Educadores

Ínicio : Pedagogia : Teses : Produções de Profissionais da Seed: Teses : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do menos para o mais procurado)

Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Práticas de Leitura nas Escolas Itinerantes do Paraná Versão: PDF
Atualização:  29/1/2019
Descrição:
OLIVEIRA, Daniela Carla de

Tese de doutorado sobre as práticas de leitura nas Escolas Itinerantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) no Estado do Paraná, Brasil. Utiliza como metodologia dois questionários destinados aos coordenadores pedagógicos das Escolas Itinerantes e aos educadores que lecionam nos Anos Finais do Ensino Fundamental e Médio, totalizando, 40 indivíduos participantes da pesquisa e nove escolas. Desenvolvida no período de 2011 a 2014. Objetiva identificar as concepções e as práticas de leitura realizadas na Educação Básica da Escola Itinerante que migraram para o acampamento e as práticas de leitura no acampamento que migraram para a escola, observando as relações estabelecidas, a partir da leitura, na escola e no acampamento. Parte de estudo exploratório voltado às Escolas do Campo, localizadas em áreas de assentamento e acampamento da Reforma Agrária do MST no Paraná. Apresenta um resgate histórico acerca das Escolas Itinerantes e discorre sobre seus aspectos políticos e pedagógicos. Evidencia aspectos reveladores do processo de luta pela escola e pela educação, a organização político-pedagógica e as reflexões que têm produzido sobre a implementação dos Ciclos de Formação Humana e dos Complexos de Estudo. Destaca o processo de formação dos educadores e os aprendizados e desafios vivenciados nesse novo “jeito” de fazer escola no/do campo. Analisa a produção acadêmica sobre Educação do Campo, políticas públicas e experiências escolares geradas, organizadas e implementadas pelos e nos Movimentos Sociais Populares do Campo. Apresenta referencial teórico fundamentado na leitura sob a perspectiva crítica da leitura para a emancipação do sujeito. Analisa os resultados acerca de concepções e estratégias de leitura, biblioteca e acervo e outros elementos que ajudaram a compreender o processo de leitura na Escola Itinerante a partir de quatro categorias: o educador e sua relação com a leitura; a formação dos educadores para estimular a leitura; as condições de ocorrência de práticas da leitura e o significado da leitura na escola e no acampamento.. Defende que a construção dos saberes e das práticas escolares, como a prática de leitura, no contexto da Escola Itinerante, cercado por incertezas, pressões sociais, políticas e econômicas se dá a partir das práticas sociais – luta pela terra, pela educação e pela escola – realizadas no cotidiano do Movimento.

Palavras-chave: Escola itinerante. Práticas de leitura. Leitura. Movimentos sociais populares. Escola no/do Campo. MST.

Downloads 9  9  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Formação Permanente de Professores de Química da EJA na Perspectiva Dialógico_problematizadora Freir Versão: PDF
Atualização:  30/1/2019
Descrição:
LAMBACH, Marcelo

Esta pesquisa de doutorado versa sobre a formação permanente de professores de química do ensino médio que atuam na Educação de Jovens e Adultos. Nela é realizada a investigação das possibilidades, dos avanços e das dificuldades da formação permanente fundamentada nos princípios dialógico-problematizadores anunciados por Paulo Freire; e verificada se a formação nessa concepção contribui para possíveis mudanças na forma de conceber o ensino de química para alunos da EJA, implicando em mudanças metodológicas. Além dos fundamentos freireanos, esta pesquisa também utiliza a epistemologia de Ludwik Fleck como referencial analítico para elucidar como se organiza o conhecimento e como ele se dissemina e se transforma a partir das categorias: Estilo de Pensamento, Coletivos de Pensamento, Circulação Inter e Intracoletiva de Ideias, Complicações no Estilo de Pensamento. Analisa, ainda, como elemento empírico da pesquisa, um curso de extensão universitária ministrado para professores de química da EJA que atuam na rede pública estadual do Paraná. O curso foi organizado a partir do referencial freireano e das pesquisas realizadas, sobretudo, por Antônio F. Gouvêa da Silva, apresentadas em sua tese defendida, intitulada “A construção do currículo na perspectiva popular crítica das falas significativas às práticas contextualizadas”, na qual ele analisa a orientação da formação docente realizada em distintas redes públicas da educação municipal e/ou estadual no Brasil. Nesse momento empírico da tese, os professores participantes do curso tiveram que realizar o estudo da realidade local com os alunos da EJA, investigar falas, propor temas geradores, elaborar aulas na perspectiva dialógico-problematizadora e desenvolvê-las com os alunos da EJA. Para a análise, é utilizado como corpus os materiais produzidos pelos participantes durante o curso, os registros dos professores em diário de bordo, os registros do pesquisador, a gravação em vídeo das apresentações das aulas desenvolvidas nas escolas e o grupo focal sobre a formação desenvolvida. A partir da Análise Textual Discursiva dos materiais, são apontados os possíveis avanços em relação à formação permanente de professores, sejam eles os dialógicos, os metodológicos, os epistemológicos, os político-pedagógicos; assim como os limites, sendo eles os estruturais, os organizacionais, os procedimentais, os conceituais, os dialogais e os do orientador da formação permanente para professores de química da EJA, organizada a partir da concepção dialógico-problematizadora freireana. Como conclusão, são apresentadas algumas propostas para superar tais limites, pensando na sua factibilidade, tendo em vista os problemas estruturais que a escola vivencia.

Palavras-chave: Formação permanente. Formação em serviço. Formação docente. Ensino de Química. Educação de jovens e adultos. EJA. Paulo Freire. Ludwik Fleck.

Downloads 10  10  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFSC  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Alcoolismo entre Indígenas: Programa de Formação para Professores e Agentes de Saúde Kaingang na Ter Versão: PDF
Atualização:  30/1/2019
Descrição:
BURATTO, Lúcia Gouvea

Após o contato com os colonizadores, intensificou entre os indígenas o consumo de outras bebidas alcoólicas e o hábito de ingerir bebida destilada ficou praticamente incontrolável, causando danos irreparáveis, para o indivíduo, familiares e comunidade. Em consequência do uso indiscriminado de bebidas alcóolicas verifica-se entre os indígenas casos de suicídio, esfaqueamento, estupro, afogamentos e atropelamentos seguidos de morte, assassinatos e coma alcoólico. O presente estudo objetivou a formação de professores e agentes de saúde Kaingang na Terra Indígena Ivaí Estado do Paraná, por meio de uma metodologia participativa na qual pesquisadora e professores indígenas discutiram e intercambiaram conhecimentos sobre prevenção de alcoolismo visando desenvolver ampliar e gerar procedimentos e ações eficazes e culturalmente adequadas a organização sócio-cultural Kaingang, no que se refere a prevenção do alcoolismo e a Síndrome Alcoólica Fetal (SAF).

Palavras-Chave: Saúde mental. Prevenção ao alcoolismo. Índios Kaingang.

Downloads 10  10  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Ufscar  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Socializações de jovens professores nas Licenciaturas em Música do Paraná Versão: PDF
Atualização:  31/1/2019
Descrição:
BUENO, Paula Alexandra Reis

O objetivo desta pesquisa foi verificar a potência das Licenciaturas em Música em ressocializar o indivíduo em sua formação musical. Propôs-se a verificação de como esta instância socializadora sanciona a composição do habitus e a construção identitária de jovens professores de música. O estudo abrangeu todas as instituições com o curso de Licenciatura em Música na modalidade presencial no Estado do Paraná, região sul do Brasil. A pesquisa contou com cento e sessenta indivíduos investigados na primeira fase (2015), os quais eram estudantes das séries finais do curso; e destes, dezessete indivíduos foram selecionados para uma entrevista em profundidade, concretizada na segunda fase do estudo (2017). A primeira etapa analítica recebeu um tratamento quantitativo, privilegiando a análise descritiva, seguida da Análise de Correspondências Múltiplas (ACM) e da Análise de Clusters. Esta abordagem visou realizar um mapeamento do gosto cultural dos sujeitos da pesquisa revelando diferentes perfis de gostos e práticas. A segunda etapa analítica teve um processamento de caráter qualitativo, e permitiu encontrar pluralidades de formas de socialização no mundo contemporâneo, que promoveram a construção de identidades com disposições híbridas de habitus, forjadas a partir de diversas matrizes de cultura e em interações humanas significativas. As trajetórias de vida foram marcadas pela presença da música, em situações permeadas de afetos, que colaboraram para a construção de uma linguagem na área. Essa linguagem foi sendo aprimorada a cada fase da vida, num tempo vivido, à medida que os acontecimentos permitiram condições de possibilidades. As Licenciaturas em Música do Paraná foram capazes de promover uma percepção mais crítica e reflexiva acerca do universo musical, o que implicou na manutenção, transformação e ruptura de gostos e práticas. Verificou-se também, que essas socializações universitárias corroboraram na construção de identidades profissionais docentes na área da música. Desta forma, a presente tese contribui com os estudos sociológicos que buscam demonstrar a dualidade de forças entre estruturas e agentes, entre as realidades materiais e as subjetividades.

Palavras-Chave: Sociologia do conhecimento. Sociologia da cultura. Sociologia da educação. Socialização. Educação musical. Licenciatura em Música.

Downloads 13  13  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Fies e Prouni na Expansão da Educação Superior: Quanto vale o conhecimento no Brasil? Versão: PDF
Atualização:  31/1/2019
Descrição:
MIRANDA, Paula Roberta

O estudo teve como objetivo analisar as políticas públicas de expansão da educação superior: Fies, Prouni e Reuni no período de (1990-2015), contexto da Reforma do Estado brasileiro e sua relação com o setor privado na formação de um mercado educacional lucrativo, a fim de identificar as implicações desses programas no processo de democratização da educação superior. Trata-se de pesquisa bibliográfica e documental, realizada a partir de levantamento de teses e dissertações sobre o tema, disponíveis no site da Capes, fontes primárias e documentos oficiais, tais como CF/88, LDB/96, Relatórios de Gestão do Fies, Relatórios de Gastos Tributários do Prouni. O método que subsidiou a pesquisa foi o Materialismo Histórico e Dialético. Seus critérios permitem compreender o objeto de estudos em suas múltiplas determinações. Este referencial auxilia no estudo e no desvelamento da política educacional, uma vez que busca apreender tal fenômeno, considerando a correlação de diferentes forças no processo pelo qual se define e se implementa a política educacional. Portanto, a pesquisa sustenta que a reforma universitária que originou as políticas de expansão Fies (2000), Prouni (2005) e Reuni (2007) deve ser compreendida em suas múltiplas determinações, como um campo complexo que faz parte de uma totalidade social, a partir da relação público-privada, no qual se insere essas políticas, onde dadas as suas configurações institucionais, curriculares e legais, foi responsável por incluir milhões de pessoas neste nível de ensino. Sob este referencial analisou-se os dados de expansão da educação superior pública e privada, a partir de dados estatísticos (gráficos e tabelas), Censos Educacionais disponibilizados pelo MEC, INEP e Grupo Hoper (2012, 2014, 2016), empresa especializada em consultorias e gestão da educação privada no Brasil. Os dados mostraram a prevalência do setor privado na oferta da educação superior em relação ao setor público. Nos três programas analisados, considera-se que a expansão ocorrida no período de 1990 a 2015 concorreu para o processo de democratização da educação superior, porém, ocorreu pela via da privatização e mercantilização, em detrimento de maiores investimentos nas universidades públicas, o que leva a concluir que o atual panorama da qual se encontra a educação superior pode ser tipificado como expansão da mercadorização ou de sua financeirização, deixando a educação de ser um direito social para se tornar uma mercadoria comercializável. Portanto, para a universidade pública, ainda continua o desafio de rever criticamente os paradigmas políticos, econômicos e ideológicos que têm mantido seu status de elitização. Pretende-se uma universidade com uma dimensão pública, desvinculada à lógica mercantilista a qual está inserida.

Palavras-chave: Expansão. Fies. Prouni. Reuni. Educação superior privada. Democratização.

Downloads 14  14  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Ciberespaço: uma Nova Ágora para a Performance Comunicativa através do Ensino e da Aprendizagem Híbr Versão: PDF
Atualização:  1/2/2019
Descrição:
TEIXEIRA, Vanderson Ronaldo

O ciberespaço e as infinitas possibilidades que se apresentam para nós, professores de filosofia no ensino médio, não são panaceias capazes de resolver de uma vez por todas os problemas de insucessos no processo de ensino e da aprendizagem, mas se articulados de modo a deslocar o foco do ensino para a aprendizagem, imputando ao estudante o papel de protagonista de sua narrativa de conhecimento, acreditamos que poderemos enfim caminhar rumo a uma educação melhor. [...]

Palavras-chave: Ciberespaço. Filosofia. Ensino híbrido (Sala de aula invertida, Gamificação). Performance comunicativa.

Downloads 16  16  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma USP  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Paraná, Território de "Vocação Agrícola"?! Interiozação Curso Normal Regional (1946 - 1968) Versão: PDF
Atualização:  31/1/2019
Descrição:
FARIA, Thais Bento

Esta tese tem como objetivo historiar o Curso Normal Regional no estado do Paraná, com foco no processo de interiorização e, para tanto, pauta-se no seguinte problema de pesquisa: Quais os motivos e condicionantes da criação, institucionalização, expansão, transformação e extinção do Curso Normal Regional no Paraná? Como este curso, no interior paranaense, lidou com o desafio de formar professores para a Escola Primária Rural entre 1946 e 1968? Com um recorte temporal inerente ao objeto de pesquisa, o ano de 1946 justifica-se porque data a criação do primeiro Curso Normal Regional no Território Federal do Iguaçu, atual município de Laranjeiras do Sul, e 1968 registra os últimos vestígios de sua existência. Como recorte espacial, focaliza o estado do Paraná e, para a análise do prescrito pelo centro e do praticado pelo interior, versa sobre a interiorização do Ensino Normal, centrando-se em três Cursos Normais Regionais do norte paranaense: Londrina, Rolândia e Sertanópolis. O estudo emprega documentos escritos e iconográficos, oriundos de diversos espaços: do Arquivo Público do Paraná; do Núcleo Regional de Educação de Londrina; de acervos históricos escolares; do CD-ROM de Gonçalves (2016); da Biblioteca da Secretaria de Estado da Educação; da Biblioteca Pública do Paraná; da internet, sites e acervo pessoal de uma normalista regionalista de Londrina. Para compreender o processo histórico e a interiorização do Curso Normal Regional no estado do Paraná, foram fundamentais dois conceitos de Certeau (1998) – estratégia e tática. As inúmeras circulares, ofícios, portarias e demais documentos elaborados pela Secretaria de Educação e Cultura e/ou Serviço de Ensino Normal representam o centro, o porta-voz institucional, que tem lugar próprio, que lida de modo criativo e elabora estratégias. Na outra ponta, no interior, há o estabelecimento das táticas pelos sujeitos que estão nas Escolas Normais, os quais burlam, posicionam-se, modificam, realizam bricolagem para atender aos dilemas encontrados no cotidiano escolar. Conclui-se que, no diálogo entre centro e interior se desdobraram várias facetas estratégicas: os Cursos de Atualização e Aperfeiçoamento, as Reuniões de Diretores e outras formas de formação em serviço são percebidas como um modo de o centro chegar ao interior e vice-versa; em tempos de expansão da pedagogia escolanovista, o porta-voz autorizado do conhecimento – o livro – tinha dificuldade de chegar até o interior, em geral, não havia espaço para a biblioteca e nem livros, a estratégia encontrada foi a criação da Assistência Técnica, que produziu farto material para Escolas Normais e Cursos Normais Regionais; para outro desafio decorrente da proliferação das Escolas Normais, a estratégia foi a produção de um modelo, reconhecido pelo Serviço de Ensino Normal, que orientasse e inspecionasse as Escolas Normais, criaram-se Escolas Centro. Tendo em vista os resultados obtidos na investigação, defende-se a tese que, no diálogo entre as esferas internacional, nacional e estadual, o Paraná, compreendido como um território de “vocação agrícola”, creditou ao Curso Normal Regional (1946-1968) a função de formar o professor primário rural, elaborou uma série de estratégias e conviveu com a contrariedade entre o prescrito e o praticado.

Palavras-chave: História da educação. História da formação de professores. Educação rural. Curso normal regional. Paraná.

Downloads 16  16  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Bertha Lutz e a Construção de Condições para a Autonomia da Mulher Brasileira: Trabalho, Política e Versão: PDF
Atualização:  31/1/2019
Descrição:
QUADROS, Raquel dos Santos

Esta tese tem como objetivo analisar as intervenções nas áreas social, política e educacional que Bertha Maria Júlia Lutz (1894-1976) promoveu na sociedade brasileira, no período de 1919 a 1937, com vistas ao reconhecimento da mulher como cidadã. As fontes que deram suporte para o desenvolvimento da pesquisa foram cartas, discursos, jornais, resoluções, projetos e textos produzidos pela autora. Em consequência da análise desses documentos, a problematização do trabalho se apresenta com a seguinte proposição: Quais as ações em que a educadora Bertha Lutz esteve envolvida com a intenção de possibilitar condições para a autonomia da mulher brasileira? As atividades profissionais, como bióloga e museóloga, política e educadora, demonstraram a importância de se considerar Bertha Lutz uma das expoentes da história da educação no Brasil, no decorrer do século XX. Como delimitação espacial, foi eleita a cidade do Rio de Janeiro a capital do Brasil no período estudado. Tomou-se como ponto inicial da investigação o ano de 1919, época em que ela começou a trabalhar no Museu Nacional até o período de 1937, momento em que deixou de ser deputada pela instalação do Estado Novo. A proposta de pesquisa refere-se à história da educação no Brasil no século XX, por meio do estudo de intelectuais ligados à educação. O tema da pesquisa tem envolvimento com o Grupo de Estudos e Pesquisas em História da Educação, Intelectuais e Instituições Escolares (GEPHEIINSE), que se define pela investigação acerca da educação e história da educação, entendida em sua articulação com a sociedade em seus aspectos econômicos, sociais e políticos. Destaca-se que o grupo de pesquisa está conexo ao Grupo de Estudos e Pesquisas História, Sociedade e Educação no Brasil (HISTEDBR). Verifica-se que as leis, as resoluções, a organização de instituições em diferentes níveis não foram fatos lineares e espontâneos nem consensuais, mas foram travadas lutas, debates ideológicos sobre temas relacionados à educação até que se chegasse a uma suposta resolução. As análises permitiram justificar a tese defendida, que se apresenta na seguinte asserção: para Bertha Lutz, a condição de autonomia para a mulher brasileira como cidadã se daria por três eixos: a área do trabalho, a da política e a da educação. Em consequência dessa perspectiva, no âmbito social Bertha Lutz apresentou subsídios voltados à inserção da mulher no trabalho, projetando uma instituição voltada ao público feminino com a centralidade no trabalho. No âmbito político, atuou com ênfase na defesa dos direitos femininos, no período em que esteve exercendo o cargo de deputada e à frente da Federação Brasileira pelo Progresso Feminino, movimento que procurou informar a mulher sobre questões ligadas à história da mulher e seu espaço na sociedade. Na área da educação defendeu um programa que visava a uma prática educativa por meio dos museus. A importância histórica de Bertha Lutz reside nas ações desempenhadas na sociedade brasileira.

Palavras-chave: Educação. História da educação. Bertha Lutz.

Downloads 18  18  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!As Práticas de Modelagem Matemática no Âmbito do Ensino Fundamental: um Olhar a partir de Relatos de Versão: PDF
Atualização:  30/1/2019
Descrição:
KAVIATKOVSKI, Marinês

Este trabalho apresenta uma análise de como a modelagem Matemática vem sendo inserida no contexto escolar, como campo de uma investigação que busca responder o que os Relatos de Experiência apontam a respeito de práticas de Modelagem Matemática, no âmbito do Ensino Fundamental.
[...]

Palavras-chave: Modelagem matemática. Educação matemática. Relatos de experiência. Ensino fundamental.

Downloads 19  19  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEPG  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Pedagogia Teses Produções de Profissionais da Seed: Teses
Fazer Download agora!Habilidades Cognitivas e Metacognição do Aluno com Altas Habilidades/Superdotação na Resolução de Pr Versão: PDF
Atualização:  30/1/2019
Descrição:
MACHADO, Járci Maria

Objetivou-se nesta pesquisa identificar as estratégias cognitivas e metacognitivas utilizadas na resolução de situações problema de matemática de um aluno com Altas Habilidades/Superdotação (AH/SD), matematicamente talentoso, que frequenta o 6.º ano da Educação Básica. O pressuposto deste estudo é que alunos com AH/SD alcançam precocemente o pensamento hipotético dedutivo, próprio do estádio operatório-formal de Piaget. Encontra-se o pressuposto desta pesquisa fundamentado na Epistemologia Genética de Jean Piaget, nos estudos de Sternberg & Davidson (1985) e na teoria de Joseph Renzulli (1986), quando esta aborda o superdotado acadêmico. Trata-se de um estudo qualitativo na modalidade de estudo de caso. A seleção do aluno iniciou com a aplicação de dez problemas específicos de lógica, e um questionário individual para 20 alunos com AH/SD que frequentam uma Sala de Recursos para alunos com AH/SD de uma escola da rede pública de
ensino no município de Curitiba, PR. Dos 20 alunos que iniciaram este estudo, cinco atingiram o número de acertos exigidos no teste de lógica. Destes cinco alunos, apenas um seguiu com a pesquisa, por ser o mais jovem do grupo. Com este aluno foram trabalhadas atividades de matemática, buscando compreender, através de questionamentos realizados pela pesquisadora, os processos cognitivos e metacognitivos envolvidos na resolução dos exercícios. Ficou evidenciado que o aluno utilizou-se das seguintes estratégias cognitivas: identificação do tipo de problema, encontrando as ideias principais do enunciado e realizando os cálculos, regulação da sua ação através do pensar para resolver, dedução a partir de hipóteses, não somente através de uma observação do real. Quanto às estratégias metacognitivas, o aluno fez uso do pensar sobre seus pensamentos e da autorregulação, verificou se os objetivos foram atingidos nas atividades através da comparação dos processos e resultados, identificando as etapas do seu raciocínio. Utilizou-se do pensamento dedutivo ao resolver os problemas, fazendo uso da representação mental dos símbolos aritméticos, definindo as estratégias mais adequadas para sua resolução, formulando proposições e operando sobre elas. Esta forma de pensamento envolve uma dificuldade e um trabalho mental muito maior que o pensamento concreto, demonstrando estar no estádio operatório-formal antes da idade (12/15a) cronológica prevista na epistemologia genética de Piaget. O estudo sugere a possibilidade de desenvolvimento de uma espécie de intuição intelectual em pessoas com Altas Habilidades/Superdotação.

Palavras-chave: Piaget. Cognição. Metacognição. Operatório-formal. Altas Habilidades/Superdotação.

Downloads 22  22  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 »