Educadores

Ínicio : Educação Fisica : Dissertações : Produções de Profissionais da Seed: Dissertações : 



Ordenar por:  Título () Data () Notas () Popularidade ()
Ordenados por: Título (Z a A)

Categoria: Educação Fisica Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Tensões entre MEC e Seed/PR: uma análise a partir do programa ensino médio inovador Popular Versão: PDF
Atualização:  18/2/2016
Descrição:
RAMOS, Edna Amancio De Souza

O presente trabalho possui como foco a análise de tensões nas relações entre os entes federados estado-União, a partir do estudo da adoção do Programa Ensino Médio Inovador pela Secretaria de Educação do Paraná. Sua construção sobre federalismo e relações intergovernamentais aponta tensões dentro dos princípios de autonomia e interdependência entre os entes federados, tensões essas que são de várias ordens/aspectos: fiscal, política, de responsabilidades para com as políticas públicas.

Palavras-chaves: Programa Ensino Médio Inovador. Relações intergovernamentais. Ensino médio.

Downloads 234  234  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Respostas fisiológicas, perceptuais e afetivas de seis protocolos de treinamento intervalado de alta Popular Versão: PDF
Atualização:  15/2/2017
Descrição:
FOLLADOR, Lucio

Objetivo: comparar as respostas fisiológicas, perceptuais e afetivas de seis protocolos de treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT, do inglês High Intensity Interval Training) em universitários. Métodos: quatorze universitários moderadamente ativos (idade: 23,4 ± 2,8 anos; estatura: 178,1 ± 9,9 cm; massa corporal: 78,0 ± 13,4 kg; IMC: 24,5 ± 2,9 kg/m²; cicloergômetro: V̇ O2máx: 45,8 ± 4,8 ml/kg/min, FCmáx: 180,8 ± 10,8 bpm; esteira: V̇ O2máx: 49,9 ± 5,6 ml/kg/min, FCmáx: 185,6 ± 11,1 bpm) completaram, em ordem randomizada, três protocolos de HIIT em cicloergômetro (4 x Wingate, 10 x 60 seg a 90% FCmáx e Tabata) e três protocolos de HIIT em esteira (4 x 4 min a 90-95% FCmáx, 5 x 50% tlimvV̇ O2max e 4 x 1000 m a uma PSE = 8 da escala OMNI-Walk/Run). Durante as sessões, as respostas fisiológicas (V̇ O2 e FC) foram monitoradas continuamente com o uso de um sistema metabólico portátil (K4 b2 , Cosmed, Roma, Itália). A PSE (escalas OMNY-Cycle e OMNIWalk/Run) foi determinada após cada repetição. As respostas afetivas (Feeling Scale) foram determinadas pré-exercício e 10 min após o término da sessão (afeto-S). Resultados: a ANOVA demonstrou que, entre os protocolos de cicloergômetro, o Tabata apresentou os maiores valores médios para o V̇ O2, a FC e a PSE, e a menor média para o afeto-S. Nos protocolos para esteira, os valores médios do V̇ O2 foram maiores para o vV̇ O2máx, em comparação ao 4 x 4 min e ao 4 x 1000 m. Os valores médio da FC foram menores para o 4 x 4 min, em relação ao vV̇ O2máx e ao 4 x 1000 m. A PSE média foi maior para o 5 x 50% tlimvV̇ O2máx. As respostas para o afeto-S foram menores para o 5 x 50% tlimvV̇ O2máx, em comparação ao 4 x 4 min. Nenhum dos participantes foi capaz de finalizar os protocolos Tabata e 5 x 50% tlimvV̇ O2max sem que fosse necessário realizar ajustes para diminuir a intensidade do exercício. Conclusão: os resultados salientam o potencial limite de aplicação de alguns protocolos de HIIT, especialmente em populações com baixa aptidão física ou não atlética. Além disso, os protocolos mais intensos geraram respostas afetivas negativas, o que pode diminuir a aderência a programas de exercícios.

Palavras-Chave: Cicloergômetro. Esteira. PSE. Afeto. Treinamento Intervalado. HIIT.

Downloads 189  189  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Respostas Agudas e Crônicas da Pressão Arterial entre o Exercício Resistido Tradicional e o Exercíci Versão: PDF
Atualização:  7/1/2019
Descrição:
DOMINGOS, Everton

O exercício resistido com restrição de fluxo sanguíneo (RFS) e baixa intensidade é uma alternativa aos protocolos tradicionais de exercícios de alta intensidade visando obtenção e manutenção de força muscular, principalmente para populações com limitações à alta carga. Entretanto, estudos envolvendo respostas da pressão arterial (PA) a essa estratégia de exercício ainda são inconsistentes. Nesse sentido, o objetivo deste estudo foi realizar uma revisão sistemática da literatura sobre os efeitos do exercício resistido com RFS nas respostas de PA agudas e crônicas e, por meio da meta-análise, identificar variáveis associadas. Métodos: As buscas foram realizadas nas bases PubMed, SPORTDiscus e Web of Science, resultando em 2581 referências. Após análises baseadas nos critérios de inclusão e exclusão, 18 referências foram selecionadas para compor a revisão sistemática e meta-análise. A PA foi o desfecho principal para as análises de efeito agudo, efeito hipotensivo e efeito crônico ao exercício resistido com RFS. O effect size (ES) foi calculado utilizando o modelo de efeito randômico. A influência de variáveis moderadoras, transformadas em work-rest ratio (WRR), foi verificada pela meta-regressão. ANOVA baseada em teste Q foi usada para identificar possíveis diferenças em subgrupos. Resultados: Quando o exercício tradicional foi realizado com alta carga, ocorreram valores mais elevados (P<0,01) para a PA diastólica (PAD) no exercício com RFS (ES=17,84) em relação ao exercício tradicional (ES=5,53). No exercício tradicional realizado com baixa carga, a PA sistólica (PAS) apresentou diferença entre esse exercício e o exercício com RFS para pessoas hipertensas (ES=48,05 vs 69,83; P=0,03) e pessoas treinadas (ES=22,36 vs 32,30; P=0,02). Para a PAD, também foram observadas diferenças em pessoas hipertensas (ES=28,37 vs 43,66; P=0,04) e pessoas treinadas (ES=17,54 vs 24,47; P=0,03). A meta-regressão mostrou associação significativa apenas para a PAS e o WRR tanto no exercício com RFS (slope=50,55; P=0,03) quanto no exercício tradicional (slope=30,77; P=0,02). Para o efeito hipotensivo, houve diferença na medida de 30-60 pós-exercício (P=0,02), na PAS, entre exercício com RFS (ES=-5,13) e exercício tradicional (ES=-3,76), e na PAS (P<0,01), entre o exercício com RFS (ES=-4,70) e o exercício tradicional (ES=-3,04). Pessoas hipertensas também apresentaram diferença entre os dois tipos de exercício na PAS (P<0,01), enquanto pessoas normotensas mostraram diferença na PAD (P=0,01), com maior efeito hipotensivo na RFS. A meta-regressão mostrou associação significativa, com efeito hipotensivo, para a PAD e o WRR apenas no exercício resistido tradicional (slope=0,11; P<0,01). Conclusão: O exercício com RFS apresentou maiores valores de PAD em relação ao exercício tradicional com alta carga; e maiores valores de PAS e PAD em relação ao exercício tradicional com baixa carga, principalmente em pessoas hipertensas. Dessa forma, a prescrição da RFS deve ser feita com cautela quando o controle da PA for necessário durante o exercício.

Palavras-chave: Pressão arterial. Respostas hemodinâmicas. Exercício resistido. Restrição do fluxo sanguíneo. Kaatsu training.

Downloads 21  21  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEM/UEL  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Política educacional no Brasil: proposições educacionais no plano plurianual dos governos Lula/Dilma Popular Versão: PDF
Atualização:  18/2/2016
Descrição:
MICHELON, Edimor Antônio

Este estudo analisa as flexibilizações das políticas educacionais considerando as proposições educacionais no plano plurianual dos governos Lula e Dilma Rousseff (2008-2011). Considerando que em decorrência das tensões e pressões de classe, emergem políticas educacionais socialmente delineadas e circunscritas, no contexto do desenvolvimento econômico proposto e sustentadas pelo Estado brasileiro, nos eixos norteadores, apresentados no campo educacional pelo Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), Plano de Metas Compromisso Todos para Educação e Plano de Ações Articuladas (PAR), e no campo econômico pelo Plano Plurianual Desenvolvimento com Inclusão Social e Educação de Qualidade e o Plano de Aceleração do Crescimento (PAC I). Os planos, programas e projetos que emergem do plano plurianual, constituem uma política educacional de cunho produtivo, pela forma como articula e mobiliza diversos órgãos e mecanismos de Estado. Nessa direção estão os programas de Inclusão Digital, Saúde na Escola, Mais Educação, Ensino Médio Inovador, Apoio ao Transporte Escolar, Caminho da Escola e o Brasil Profissionalizado, entre outros. Essa categoria de política intersetorial aciona mecanismos que dialogam entre si, a fim de sintetizar ações que minimizem os conflitos desencadeados pelos grupos populacionais em risco, pela insuficiência dos meios, da própria produção social imediata. Nessa direção, os programas educacionais propostos a partir do plano plurianual, representam nas flexibilizações das políticas sociais, as tensões e pressões que revelam do mesmo modo as relações entre classes.

Palavras-chave: Política educacional no Brasil. Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE). Plano plurianual do Brasil.

Downloads 274  274  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UNIOESTE  Site http://
Avaliação: 9.00 (2 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!O lazer dos agricultores familiares promotores do turismo: o caso do roteiro turístico caminhos do M Popular Versão: PDF
Atualização:  18/2/2016
Descrição:
ZIOLI, Osni

O turismo rural é apontado como uma das estratégias que permitem aos agricultores familiares o aumento da renda e a melhoria da qualidade de vida. Muitos estudos tratam deste tema, contudo há uma lacuna no sentido de entender o lazer sob a ótica dos agricultores promotores do turismo. O presente trabalho buscou compreender o que é lazer e quais as suas práticas na ótica dos agricultores familiares que promovem o turismo rural em suas propriedades no município de Francisco Beltrão no Sudoeste do Paraná. A pesquisa foi do tipo qualitativo, de caráter descritivo e exploratório, a amostragem da pesquisa foi do tipo não-probabilístico, com coleta de dados e informações em cinco fases, sendo utilizadas como estratégias e instrumentos de pesquisa a entrevista gravada com base no roteiro semiestruturado, a observação direta com registro no diário de campo e entrevista com formulário semiestruturado, sendo os dados tabulados com os software Excel 2013 e Word 2013, e apresentados na forma de gráficos e tabelas e, posteriormente, interpretados a luz da revisão teórica. A importância do turismo ofertado pelos agricultores familiares, mais que o aumento da renda, está relacionado com os significativos momentos de crescimento pessoal e social vividos pelos agricultores familiares no contato com os turistas e com formas de trabalho mais interessantes do que as atividades agrícolas. O lazer dos entrevistados apresenta traços que demonstram o apego ao seu modo de vida, considerando aspectos de suas tradições, hábitos e costumes, em relação ao convívio familiar, com a comunidade em que estão inseridos, além das atividades de trabalho e da reprodução e ao estabelecerem as atividades de turismo, fortalecem a construção de uma racionalidade de resistência, em que está presente ao mesmo tempo uma lógica adaptativa que assimila as demandas externas e inovadora ao gerarem respostas que possibilitam a reprodução biológica e social da família.

Palavras-chave: Agricultura familiar. Turismo rural. Lazer. Sudoeste do Paraná.

Downloads 530  530  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UTFPR  Site http://
Avaliação: 10.00 (1 voto)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Livro didático público de Educação Física do Estado do Paraná: potencial formativo Popular Versão: PDF
Atualização:  18/2/2016
Descrição:
GILIOLI, Eduardo Borba

A Educação Física imputa-se, ao longo de sua história, a finalidade de contribuir para a formação de indivíduos saudáveis e produtivos, os quais são necessários ao sistema capitalista. Esse modelo formativo, pautado no paradigma da aptidão física e saúde, visa apenas adaptar os indivíduos às exigências do mercado e, por isso, pouco contribui para a formação humana, entendida como o desenvolvimento das faculdades psíquicas superiores, que proporcionam a reflexão e a possibilidade de intervenção na realidade. O embate entre a perspectiva da saúde e a perspectiva da cultura corporal influencia a elaboração do Livro Didático Público de Educação Física do Estado do Paraná (LDP-EF) que se opõe às orientações dos Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (PCN-EM), o qual defende o paradigma da saúde.

Palavras-chave: Livro didático público. Educação Física. Potencial formativo. Crítica.

Downloads 242  242  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Lazer, Inclusão e Autonomia de Pessoas com Deficiência Intelectual na Cidade de Curitiba, PR: Entre Popular Versão: PDF
Atualização:  8/6/2017
Descrição:
GIRARDI, Vania Lucia

O objetivo desta pesquisa foi analisar as ações nas políticas públicas de inclusão direcionadas ao lazer da pessoa com deficiência intelectual na cidade de Curitiba, PR, e verificar se repercutem nas atividades de lazer dos integrantes do grupo Amigos do Handebol. Fez parte do estudo o grupo denominado Amigos do Handebol, composto por 14 homens com deficiência intelectual, que participaram dos Jogos Abertos Paradesportivos do Paraná em 2015, bem como os 13 responsáveis pelos integrantes do referido grupo, 4 representantes da equipe pedagógica das escolas modalidade educação especial dos Amigos do Handebol e 6 gestores da Prefeitura Municipal de Curitiba. A metodologia utilizada foi de pesquisa qualitativa, com uma pesquisa-ação. Os dados foram coletados através de: observação direta do grupo, anotados em diário de campo durante 12 encontros realizados; entrevistas semiestruturadas com os 37 participantes do estudo; busca no site da Prefeitura Municipal de Curitiba, sobre o tema lazer e inclusão referente ao período 2013-2016. A análise de dados foi realizada a posteriori, com levantamento de categorias temáticas e cruzamento de dados para análise interpretativa. Os objetivos específicos foram: 1) levantar dados sobre as ações nas políticas públicas de inclusão voltadas para o lazer da pessoa com deficiência intelectual em Curitiba; 2) descrever as práticas cotidianas de lazer e suas características dentro e fora do espaço escolar dos participantes; 3) discorrer acerca das barreiras e facilitadores para as práticas tempo/espaço/lazer voltadas ao lazer da pessoa com deficiência intelectual em Curitiba; 4) analisar as possibilidades de lazer do grupo em estudo relacionadas às ações nas políticas públicas de inclusão voltadas para o lazer da pessoa com deficiência intelectual. As ações desenvolvidas nas políticas públicas de inclusão destinadas ao lazer para a pessoa com deficiência intelectual em Curitiba, seguiram um plano de ação na gestão municipal voltado para uma cidade mais humana e mais inclusiva, porém, a partir das análises, observa-se que há no cotidiano dos participantes fatores que dificultam o acesso ao lazer, como acessibilidade, conhecimento e informação sobre os direitos, os transportes, a autonomia, condições financeiras, invisibilidade, formação profissional, desconhecimento das necessidades da pessoa com deficiência intelectual, entre outras, que dificultam ou impedem a inclusão nas práticas de lazer com os demais cidadãos nos espaços da cidade. As ações implementadas no período de 2013-2016, no eixo 6 do plano Curitiba mais humana mais inclusiva, repercutiram de forma inexpressiva para os integrantes do grupo Amigos do Handebol, visto que as oportunidades de lazer relatadas nas entrevistas pela maioria deles apontam a participação em ações destinadas às escolas especializadas com um falso discurso de inclusão, configurando-se atividades integrativas entre pessoas com deficiência, evidenciando um caráter não inclusivo. O lazer como direito social e dimensão da vida pode ser efetivado desde que observados os dispostos na Lei Brasileira de Inclusão, que passou a considerar a pessoa com deficiência além dos aspectos biológicos, com um modelo social da deficiência com base nos direitos humanos. Olhar para outras dimensões do ser humano pode ser um caminho, a partir de uma educação para a inclusão e pela inclusão, através do lazer nos espaços públicos, como parques e praças. O lazer, além de uma ferramenta para o processo de autonomia da pessoa com deficiência intelectual, pode proporcionar o exercício da liberdade de escolha e o convívio com a diversidade.

Palavras-chave: Lazer. Políticas públicas. Inclusão. Autonomia. Deficiência intelectual.

Downloads 1057  1057  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Guia Prático para Auxílio na Execução de Exercícios com Pesos em Academia Versão: PDF
Atualização:  3/1/2019
Descrição:
GRALA, Alan Pablo

Este material apresenta uma descrição detalhada das fases de elaboração do guia prático intitulado: Guia prático para auxílio na execução de exercícios com pesos em academia. A elaboração do guia prático foi realizada em 4 etapas: (1) Escolha dos exercícios, (2) Obtenção das imagens, (3) Elaboração do guia prático, e (4) Arte final. Inicialmente, foram selecionados os exercícios de musculação para compor o conteúdo do guia prático. A escolha dos exercícios e procedimentos de auxílio foi realizada mediante um consenso entre o conhecimento prévio dos pesquisadores e profissionais de Educação Física que atuam no âmbito das academias de musculação da cidade de Umuarama-PR e Londrina-PR. Após a escolha dos exercícios, um fotógrafo profissional foi contratado para obtenção das imagens ilustrativas, referentes ao posicionamento e conduta do profissional durante o procedimento de auxílio dos exercícios. As imagens foram obtidas em uma academia de ginástica com auxílio de modelos fotográficos, e tratadas posteriormente com software Adobe Photoshop® CC. Após a finalização do conteúdo, um profissional de Design Gráfico foi contratado para concluir os processos de criação, diagramação e arte final do guia prático utilizando o software Adobe Illustrator® v.23. Finalmente, o guia prático será submetido à análise de mérito editorial, visando à solicitação do número ISBN e subsequente divulgação do material. Este guia prático foi elaborado visando atender as características peculiares do curso de Mestrado Profissional em Exercício Físico na Promoção da Saúde da presente IES, cujo escopo principal é apresentar um produto técnico para auxiliar na atuação profissional direcionada ao mercado de trabalho.

Palavras-chave: Treinamento com pesos. Academia. Movimento. Auxílio. Técnica de movimento.

Downloads 18  18  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma Unopar  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Estudo molecular dos GENES ALFA ACTININA 3 e ECA I/D em atletas de esportes de combate, artes marcia Popular Versão: PDF
Atualização:  18/2/2016
Descrição:
NETTO, Zair Candido de Oliveira

Os fatores genéticos e o meio ambiente são pontos relevantes no que tange a capacidade física do ser humano. O objetivo deste estudo foi avaliar o genótipo dos genes, ACTN3 e da ACE I/D, em lutadores de alto rendimento na modalidade de percussão. Neste estudo fizeram parte do conjunto amostral 15 atletas de alto rendimento da esportes de combate e arte marcial, sendo sendo 6 lutadores de Karatê, 4 lutadores de Taekwondo, 4 lutadores de Muay Thai e 1 lutador de Boxe, todos do sexo masculino com idade média de 25,06 anos, com experiência nacional e internacional em suas respectivas modalidades e categorias de peso. A genotipagem dos polimorfismos do ACTN3 e ACE I/D foi realizada por reação em cadeia da polimerase (PCR) a partir do DNA genômico. As frequências genotípicas e alélicas foram comparadas com populações controle e de atletas pelos testes do Qui-Quadrado, e exato de Fisher, para todas as análises foi adotado p˂0,05. Os resultados obtidos para as frequências genotípicas e alélicas do ACTN3 (RR=35,71%,RX=57,14% e XX=7,14%; R=64,28% e X=33,71%) e do ACE I/D (DD=30,76%, ID=50,84% e II=15,36%; D=65,2% e I=34,8%) não diferiram significativamente da população controle e com estudos relacionados a força. Em conclusão os dados da presente pesquisa seguem os padrões esperados para população no que tange a frequência genotípicas e em sua distribuição alélica nos genes da ACTN3 e da ACE I/D com lutadores de percussão.

Palavras-chave: Luta de percussão. Actinina. Enzima conversora de angiotensina.

Downloads 991  991  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UTFPR  Site http://
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


Categoria: Educação Fisica Dissertações Produções de Profissionais da Seed: Dissertações
Fazer Download agora!Docência Universitária e Formação Pedagógica: o Estágio de Docência na Pós-Graduação stricto sensu Popular Versão: PDF
Atualização:  15/2/2017
Descrição:
COSTA, Daiene de Cássia Souza da

Este trabalho de pesquisa está vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Educação, da Universida de Estadual de Londrina, inserido na Linha de Pesquisa Docência: Saberes e Práticas –Formação de Professores e consistiu na análise da contribuição do Estágio de Docência na Pós-Graduação stricto sensu para formação do professor do Ensino Superior. Teve como problema a seguinte questão: Quais as contribuições do Estágio de Docência para formação do professor do Ensino Superior em uma universidade pública? O objetivo geral foi analisar a contribuição do Estágio de Docência para a formação dos pós-graduandos dos Programas de Pós-Graduação stricto sensu, destacando ações, que colocassem em evidência a valorização da docência neste processo. Especificamente pretendeu: (a) identificar aspectos relevantes da perspectiva dos pós-graduandos, professores e coordenadores dos Programas de Pós-Graduação stricto sensu sobre o Estágio de Docência e sua contribuição na formação para a docência e (b) analisar, com base na literatura, a perspectiva dos pós-graduandos, professores e coordenadores consultados relativamente ao Estágio de Docência como proposta e ação formativa para a docência no Ensino Superior. A pesquisa realizada pode ser caracterizada como de natureza qualitativa e como um estudo exploratório descritivo. Os participantes desta pesquisa foram pós-graduandos em formação, coordenadores e professores de cinco Programas de Pós-Graduação stricto sensu da Universidade Estadual de Londrina que foram consultados por meio de questionários e entrevistas. Os resultados obtidos nos permitem considerar que: (ii) as avaliações dos Programas, as exigências de produtividade e as demandas próprias da pesquisa absorvem todos os envolvidos e são fatores que comprometem uma dedicação maior às questões da docência; (ii) o Estágio de Docência, embora contribua para a Formação Docente quando realizado com planejamento da disciplina e orientação adequada, precisa ainda ser mais bem sistematizado e estruturado, proporcionando, assim, um momento de aprendizagem aproximando teoria e prática, aspectos esses destacados pelos participantes da pesquisa.

Palavras chave: Ensino Superior. Formação Docente. Estágio de Docência. Pós-Graduação.

Downloads 277  277  Tamanho do arquivo 0 bytes  Plataforma UEL  Site 
Avaliação: 0.00 (0 votos)
Avaliar | Alterar | Informar erro | Indicar | Comentários (0)


(1) 2 »