoração de Oswald de Andrade e a censura do Estado Novo Popular Versão: PDF
Atualização:  2/10/2013
Descrição:
MEDEIROS, Mirna Aragão de

Este trabalho pretende abordar a relação entre Estado Novo (1937-1945) a e censura teatral. Para tal, partimos do conceito de Estado ampliado, de Antonio Gramsci, que entende o Estado não apenas em seu sentido estritamente político, mas também cultural e ideológico. É importante ressaltar que nesse período a questão da cultura foi concebida visando a uma organização política, ou seja, à criação de instituições culturais próprias, destinadas à produção e à propagação da concepção de mundo e se utilizava do setor artístico para tal. Este campo era especialmente ligado ao governo Getúlio Vargas, e particularmente ao ministro Gustavo Capanema. Procuramos mostrar que além da censura do Serviço Nacional do Teatro (SNT) e a do Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP), existiam também a censura do gosto e a imposta através dos financiamentos estatais. Para tal, considerando que nos textos de Oswald de Andrade "A Morta", "O Rei da Vela", "O Homem e o Cavalo", dentre outros, há um caráter contrahegemônico, e levando em conta a afirmação de Bakhtin de que "a palavra é a arena onde se confrontam os valores sociais contraditórios; os conflitos da língua refletem os conflitos de classe no interior do mesmo sistema", tomaremos esses trabalhos como objeto de análise.

Palavras-chave: Teatro. Oswald de Andrade. Estado Novo. Censura.

Downloads 2610  2610  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGH - UFF  Site http://www.historia.uff.br/stricto/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!A Rede da Democracia e o golpe de 1964 Popular Versão: PDF
Atualização:  10/10/2013
Descrição:
SILVA, Eduardo G.

Através da presente dissertação, procuramos analisar o papel desempenhado pela Rede da Democracia no processo de disputa pelo controle do Estado do qual o golpe de 1964 representou decisiva etapa. Arranjo midiático formado pelas emissoras de rádio e pelos jornais das empresas Globo, Jornal do Brasil e Diários Associados, acreditamos que a Rede da Democracia atuou entre outubro de 1963 e abril de 1964 como um importante locus de fomentação e doutrinação ideológica em prol da destituição do Governo Goulart, do estancamento do processo de expansão democrática experimentada naquele período e de promoção de um projeto moderno-conservador para o País – de fato implementado pelos governos ditatoriais iniciados em abril de 1964. Almejamos, também, trazer à tona a relação entre este arranjo midiático e a historiografia revisionista sobre o Golpe, sobretudo no que tange ao exacerbado e anacrônico peso conferido à "democracia" por parte desta tendência historiográfica.

Palavras-chave: Rede da Democracia. Golpe de 1964. Revisionismo historiográfico.

Downloads 1042  1042  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGH - UFF  Site http://www.historia.uff.br/stricto/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: História Dissertações
Fazer Download agora!Os oficiais índios na Amazônia Pombalina: Sociedade, Hierarquia e Resistência (1751-1798) Popular Versão: PDF
Atualização:  18/10/2013
Descrição:
ROCHA, Rafael Ale

Este trabalho analisa o processo através do qual os índios inseridos na sociedade colonial alcançavam postos oficiais nas câmaras municipais (juízes e vereadores) e nas tropas militares do Estado do Grão Pará e Maranhão durante a segunda metade do século XVIII. A baliza temporal adotada, entre 1751 e 1798, compreende, respectivamente, a chegada de Francisco Xavier de Mendonça Furtado, governador e capitão general do Estado (1751-1759), à capital Belém e a Carta Régia de 1798. Mendonça Furtado era irmão do ministro Sebastião José de Carvalho e Melo (futuro Marquês de Pombal) e deveria implantar uma série de reformas na região amazônica visando garantir a posse do território para a Coroa portuguesa. Para tanto, tentava-se transforma os índios em vassalos portugueses e, nesse sentido, diversas medidas foram tomadas no sentido de "civilizá-los". O a formação de uma elite indígena deve ser entendida neste contexto, na medida em que estes indivíduos serviam como elo entre os anseios da Coroa (representada pelas autoridades portuguesas) e os demais índios. Eram importantes, nesse sentido, como elementos da administração e governo das vilas ― antigos aldeamentos indígenas. Por fim, o trabalho pretende mostrar que, apesar de inseridos no mundo colonial, os oficiais índios puderam adaptar as políticas indigenistas em favor dos seus interesses.

Palavras-chave: Amazônia colonial. Elites coloniais. Políticas indígenas. Políticas indigenistas. Câmaras municipais. Tropas militares.

Downloads 728  728  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PPGH - UFF  Site http://www.historia.uff.br/stricto/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 3 4 5 (6) 7 8 9 10 11 12 »