Educadores

Ínicio : Língua Portuguesa : Dissertações : Produções de Profissionais da Seed: Dissertações : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Popularidade (Do menos para o mais procurado)

Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Prática de Análise Linguística nos Anos Finais do Ensino Fundamental: Desafior e Possibilidades Popular Versão: PDF
Atualização:  9/1/2019
Descrição:
MATTEI, Isabel

Esta dissertação tem por objetivo desenvolver um trabalho com Análise Linguística focado especialmente na reescrita textual, a partir de um resgate teórico do tema, que foi analisado sob três perspectivas: as produções acadêmicas, os documentos curriculares oficiais destinados ao Ensino de Língua Portuguesa e as produções de professores da Educação Básica. Partimos, para tanto, do seguinte questionamento motivador: as produções teóricas sobre Análise Linguística esclarecem o encaminhamento dessa prática no Ensino Fundamental e contribuem para a escrita e reescrita de textos dos alunos nesse nível de ensino? Optamos, como fundamentação para o estudo, pelos pressupostos teóricos baseados na concepção interacionista de linguagem (BAKHTIN, 2014) e em suas aplicações ao ensino propostas por Geraldi (1984, 1997, 1999) e Riolfi (2010), entre outros. Servirão como suporte teórico também fontes que, nas discussões sobre produção escrita e reescrita de textos no contexto escolar, adotam a concepção de linguagem aqui defendida. A investigação, ancorada nos pressupostos da Linguística Aplicada, assume uma abordagem de dados qualitativa, de caráter interpretativista, vinculada ao método da pesquisa-ação, seja pelo interesse em discutir a prática pedagógica, seja pela etapa de aplicação prática de atividades de Análise Linguística com alunos do Nível Fundamental. Para cumprimento de requisito do PROFLETRAS – elaboração, aplicação de material didático e análise dos resultados –, a proposta foi aplicada em turma de 9º ano e a prática de Análise Linguística associada ao trabalho de produção escrita de textos do gênero relato pessoal. Para a geração de dados das atividades aplicadas, foi utilizado como instrumento o diário de campo e, para a análise dos dados, a opção foi pelos conteúdos ou processos de aprendizagem como referencial para a reflexão sobre a prática pedagógica (ZABALA, 2010). No processo de reescrita dos textos dos alunos, a partir de um trabalho previamente organizado, percebemos avanços consideráveis em relação à escrita inicial do gênero selecionado. Portanto, os resultados da aplicação da proposta pedagógica demonstraram que um trabalho planejado que alia a pesquisa à prática de sala de aula apresenta uma grande possibilidade de efetivação da prática de Análise Linguística nas aulas de Língua Portuguesa.

Palavras-chave: Análise linguística. Interacionismo. Prática pedagógica.

Downloads 116  116  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unioeste  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!O Encontro entre Guimarães Rosa e García Márquez em uma Esquina da Latino-americanidade Popular Versão: PDF
Atualização:  20/4/2018
Descrição:
MARINO, Jociele Fernanda Rodrigues

Silviano Santiago, ao teorizar sobre as novas tendências literárias no ensaio “O entre-lugar do discurso latino-americano”, discorre sobre a relação antropofágica que transforma um leitor, devorador de livros, em escritor. Com este mesmo pensamento, Moreiras (1999) fala do “tercer espacio” e Bernd (1998) do “caminho do meio”, mas, independente do nome, o foco do presente estudo é situar a literatura latino-americana em um espaço próprio de enunciação, contraposto ao da literatura europeia. A característica principal dessa nova escrita latino-americana é a relação que se cria entre autor e leitor através do diálogo tratado entre os dois e a forma como este diálogo se desenvolve. Esta pesquisa, de caráter dialético e bibliográfico, tem como objetivo contextualizar as obras Grande sertão: veredas, de João Guimarães Rosa, e Cem anos de solidão, de Gabriel García Márquez, no espaço sugerido por Santiago (2000) que, aqui, metaforicamente é identificado como uma esquina da latino-americanidade. Para tanto, no primeiro capítulo, com base na teoria do entre-lugar, nas considerações de Cortázar (1999, 2001) sobre o escritor latino-americano e nas de Rama (2008) sobre o contexto sociocultural latino-americano, foi possível aproximar os romances em análise. A partir de então, no segundo capítulo, analisou-se Grande sertão: veredas, com base nos estudos de Coutinho (1983), Garbulio (1972) e Rosenfield (2006) com o intuito de estabelecer uma correlação entre a obra rosiana e o contexto latino-americano. Em seguida, procurou-se esclarecer o que seria o sertão percorrido por Riobaldo, sua localização e sua temporalidade, para que, enfim, se discutisse sobre o quê fala este narrador. No terceiro capítulo, tendo como suporte teórico Vargas Llosa (2006), Ludmer (1989) e Montaner (1987), analisou-se Cem anos de solidão, objetivando demonstrar que a engenhosa obra de García Márquez renovou o mito de Édipo, ao mesmo tempo em que “reescreveu” a história do povoamento da América Latina. Dessa forma, a presente dissertação procurou indicar possibilidade de leituras para estes dois ícones da literatura latino-americana, compreendendo suas especificidades, contexto de produção, escritura, similitudes e diferenças.

Palavras-chave: Entre-lugar. Grande sertão: veredas. Cem anos de solidão.

Downloads 127  127  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unioeste  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!O gênero resumo de texto no livro didático do nono ano: análise e proposta de intervenção Popular Versão: PDF
Atualização:  17/2/2016
Descrição:
ROCHA, Édila Regina da Silva

Esta pesquisa temo como temática o ensino de gêneros discursivos na sala de aula do ensino fundamental II e aborda de forma específica a produção do resumo em aulas de língua portuguesa, dentro da concepção de linguagem como forma de interação, no âmbito da Linguística Aplicada.

Palavras Chaves: Gênero discursivo. Resumo escola. Proposta de interação.

Downloads 136  136  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Maringá  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora! “Quando me Dei Conta de que Era Negra(o)/Branca(o)? ”: um Estudo a partir de Relatos Autobiográfic Popular Versão: PDF
Atualização:  17/10/2017
Descrição:
SOUTA, Marivete

Esta pesquisa se situa na área dos estudos da Linguagem e investigou como as(os) alunas(os) negras(os) e brancas(os) de um colégio da rede pública estadual do Paraná expressam suas identidades étnico-raciais por meio da produção de relatos autobiográficos. Para tanto, foram elencados os seguintes objetivos: verificar se/quais conflitos de identidade racial aparecem nas produções de alunas(os) negras(os) e brancas(os); identificar o papel da escola e outras instituições e/ou meios na (re)construção da(s) identidade(s) raciais e analisar como uma SD com o gênero relato autobiográfico, com a perspectiva do letramento racial crítico e da educação antirracista pode contribuir para a construção da identidade étnico-racial. Os conceitos de raça na perspectiva sociológica foram retomados, trazendo a concepção de raça como uma construção histórica e cultural, a partir de autores como Gomes (2005, 2012); Guimarães (1999, 2011) e Munanga (1994, 1999, 2005, 2005) dessa área. Discuti branqueamento, branquidade e branquitude, embasada em autores da área da Psicologia como: Bento (2014); Piza (2005, 2014); Cardoso (2008; 2010; 2011; 2014) da área de Ciências Sociais. A concepção de identidade foi baseada em autores como: Hall (2011) e Moita Lopes(2002). Focalizei a construção da identidade de adolescentes e jovens, pois são os sujeitos desta pesquisa. A opção metodológica foi a pesquisa-intervenção, com a perspectiva do letramento racial crítico e a educação antirracista, com aplicação de uma SD, e o relato autobiográfico, que foi instrumento de geração de dados, assim como o diário de bordo. Da área de Linguagens, referenciei-me em autores como: Ferreira (2006, 2009, 2014, 2015) e Moita Lopes (1992, 2002, 2006). As (os) alunas (os) expressaram suas identidades étnico-raciais por emio dos relatos, partindo de recordações de como se deram conta de que eram negras (os) brancas (os). À medida que contaram se tinham pensado alguma vez sobre sua cor de pele, foram trazendo lembranças que as (os) fizeram ter a percepção de sua raça. Pela análise dos dados, foi possível observar alguns conflitos de identidade como o branqueamento e o discurso da hegemonia racial, contradizendo-se com afirmações de que a cor da pele influencia em como foram/são tratados. O papel da escola entre instituições e /ou meios que contribuíram para a construção das identidades foi reafirmada, reiterando a importância da educação para as relações étnico-raciais. Pudemos concluir com esta pesquisa que através de um trabalho na perspectiva do letramento racial crítico e da educação antirracista é possível ressignificar a branquitude, contribuindo assim para a formação de cidadãos críticos que possam construir um mundo menos excludente.

Palavras-chave: Identidade racial. Branquitude. Narrativas autobiográficas. Adolescentes e jovens.

Downloads 145  145  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEPG  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Um Protótipo Didático para o Multiletramento com Gênero Meme para um Nono Ano Popular Versão: PDF
Atualização:  3/1/2019
Descrição:
BRAGA, Betania Elisabete

Este trabalho faz parte das pesquisas desenvolvidas no Mestrado Profissional (Profletras/UEM/CAPES) e segue a linha teórico-metodológica dos estudos dialógicos bakhtinianos, ancorando-se na concepção interacionista e dialógica da linguagem para o ensino-aprendizagem de Língua Portuguesa. Preocupa-se também com a inserção de práticas de multiletramentos com textos multissemióticos nas aulas de leitura e análise linguística. Buscamos desenvolver uma proposta de atividades didáticas de leitura e análise linguística com o gênero meme, em um nono ano, da educação básica da rede estadual de ensino. O estudo tem como objetivo geral refletir sobre os processos de elaboração e implementação de um protótipo didático (ROJO; MOURA, 2012) com o gênero discursivo meme em um nono ano, da rede pública de ensino, contribuindo para os estudos dos multiletramentos, à luz da perspectiva dialógica da linguagem. Nossa pesquisa foi gerada a partir da seguinte questão: por que os alunos do nono ano do ensino fundamental não analisam de maneira crítica os memes que compartilham em suas redes sociais e aplicativos de troca de mensagem? O trabalho considerou a hipótese de que se o professor proporcionar aos alunos situações interativas em que eles necessitem desenvolver a leitura crítica, podemos (re)significar em textos multimodais os discursos de racismo, machismo, bullying e homofobia com os quais a sociedade convive. Dessa maneira, nossa pesquisa está ancorada nos estudos bakhtinianos sobre enunciado e gêneros discursivos (BAKHTIN, 2016; BAKHTIN, 1997; VOLOCHINOV, 2006), nos estudos dos multiletramentos (MELO; ROJO, 2016; ROJO, 2005; 2009; 2012; ROJO; BARBOSA, 2015) e nos conceitos teórico-metodológicos em relação às práticas de leitura e análise linguística, na perspectiva dialógica da linguagem (GERALDI, 1991; HILA, 2009; MENEGASSI, 2010; 2008; PERFEITO, 2007; RITTER, 2012). Caracterizamos nossa investigação como uma pesquisa-ação, qualitativo-interpretativa, de cunho etnográfico e de natureza aplicada, que se desenvolveu em uma turma do nono ano do ensino fundamental, em uma escola da rede pública de Ivaiporã/PR. Percebemos, em nossa experiência como professora de língua portuguesa da rede pública, que os alunos compartilham/curtem discursos com conteúdos que reforçam aspectos negativos e/ou preconceituosos das relações sociais. Diante disso, elaboramos um protótipo didático que buscasse ler criticamente esses textos, (re)significando os efeitos que eles têm na sociedade e analisando como os alunos se colocam diante deles antes e depois da análise. Os resultados da pesquisa demonstraram que os alunos se identificam mais com os discursos de racismo e homofobia, consideram, quase sempre, o bullying como brincadeira e não reconhecem os discursos de machismo. A reação dos alunos ratifica a forma como a sociedade enxerga esses temas e esperamos, com nosso trabalho, contribuir para a construção de novas formas de se relacionar com essas questões.

Palavras-chave: Multiletramentos. Leitura crítica. Pesquisa-ação. Meme.

Downloads 158  158  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!O ensino do uso da modalização para alunos do fundamental II: uma prática possível Popular Versão: PDF
Atualização:  19/2/2016
Descrição:
MELCHIOR, Jaqueline Pizzi

Este trabalho apresenta pesquisa realizada com objetivo de elaborar proposta de aplicação teórica sobre o ensino da modalização para alunos do 9º ano do ensino fundamental. Relata-se aplicação de proposta didática em escola pública da zona urbana da cidade de Cascavel, Estado do Paraná, nos anos de 2013 e 2014. Partiuse da hipótese de que os alunos daquele 9º ano do ensino fundamental possuíam uma baixa competência argumentativa em situações de produção escrita, ao se posicionarem em relação a uma questão polêmica. Aplicou-se proposta didática com base nos estudos de Cervoni (1989), Koch (2011), Castilho e Castilho (1993) e Neves (1996), autores que serviram para o entendimento de que elementos linguísticos, tais como conjunções, advérbios, adjetivos, etc, servem para a construção da argumentação do texto. Considerou-se que a modalização é uma estratégia semântico-discursiva possível em diferentes gêneros textuais/discursivos, capaz de permitir ao enunciador deixar registrado, em seu discurso, marcas de sua subjetividade ou objetividade por meio da escolha de elementos linguísticos que constituem um ato de fala particular. O corpus escolhido para análise é constituído de quatro textos produzidos pelos alunos a partir de uma situação polêmica na escola, que envolvia a escolha dos representantes do colégio por meio de uma votação on-line. Expõe-se metodologia utilizada na proposta didática e análise dos resultados visualizados em produções do gênero comentário on-line, em grupo criado na rede social Facebook. Este trabalho possibilitou perceber que o ensino do uso da modalização para alunos do ensino fundamental é uma prática possível que, associada à produção do gênero comentário on-line, promove interação e possibilidade de inserção das novas tecnologias no processo de aprendizagem. Espera-se contribuir com o processo de ensino do uso da modalização, não como um conteúdo isolado, mas como um fenômeno presente na linguagem humana, que deve ser associado à aprendizagem da leitura e escrita.

PALAVRAS-CHAVE: Modalização. Ensino fundamental. Comentário on-line.

Downloads 167  167  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual do Oeste do Paraná   Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!A atuação do profissional da unidade de apoio à família dos núcleos de atividades de altas ... Popular Versão: PDF
Atualização:  23/2/2016
Descrição:
LEONESSA, Viviane Tramontina

A presente pesquisa teve por objetivo traçar o perfil do serviço e do(s) profissional(is) que atua(m) na Unidade de Apoio à Família dos Núcleos de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação (NAAH/S) dos estados e Distrito Federal, identificando as atividades realizadas, seus objetivos, compreendendo também as necessidades, dificuldades e resultados positivos e confrontando-os com as instruções do Ministério da Educação (MEC). Como não foram encontrados trabalhos relacionados ao tema proposto, o presente estudo pode ser considerado inovador, configurando-se como pesquisa Survey. Participaram do estudo onze NAAH/S, representados pelos coordenadores da unidade pesquisada. Para elaboração do instrumento de coleta de dados, tomou-se como ponto de partida o documento orientador de implantação dos núcleos, proposto pelo MEC. Também foram realizadas entrevistas com três pesquisadoras da área, que forneceram subsídios referentes à família da pessoa com altas habilidades/superdotação (AH/SD) e à importância de oferecer-lhe atendimento, contribuindo para a elaboração do instrumento. O instrumento de coleta dos dados consistiu em um questionário eletrônico com questões abertas e fechadas, criadas em aplicativo do Google Drive, enviado a todos os núcleos por email. Os dados receberam tratamento quali-quantitativo, ou seja, as questões objetivas receberam tratamento de estatística descritiva e as informações subjetivas, coletadas por meio de respostas elaboradas pelos participantes, e foram agrupadas em temas de análise, criadas a partir dos conteúdos das respostas apresentadas nas questões, denominadas análise de conteúdo.

Palavras-chave: Educação Especial. Altas Habilidades/Superdotação. Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação (NAAH/S). Família.

Downloads 196  196  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Londrina  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Tecnologias nas aulas de língua portuguesa: refletindo sobre a formação continuada dos professores  Popular Versão: PDF
Atualização:  23/2/2016
Descrição:
GODOY, Wilson Cabral

Esta pesquisa teve como objetivo analisar como foi a formação continuada dos professores de Língua Portuguesa do ensino médio para o uso das tecnologias em um município da região Metropolitana de Curitiba, no Estado do Paraná. Como problema de pesquisa, temos a seguinte questão: qual formação continuada o professor de Língua Portuguesa, do ensino médio, teve no período de 2008 a 2012 para trabalhar com as tecnologias na sala de aula? O estudo foi realizado em três escolas públicas do município de Colombo. Baseamos esta pesquisa numa abordagem metodológica qualitativa, sendo os instrumentos de coleta de dados utilizados um questionário e entrevista, aplicados aos professores de ensino médio dos três colégios pesquisados. Na abordagem teórica, buscamos discutir a tecnologia a partir da cultura, dos movimentos emergentes com a sociedade da informação e da cibercultura, e, para isso, utilizamos autores como, Rockwell (1995); Lopes (1999); Forquin (1993); Lemos (2010); Lévy (1996); Moran (2007, 2012); Sancho (2006) e Brito e Purificação (2008, 2011). A pesquisa traz a organização do ensino médio no Brasil e particularmente no Paraná. Apresenta os programas em nível Federal e Regional de formação em andamento. Nos resultados, verificamos que o professor é aberto às Tecnologias Educacionais (TE) e está preocupado com a sua formação para o uso destas. No entanto, a pesquisa apontou várias questõesproblemas que envolvem o uso do laboratório de informática, revelando que há muito por fazer por parte da Secretaria Estadual de Educação (SEED) para que o professor sinta-se motivado a incluir o uso do laboratório de informática no cotidiano da escola.

Palavras-chave: Formação continuada de professores. Tecnologias educacionais. Laboratório de informática. Educação básica/Ensino médio.

Downloads 197  197  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma   Site http://Universidade Federal do Paraná
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Contextos educacionais inclusivos de alunos surdos: ações frente à realidade inclusiva ... Popular Versão: PDF
Atualização:  23/2/2016
Descrição:
SOUZA, Márcia Cristina

Este trabalho, de cunho qualitativo, fundamenta-se nas ações docentes dos professores de matemática da educação básica que tem em suas turmas alunos surdos incluídos. Tem como objetivo compreender a realidade de tais contextos educacionais inclusivos e contribuir com os debates e estudos sobre o processo de inclusão de alunos surdos na educação básica. Foram utilizadas entrevistas estruturadas com quinze professores de Andirá-PR e municípios vizinhos, que trabalhavam em 2011 com alunos surdos incluídos em suas aulas de matemática. As transcrições das entrevistas foram submetidas aos procedimentos e conceitos apresentados pela Análise de Conteúdo (AC) proposta por Bardin (1977) até a sua estruturação e após a organização das informações, na fase da análise, migrou-se para uma interpretação utilizando-se da Metanálise, proposta por Fiorentini e Lorenzato (2009). As respostas dos professores de matemática da região pesquisada possibilitou a compreensão de seus conhecimentos sobre a surdez, sobre as políticas de inclusão e sobre as ações educativas na educação inclusiva do
aluno surdo. Foi possível também levantar informações sobre a necessidade de maiores investimentos na formação continuada dos professores para que os mesmos possam participar da construção de currículos inclusivos como solicita as Diretrizes Curriculares da Educação Especial para a construção de currículos Inclusivos (PARANÁ, 2006). Espera-se com os resultados da pesquisa contribuir para o avanço dos estudos referentes à educação inclusiva de alunos surdos de maneira geral. Em suma, o presente trabalho adentrou os ambientes inclusivos e verificou que ainda são muitas as dificuldades vivenciadas pelos professores com a inclusão do aluno surdo pois existe falta de aprofundamento teórico desses profissionais da educação e os ambientes educacionais não estão gerenciados e estruturados de acordo com as leis de inclusão.

Palavras-chave: Educação básica. Professores de matemática. Educação inclusiva. Aluno surdo. Ações docentes inclusivas.

Downloads 201  201  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Universidade Estadual de Londrina  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Língua Portuguesa Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!O uso pedagógico do gênero telenovela em proposta de desenvolvimento do letramento crítico.  Popular Versão: PDF
Atualização:  11/7/2016
Descrição:
KIERAS, Josiane.


Este trabalho tem por objetivo, por meio de uma pesquisa-ação com alunos de 9º ano, desenvolver o letramento crítico, a partir da leitura e análise do discurso midiático presente no gênero telenovela (Malhação, capítulo 91, exibido em 12/11/2013,e capítulos 01, 69, 70, 71 e 72 da temporada Malhação Sonhos–2014/2015). Para isso, foram considerados, de acordo com Pinto (1989), três momentos alusivos à pesquisa-ação: momento de investigação, de tematização e o de programação/ação, divididos em sete etapas. A pesquisa se desenvolveu em paralelo com a ação, com a prática, levando em conta o perfil de cada educando. Considerando que o letramento crítico tem como ponto de partida a análise crítica dos mais variados discursos e linguagens, pretendeu-se apresentar uma proposta que promovesse o desenvolvimento desse posicionamento crítico dos estudantes. Como principal estratégia metodológica, foram observadas e apresentadas à turma, por grupos de alunos, as variadas linguagens presentes em uma telenovela, e como essas linguagens interferem de forma significativa no modo de pensar e agir de seus interlocutores. Tais observações foram analisadas, pela professora pesquisadora, de acordo com o Modelo Tridimensional da Análise do Discurso, envolvendo as três dimensões: textual, prática discursiva e prática social, apontadas por Fairclough (2008). Desse modo, constatou-se a capacidade crítico-reflexiva e interpretativa dos estudantes; a capacidade de se posicionar em diferentes perspectivas e participar/interagir em diversificados eventos de letramento, incluindo situações naturais e espontâneas de fala e de escrita.

Palavras-chave: Letramento crítico. Pesquisa-ação. Discursos. Linguagens. Prática.

Downloads 213  213  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


« 1 (2) 3 4 5 6 7 »