Educadores

Ínicio : Ciências : Dissertações : 

Produções de Profissionais da Seed: Dissertações (16)


Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do mais para o menos procurado)

Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!A importância dos laboratórios de ciências para alunos da terceira série do Ensino Fundamental  Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
ZIMMERMANN, Licia

Este trabalho trata da importância dos laboratórios de Ciências para alunos das séries iniciais. Foram acompanhadas todas as aulas das turmas de terceira série do Ensino Fundamental ocorridas nos laboratórios de Física, de Química e de Biologia de uma escola privada. Após, foram realizados questionários e entrevistas com professores e alunos dessa série para detectar aspectos positivos e negativos dessas atividades e suas repercussões. Foi possível verificar que as aulas ocorridas nos laboratórios de Ciências são de grande importância na vida escolar dos estudantes e que elas devem ser proporcionadas aos alunos desde as séries iniciais, nas quais os conceitos de Ciências começam a ser apresentados e construídos.

Downloads 42127  42127  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Pontifícia Universidade Católica do RS - PUC-RS   Site http://tede.pucrs.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1136
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!Biotecnologia e Meio Ambiente: representações sociais de professores de Ciências Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
ALVES, Jussara Bernardo

O objetivo desta pesquisa foi explorar e analisar as Representações Sociais de Professores de Ciências sobre a Biotecnologia e o Meio Ambiente. Participaram como voluntários 55 professores de Ciências da Rede Estadual de Ensino do estado de São Paulo. Foi construído e aplicado um questionário contendo 28 questões, cujas dimensões envolveram: a) identificação dos professores, idade, sexo, tempo de magistério, instituição de formação e o ano de conclusão da graduação, local onde leciona, em que séries e períodos; b)Representações Sociais sobre Biotecnologia e Meio Ambiente, conhecimento e opinião sobre Biotecnologia Meio Ambiente e suas fontes de informações e c)Representações do PCN de Ciências –Meio Ambiente, e espaço para manifestações pessoais As respostas dadas às questões abertas foram analisadas pela Técnica de Análise de Conteúdos e as categorias foram expressas em porcentagens, assim como as respostas dadas às questões fechadas. Utilizou-se a análise estatística do qui quadrado para as análises das significâncias das diferenças entre as frequências das respostas. Dentre os principais resultados que podem ser destacados há necessidade de divulgação e esclarecimento aos professores sobre o que é a Biotecnologia e suas aplicações e sobre a formação do professor, mencionando a necessidade de capacitação ou orientações técnicas, como os assuntos relacionados à Biotecnologia, pois os professores e alunos necessitam de recursos e de fontes científicas seguras de informações, para que possam ter uma discussão reflexiva sobre o tema Biotecnologia. Em sua formação acadêmica, os professores receberam somente a transmissão de conhecimento e não aprimoraram sua didática e metodologia de ensino ao longo da sua prática docente. Os professores precisam articular e inovar conhecimentos e metodologias individual e coletivamente para melhor atender à sua prática pedagógica. É importante que o professor atualize constantemente o seu conhecimento, para que haja entendimentos e conhecimentos sobre de que maneira a ciência pode auxiliar e intervir no processo de ensino, que permita tratar de temas inovadores e atuais de forma crítica e construtiva. Os resultados desta pesquisa demonstram que, entre as aplicações da Biotecnologia a Representação Social dos transgênicos e a clonagem são os temas que os professores mais têm abordado. Nas Representações Sociais dos professores sobre o tema abordado, a análise dos resultados ficou muito prejudicada, pois havia frequente justificativa, pela falta de conhecimento científico e pela falta de informação quanto à segurança e a ética, em que eles descrevem sua preocupação sobre as consequencias da Biotecnologia no futuro. Observa-se que os participantes não conseguiam expressar seus conhecimentos sobre Biotecnologia, e também não houve tempo hábil para usar outros recursos que levassem o participantes, a expor, de maneira mais clara, os seus conhecimentos sobre a Biotecnologia, pela falta de clareza nas respostas e por não responderem às justificativas, o que prejudicou muito a discussão dos resultados.

Palavras-chave: Representações Sociais. Biotecnologia. Meio Ambiente.

Downloads 13568  13568  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade de Mogi das Cruzes - UMC  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!A experimentação no Ensino de Ciências: possibilidades e limites na busca de uma Aprendizagem Signif Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
GIANI, Kellen

O objetivo central desse estudo foi demonstrar que é possível usar protocolos experimentais que se caracterizam como sendo de níveis um e dois (ESCALA DE HERRON, 1971) em aulas de ciências de uma escola onde fazia uso de protocolos de nível zero, ou seja, protocolos que tinham como objetivo ilustrar os conhecimentos estudados na aula teórica. Para tanto, foram desenvolvidas atividades experimentais com alunos do sétimo ano do Ensino Fundamental de uma escola privada do Distrito Federal. O referencial teórico utilizado para a análise das atividades propostas foi o da teoria da aprendizagem significativa desenvolvida por David Ausubel (AUSUBEL et al, 1980). Os resultados da pesquisa indicam que o desenvolvimento desse tipo de atividades despertou o interesse dos alunos e proporcionou momentos de reflexão. Apesar da resistência inicial dos alunos, foi possível verificar, que com ajuda do professor, eles formularam hipóteses na tentativa de solucionar o problema em discussão e criaram metodologias. Observou-se, também, que o papel do professor é de suma importância ao conduzir esse tipo de atividade investigativa. Este deve questionar e sugerir desafios proporcionando aos alunos momentos para analisar e avaliar os seus próprios conhecimentos. Sem tal abordagem a potencialidade das atividades experimentais fica comprometida.

Palavras-Chave: Aprendizagem significativa. Atividade prática. Ensino de Ciências. Problematização.

Downloads 9210  9210  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!Mapeamento e análise do ruído ambiental : diretrizes e metodologia Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
NAGEM, Míriam Pompeu

Dentre as diversas formas de poluição ambiental, a poluição sonora é uma das que tem conduzido à deterioração da qualidade de vida nas grandes cidades. Neste contexto, o mapeamento acústico tem sido utilizado como ferramenta para o levantamento de dados e para a avaliação do ruído ambiental. No entanto, não há uma metodologia específica para o mapeamento acústico. Cada pesquisador utiliza, assim, uma metodologia própria tendo-se, como resultado, uma diversidade de parâmetros e de procedimentos para coleta de dados. O objetivo central desta pesquisa é avaliar as metodologias existentes e estabelecer diretrizes para a elaboração de metodologias para o mapeamento acústico que auxiliem no planejamento urbano e na melhoria das condições de conforto da população. Com esta finalidade, diversas técnicas utilizadas por pesquisadores do Brasil e do mundo foram analisadas e utilizou-se o terreno da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) como campo experimental para o mapeamento sonoro. A coleta de dados foi realizada nos meses de abril, maio e junho às terças, quartas e quintas-feiras que não fossem feriado, em 28 pontos. Em cada ponto fez-se uma medição diária de 12 horas seguidas, das 7:00 às 19:00 horas, sendo que os dados foram coletados a cada 5 minutos. Foram coletadas grandezas acústicas, meteorológicas, de tráfego e geométricas para caracterizar os locais de medição. Como resultado, constatou-se que durante todo o período de coleta de dados os níveis de pressão sonora presentes em todos os pontos estavam acima dos estabelecidos pelas normas de conforto (50 dB(A)), e que é o tráfego de veículos a principal fonte de ruído na universidade. Foram elaboradas, então, algumas sugestões para melhorar o ambiente acústico da UNICAMP. Além disto, formulou-se diretrizes para confecção de metodologias para mapeamento acústico, indicando procedimentos tais como a escolha do número e distribuição dos pontos de medição, dos dias, horário e duração das medições, além da determinação das grandezas a serem coletadas.

Palavras-chave: Planejamento Urbano. Trânsito. Poluição Sonora.Ruído urbano.

Downloads 8048  8048  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unicamp - Universidade Estadual de Campinas  Site http://libdigi.unicamp.br/document/?code=vtls000318370
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!Pensamento e Ação do Professor: tendências no ensino de Ciências Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
CUNHA, Francislene Moraes da

As concepções teóricas que fundamentam a prática pedagógica de professores têm sido, há algum tempo, alvo de interesse de muitos pesquisadores, possibilitando o reconhecimento de que concepções sobre homem, aprendizagem e ensino articulam-se aos saberes profissionais elaborados durante o desenvolvimento profissional. No âmbito das pesquisas em Ensino de Ciências, muitos trabalhos têm enfocado os saberes necessários aos professores, reconhecendo a diversidade dos mesmos e sua relevância para o desempenho satisfatório do papel de educador. Neste contexto, questionam-se quais são as concepções que permeiam a prática docente destes professores. O objetivo do presente trabalho é identificar concepções e ações nos processos de ensino e aprendizagem em Ciências de professores de Ciências da rede oficial de ensino de uma cidade da Grande São Paulo. Os dados foram coletados por meio de entrevistas, observações de aulas e análise de plano de aula de professoras de Ciências. A análise dos dados indica a presença de tendências diferenciadas, mas próximas, entre as professoras.

Palavras-chave: Referenciais Teóricos. Prática Pedagógica. Saberes Docentes. Professores de Ciências.

Downloads 5618  5618  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual Paulista - Unesp  Site http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/cp022132.pdf
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!A Visão do Professor de Ciências Sobre as Estações do Ano Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
LIMA, Everaldo José Machado de

No dia-a-dia escolar, é comum encontrar professores que vêm para as aulas de ciências com concepções prévias, que podem diferir substancialmente das ideias a serem ensinadas, dificultando o aprendizado de futuros conceitos científicos. Pretende-se discutir o ensino das Estações do Ano, uma vez que se observa grande tendência do professor de ciências em ensinar, e dos alunos em aprenderem as concepções alternativas do cotidiano, trazidas para a sala de aula. Este trabalho tem por objetivo analisar o estudo das estações do ano e as representações dos professores do ensino fundamental, avaliando as suas dificuldades em determinar o sentido correto dos conceitos e observando a metodologia que utilizam no ensino. Com essa análise, foi possível verificar que os conceitos nascem do sentido atribuídos às palavras. Tendo como foco da pesquisa o professor que utiliza de conhecimento prévio no decorrer de suas aulas, procurou-se entender, por meio de cinco entrevistas semiestruturadas, a relação que os professores tinham com os conteúdos relacionados no ensino das estações do ano, seus significados e suas interpretações. No desenvolvimento da pesquisa foi necessário recorrer a um levantamento bibliográfico sobre as concepções alternativas, presentes no ensino de astronomia. O estudo esteve alicerçado na formação dos conceitos descrito por Vygotsky (1998) e na análise do discurso de Orlandi (1997).

Palavras-chave: Estações do ano. Concepções alternativas. Significados. Ensino de Ciências.

Downloads 5311  5311  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Londrina - UEL  Site http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/cp002559.pdf
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!Literatura Infantil no Ensino de Ciências: Articulações a partir da análise de uma coleção de livros Popular Versão: PDF
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
LINSINGEN, Luana von

Neste trabalho é desenvolvido algumas articulações entre Literatura Infantil, Animais e Ensino de Ciências, baseadas em referências da Literatura, da Antropologia e da Educação. Para tanto, utiliza-se argumentos que indicam potenciais contribuições da Literatura Infantil para o Ensino de Ciências, levando em conta seu caráter lúdico, atraente e dinâmico, estimulador da leitura e formador de consciência-de-mundo. Argumento que a Literatura Infantil tem propriedades que viabilizam elaborações mais abstratas sobre a realidade, inclusive sobre a Ciência, seus atores e suas peculiaridades. É apresentado e identificado um conjunto de trabalhos já publicados nesta linha, em especial no âmbito dos Encontros Nacionais de Pesquisa em Educação em Ciências (ENPECs), no período de 1997 a 2007. Analiso também uma coleção de oito livros infantis, cujos personagens principais são animais, propondo e aplicando critérios que articulam texto e ilustrações. A análise realizada permite confirmar as promissoras possibilidades instrumentais dessa coleção para o ensino de Ciências e sugere a realização de futuras pesquisas, no sentido de trabalhar esse material em sala de aula.

Palavras-chave: Literatura infantil. Ensino de ciências. Animais aviltados.

Downloads 5105  5105  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Federal de Santa Catarina  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!Construção Coletiva de uma Horta Escolar: repercussões entre os alunos participantes Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
PETTER, Cláudia Maria Barth

Esta pesquisa foi realizada na Escola Estadual de Ensino Fundamental Moinhos, em Estrela, com alunos das séries finais (5ª a 8ª), com o objetivo de detectar como a construção coletiva de uma horta escolar poderia repercutir nos hábitos de higiene e saúde dos alunos participantes. A partir de uma pesquisa prévia sobre os problemas mais significativos da comunidade de Moinhos, em que foi apontado o consumo de drogas como o maior problema, foi desencadeado um debate quanto à utilização produtiva e prazerosa do tempo livre, como forma de prevenir riscos de sua utilização inadequada em situações prejudiciais. Houve um consenso, que resultou na decisão de construção conjunta de uma horta escolar. A pesquisa, que envolveu a implementação e repercussões desse trabalho colaborativo, teve abordagem essencialmente qualitativa, conforme a metodologia de análise textual. Entre as repercussões identificadas entre os alunos, quanto aos hábitos de higiene e saúde, nos aspectos físico, mental e social, destacam-se: mudanças na dieta alimentar, com inclusão de hortaliças nas refeições; construção de hortas em suas residências; maior envolvimento em atividades escolares e extraclasse, especialmente em Ciências; participação mais ativa e diminuição da agressividade nas relações interpessoais em sala de aula; maior compromisso com trabalhos em grupo. Além disso, houve superação das expectativas, pelo envolvimento gradual de outros educadores e das demais turmas, o que resultou na extensão da proposta a toda comunidade escolar.

Palavras-chave: Horta Escolar. Higiene e Saúde. Planejamento Cooperativo. Construção Coletiva.

Downloads 5040  5040  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do   Site http://tede.pucrs.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1124
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!Práticas Educativas no Ensino de Ciências Séries Iniciais: uma análise a partir das orientações didá Popular Versão: 
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
COSTA, Giovana Galvanin

O presente estudo consistiu em caracterizar as práticas educativas de quatro professoras do Ensino Fundamental na área de Ciências Naturais e relacioná-las com as orientações didáticas dos Parâmetros Curriculares Nacionais através de três estudos.

Palavras-chave: Ensino de Ciências. Práticas educativas. Ensino Fundamental. Séries iniciais.

Downloads 4854  4854  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual Paulista - Unesp  Site http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/cp012262.pdf
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Ciências Dissertações
Fazer Download agora!A Questão da Neutralidade: um debate necessário no ensino de Ciências Popular Versão: pdf
Atualização:  19/3/2012
Descrição:
SANTOS, Paulo Roberto dos

O presente estudo é resultado de uma pesquisa teórica, de natureza filosófico-educacional em torno da tese da neutralidade da ciência negada explicitamente pelos Parâmetros Curriculares Nacionais nos volumes que tratam do ensino de Ciências Naturais. O documento reitera insistentemente que o ensino de ciência deve favorecer a reflexão sobre o caráter não-neutro da ciência e suas implicações políticas e sociais, porém não oferece uma definição clara do conceito de neutralidade. Nosso objetivo foi o de identificar os elementos que devem compor uma noção adequada de neutralidade, sendo um dos requisitos o de que a negação da neutralidade da ciência não implique alguma forma de relativismo. Um autor que tem se dedicado a essa questão é Hugh Lacey, cujos trabalhos foram tomados como referencial básico em todas as nossas reflexões. O aspecto fundamental da filosofia da ciência de Lacey é sua abordagem da racionalidade científica em termos de valores (valores cognitivos e valores sociais), não em termos de regras, como acontece na tradição positivista. Ao processo epistemológico de seleção de teorias em termos de compromisso com um conjunto de valores exclusivamente cognitivos, Lacey atribui o atributo da imparcialidade. A defesa da imparcialidade não impede que os valores não-cognitivos (sociais) tenham também um papel essencial na prática científica. A presença de valores sociais no interior da ciência pode dar-se no nível das escolhas tecnológicas concretas? Neutralidade aplicada? E num nível mais abstrato denominado por Lacey de nível das estratégias? Neutralidade cognitiva. Em última análise, é a estratégia que vai restringir os tipos de teorias que podem ser desenvolvidas e investigadas pela ciência moderna que, por conseguinte, carece de neutralidade cognitiva. Tal ciência é ensinada nas escolas como modelo único e fechado de racionalidade científica. Nossa conclusão é que uma maneira de se trabalhar o tema da neutralidade de forma construtiva é apresentá-la indiretamente aos alunos, ou seja, mostrando e discutindo outros possíveis sistemas explicativos da natureza. Numa sociedade realmente democrática, é importante que se valorizem os conhecimentos adquiridos por meio de abordagens alternativas.

Palavras-chave: Neutralidade. Imparcialidade. Racionalidade científica.

Downloads 4646  4646  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade de São Paulo - USP  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 3 4 5 6 7 »