Educadores

Ínicio : Língua Portuguesa : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (68)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (A a Z)

Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!Chăo partido: conceitos de espaços nos romances "O quinze", de Rachel Queiroz e "A bagaceira",  Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
HAIDUKE, Alessandro Andrade

Esta investigação refere-se a dois romances regionalistas sobre o “Nordeste” brasileiro: "A bagaceira" (1928), de José Américo de Almeida e "O quinze" (1931), de Rachel de Queiroz. Tenta apontar a geograficidade destes romances diante das concepções epistemológicas da geográfia e estuda o espaço geográfico através de dois níveis de análise. O primeiro é composto pela trama e pelas espacialidades que se estruturam dentro da obra literária e o segundo refere-se ao contexto da obra em seus aspectos sociais, políticos e históricos. Assim, os dois romances estão inseridos na tradição literária do “regionalismo” brasileiro que surgiu na década de 30 no Brasil e utilizou como temática a luta do homem frente ao semiárido no Nordeste. Fundamentado nas concepções geográficas do crítico literário Mikhael Bakhtin, principalmente a exotopia e o cronotopo, estudam-se as técnicas específicas com as quais os autores criam, investigam e reproduzem as respectivas espacialidades nos romances. Ambos os romances mostram as rupturas entre o elemento tradicional e o mundo moderno através de dois cronotopos de alienação (caminho de fuga) e de individualização (solidão das protagonistas). Utilizam, para estes fins, vários modelos de exotopia: o protagonista frente ao Nordeste popular, os autores da elite frente à população rural, a literatura frente aos fatos sociais e científicos. Destaca-se que, apesar de seu conservadorismo, o regionalismo do Nordeste se desenvolveu técnicas de pesquisa iniciando uma autóctona geografia brasileira nessa região, com métodos que reaparecem atualmente de outras formas na nova geografia cultural.

Palavras-chave: Espaço geográfico. Literatura. Nordeste. Rachel de Queiroz. José Américo de Almeida.

Downloads 2728  2728  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://dspace.c3.ufpr.br/
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!Clínica de linguagem: algumas considerações sobre interpretação Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
CARVALHO, Daniela Cristina Spina-de-

Este trabalho tece considerações sobre a problemática da interpretação com vistas à clínica fonoaudiológica de linguagem. Na Fonoaudiologia, embora o termo interpretação circule nos trabalhos e o interpretar faça parte do “fazer clínico”, pouco se diz sobre a interpretação no sentido de especificar/caracterizar sua natureza.

Palavras-chave: ENEM. Língua Portuguesa. Avaliação. Reformulação.

Downloads 2722  2722  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma PUC-SP   Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!Como lidar com os neologismos no texto jornalístico Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
PERUZZO,Marinella Stefani

Este trabalho parte da idéia de que os neologismos recebem, nos dicionários e manuais de redação jornalística, um tratamento assistemático, desprovido de rigor e critérios para que os jornalistas (e pessoas em geral) os reconheçam como tais e saibam lidar convenientemente com eles. A partir da elaboração de uma taxonomia própria, identificamos diferentes tipos de neologismos e constatamos que eles são um fenômeno natural na língua, que permite a sua subsistência e continuidade. Porém, ainda que naturais e necessários, os neologismos costumam ser “incômodos”: nos manuais de redação, são logo considerados “incorretos” ou “inexistentes”, embora a própria menção que se faz a eles ateste sua existência. Após o exame dos conceitos de correção e incorreção na língua, propomos, com o apoio de Rabanales (1984), a substituição dos termos “correto/incorreto” e “existente/inexistente”, que, geralmente, caracterizam-nos, por “necessário/desnecessário”, “culto/inculto”, “formal/informal”,
“exato/inexato” e “genuíno/falso”, de acordo com os tipos de neologismos que identificamos.

Palavras-chave: Neologismo. Lexicografia. Dicionário. Redação jornalística. Manuais de redação jornalística.

Downloads 1145  1145  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.lume.ufrgs.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!Compreensão de leitura em diferentes suportes: estudo comparativo entre o impresso e o digital Popular Versão: 
Atualização:  31/10/2012
Descrição:
NOVAES, Tatiani Daiana de

Neste estudo de caso, procurou-se verificar, através de oito questões de interpretação de texto da bateria CL-4 de Tapia e López (2000), se a compreensão de um mesmo texto é maior no suporte impresso ou no suporte digital. A bateria CL-4 (compreensão leitora de número 4) foi adaptada para os dois suportes: impresso e digital. Essas versões foram lidas por voluntários que responderam às oito questões de interpretação. As questões visavam avaliar: a ideia principal, as intenções do autor, a estratégia de identificação da ideia principal em função da estrutura textual, a compreensão da temporalidade, o estabelecimento da referência textual, a compreensão das partículas conectivas, a identificação do tipo de documento de procedência e o conhecimento do significado dos recursos estilísticos. Os resultados foram analisados com base nos pressupostos de Tapia e López (2000). A pesquisa revelou que a leitura no suporte eletrônico influenciou de maneira positiva o resultado da compreensão.

Palavras-chave: Compreensão. Leitura. Suporte.

Downloads 266  266  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade do Sul de Santa Catarina  Site http://www3.unisul.br/paginas/ensino/pos/linguagem/disserta/151.htm
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!Conceito de Gêneros e Análises de Textos de Vídeos Institucionais  Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
JUNIOR, Orlando Vian

Este estudo, parte do Projeto DIRECT (LAEL-PUC/SP), tem como objetivo apresentar os resultados de uma pesquisa em análise do discurso em contextos profissionais, mais especificamente em análise de gênero. O objetivo principal desta pesquisa é verificar como os textos se estruturam em estágios para transmitir significados. A pesquisa, dessa forma, teve dois momentos distintos.
No primeiro momento, traçou-se uma visão geral do conceito de gênero tal como é empregado na área da Linguística Aplicada a partir de uma visão diacrônica, analisando-se as várias perspectivas assumidas por diferentes teóricos. Assim, os autores foram agrupados em três categorias: analistas de gênero (Swales, Bhatia, Dudley-Evans), analistas críticos (Bakhtin, Todorov,Bronckart, Kress, Fairclough) e sistemicistas (Hasan, Martin, Ventola, Eggins, Leckie-Tarry).
No segundo momento, com base no conceito de propaganda institucional (Pinho, 1980) e de legitimação (Tereza Halliday, 1987), foram analisados textos de vídeos institucionais de quatro empresas multinacionais que atuam no Brasil. Esses vídeos têm como finalidade apresentar a empresa aos novos funcionários ou aos clientes em potencial. A proposta de Hasan (1989) foi o ponto de partida de análise, tendo em vista que leva em conta não só os elementos estruturais dos textos, mas também os reflexos dos contextos social e cultural nos quais os textos são produzidos. Foi adotada, portanto, uma perspectiva sistemicista.

Downloads 8282  8282  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.pucsp.br/pos/lael/lael-inf/def_teses.html
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!Da “Falta do Dizer" ao “Dizer da Falta": Reflexão sobre a produção de Sentidos na Poesia de Ana Cri Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
BRUM, Janaina Cardoso

O discurso poético é visto constantemente como lugar privilegiado de reflexão sobre a linguagem, não sendo poucos(as) os(as) poetas que colocam a preocupação com os modos de significar como tema central de suas obras. O trabalho com a linguagem, nesse espaço, gera inquietações várias em torno das relações entre a linguagem e os objetos do mundo. A correspondência entre palavra e coisa é frequentemente questionada e, mais do que uma inquietação sobre a representação através da linguagem no momento da escritura, torna-se o cerne do trabalho poético. A multiplicidade de sentidos emerge também como um funcionamento do discurso poético, tocando, assim, o silêncio fundante, que, ao mesmo tempo em que evidencia uma incompletude da linguagem, traz à cena a movência dos sentidos. Na poesia da brasileira Ana Cristina Cesar há uma incessante reflexão sobre a linguagem, sendo ela trabalhada em suas (im)possibilidades. A incompletude da linguagem é percebida na obra dessa autora e, assim, apresentam-se, em seus poemas, formas que atestam essa incompletude e o movimento dos sentidos. No presente trabalho, pretendemos observar os processos discursivos que ocorrem quando o sujeito se indaga sobre o estatuto da linguagem e dos sentidos, sob o viés da análise do discurso de linha francesa.


Palavras-chave: Discurso poético. Ana Cristina Cesar. Silêncio. Análise do discurso de linha francesa.

Downloads 387  387  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Católica de Pelotas  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!De Meninos a "Homens": Possibilidade de Leituras da Infância em Conversa de Bois, Campo Geral e MUtu Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
SIRINO, Salete Paulina Machado

Esta pesquisa, de caráter analítico e bibliográfico, tem como foco a temática da infância e objetiva apontar algumas possibilidades de leitura do conto Conversa de Bois, que integra o livro Sagarana, e da novela Campo Geral/Miguilim, que integra a obra Corpo de baile, de João Guimarães Rosa, bem como da transposição fílmica de Campo Geral para o filme Mutum (2007), de Sandra Kogut. Portanto, a presente dissertação atém-se à práxis da leitura literária, articulada às teorias sobre a recepção de textos literários de Hans Robert Jauss, Wolfgang Iser, Vincent Jouve, Umberto Eco e Mikhail Bakhtin, à leitura analítica interpretativa dos referidos textos rosianos. E, ainda, a pesquisa visa o estudo do conceito sociológico de infância, advindo da tradição europeia, respaldada nos autores Elizabeth Badinter e Philippe Ariès, e no contexto cultural brasileiro em Gilberto Freyre, e ainda, analisa-se o rito precoce de passagem de menino a “homem” de Tiãozinho e Miguilim – personagens de Guimarães Rosa –, tendo por base os pressupostos teóricos de Mircea Eliade.

Palavras-Chave: Infância. Leitura Literária. Literatura e Cinema.

Downloads 1487  1487  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UNIOESTE - Universidade Estadual do Oeste do Paran  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!De práticas sociais a gêneros do discurso : uma proposta para o ensino de português para falantes de Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
QIAORONG, Yan

Este trabalho tem como objetivo colocar em prática a noção bakhtiniana de gênero do discurso em materiais didáticos para o ensino de português para falantes de outras línguas. É apresentada a situação de ensino de português na China, no intuito de descrever o contexto da presente proposta de ensino. A seguir, é discutida a proposta de diferentes autores, do uso de gêneros do discurso como unidade de ensino em currículos de línguas e em materiais didáticos. Visando a um ensino que crie oportunidades para que o aluno se envolva em diferentes esferas de comunicação e práticas sociais, é feita uma proposta de seqüência didática a partir de tema de interesse (moradia) de alunos chineses, quando de sua estada em Porto Alegre. É elaborada uma unidade de ensino, organizada por alguns gêneros do discurso relacionados ao eixo temático selecionado, explicitando os objetivos e as orientações para o desenvolvimento de cada atividade. A unidade de ensino “Procurando um apartamento em Porto Alegre” foi elaborada a partir de textos autênticos que fazem parte de diferentes práticas sociais do contexto específico “alugar um imóvel” (anúncios classificados, contrato e depoimentos sobre moradia). Foi desenvolvida para alunos de nível básico-intermediário, prevendo 4 aulas de 100 minutos. A unidade foi testada com um grupo de 24 alunos, na Universidade de Comunicação da China, com a finalidade de verificar a aplicabilidade do material produzido. A análise dos resultados permite afirmar que é possível colocar em prática uma proposta de ensino de língua estrangeira, através de gêneros do discurso, de uma forma sistemática e gradual. Uma seqüência didática que tem como ponto de partida a contextualização do uso da língua através de diferentes gêneros do discurso estimula os alunos a participarem, oferecendo oportunidades de envolvimento e aprendizagem de novas práticas sociais, relevantes para as suas vidas pessoais e profissionais. Este trabalho busca contribuir na elaboração de materiais didáticos, na proposição de metodologias de ensino de línguas, na organização de currículos de línguas baseados em gêneros do discurso e para o ensino de português para falantes de outras línguas.

Downloads 597  597  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal do Rio Grande do Sul.  Site http://www.lume.ufrgs.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!De riograndense a gaúcho : o triunfo do avesso : um processo de representação regional na literatur Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
GOMES, Carla Renata Antunes de Souza

Este estudo quer, através do cruzamento de várias manifestações literárias sobre o Rio Grande do Sul do século XIX, acompanhar o percurso dos termos “riograndense” e “gaúcho”, principalmente, na Literatura regional e de viagem, buscando observar as alternâncias de sentido nas formas de designar o habitante do Rio Grande do Sul, iniciado em 1847 com José Antonio do Vale Caldre e Fião e o romance “A Divina Pastora”, que inaugura o gênero regionalista, estendendo-se até “O vaqueano”, de 1872, além de outros contos de Apolinário Porto Alegre. Assim, o problema central desta pesquisa foi descobrir quando e porquê o ser social “riograndense” assimila e é convertido no ser cultural denominado “gaúcho” e que circunstâncias históricas contribuem para essa transformação, que intenções contribuíram para a construção da imagem do gaúcho tal como a conhecemos hoje e como esta fabricação foi iniciada e se perpetuou ao longo da história. Tendo em vista que o capital cultural dos rio-grandenses é fruto de uma construção histórica, assentada em guerras e lutas que não foram fabricadas, nem imaginadas pelos homens das “belas letras”, foram, sim, representadas em prosa e verso, reconstituídas e embelezadas, recontadas à sua maneira, no firme propósito de perpetuação de uma memória, o que, sem embargo, exige um perseverante culto ao passado por meio de uma sempre seletiva memória histórica, pois se à historiografia cabe evidenciar e trazer à tona determinados fatos, também não é menos verdadeiro que quem a escreve também pode calar quando for conveniente. Considerando, portanto, que na Província do Rio Grande de São Pedro, o século XIX viera e se fora sob o signo da guerra, onde sob constante fogo cruzado se estabeleceram os parâmetros identitários dos rio-grandenses, e que nestas lutas alguns deles entraram como “monarcas” e “gaúchos”, outros se enfrentaram como “luso-brasileiros” e “hispano-platinos” e entre uns e outros surgiram os “gaúchos brasileiros”. E constatando ainda que a Literatura do período tratará com igual fervor este estado de permanente atuação militar, em que restará consagrada pela pena dos autores, a grande revolução de 1835, mas sem embargo da autoridade histórica deste fato, não foram de menos importância as inúmeras guerras de manutenção das fronteiras, assim como a Guerra do Paraguai (1865 a 1870) e, ainda, a Federalista (1893 a 1895), que constituíram os momentos mais tensos do processo de afirmação política nacional e regional, registrando na memória coletiva sul-riograndense o cheiro de pólvora e sangue que permeou um século de história do extremo sul do Brasil. De modo que a História forneceu os subsídios necessários à fabricação do estilo riograndense de ser e à Literatura coube forjar um caráter, um comportamento e um nome, num processo contínuo de construção cultural, que aderiu de tal modo ao imaginário social, que hoje é praticamente impensável outra denominação aos habitantes do Rio Grande do Sul, que não seja a de gaúchos, e que, todavia, não são caricaturas nem de guascas da cidade, nem de janotas do campo.

Palavras-chave: Historia do Rio Grande do Sul. História e literatura. Identidade regional.

Downloads 1559  1559  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.lume.ufrgs.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações
Fazer Download agora!Documentação, terminologia e lingüística : uma interface produtiva Popular Versão: 
Atualização:  26/3/2012
Descrição:
ARAÚJO, Vera Maria Araujo Pigozzi de
Esta pesquisa tem como objetivo principal propor uma metodologia que agilize a construção de uma ferramenta no campo da Documentação. Trata-se da geração de uma base de dados terminológica com sustentação na terminologia utilizada pelo especialista em sua área de domínio. Ela se apóia nos pressupostos teóricos da Teoria da Enunciação, da Teoria Comunicativa da Terminologia e da Socioterminologia. Com esse referencial acredita-se ser possível assegurar a efetiva comunicação entre os Sistemas de Recuperação de Informação e os usuários, sendo o bibliotecário o mediador do processo comunicativo que tem origem no
autor do texto indexado. Buscou-se o suporte da Terminografia e da Lingüística de Corpus pela possibilidade de coletar, tratar e armazenar um grande volume de informações de uma determinada área do saber.
Palavras-chave: Análise documentária. Base de dados terminológica. Documentação. Lingüística de Corpus. Sistemas de Recuperação da Informação. Socioterminologia. Teoria da Enunciação. Teoria Comunicativa da Terminologia. Terminografia. Terminologia.

Downloads 1661  1661  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://www.lume.ufrgs.br
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 2 (3) 4 5 6 7 8 »