Educadores

CREP – Currículo da Rede Estadual Paranaense

O CREP – Currículo da Rede Estadual Paranaense complementa o já aprovado Referencial Curricular do Paraná: princípios, direitos e orientações, trazendo conteúdos essenciais para cada componente curricular (coluna conteúdos), em cada ano do Ensino Fundamental, e, também, sugestões de distribuição temporal dos conteúdos nos trimestres ao longo do ano.

Essa organização visa a fortalecer o apoio didático ao processo de ensino-aprendizagem, trazendo maior clareza dos conteúdos que darão suporte para o desenvolvimento dos objetivos de aprendizagem, assim como consolidar o trabalho na rede estadual de ensino.

Os conteúdos expressam os conhecimentos que o estudante deve ter se apropriado para prosseguir no seu percurso escolar, atingindo os objetivos de aprendizagem indicados no Referencial.

Decorrentes dos organizadores curriculares de cada componente, os conteúdos chegam à especificidade da aula e facilitam as escolhas metodológicas do professor e os processos contínuos de avaliação. Cabe lembrar que, ao planejar a sua prática docente, o professor precisa ter claro a relação entre o conteúdo sugerido e o objetivo da aprendizagem. Nessa relação, a metodologia, a abordagem, as premissas utilizadas pelo professor e as estratégias serão essenciais para a garantia das aprendizagens pretendidas.

Também ressalta-se que as listagens de conteúdos não inviabilizam as especificidades peculiares e necessárias para atender as diferentes realidades locais e regionais das escolas paranaenses, devendo essas especificidades serem respeitadas.

O CREP é um instrumento definido para a Rede Estadual de Educação do Paraná. Ele não se aplica às escolas municipais e privadas que pertencem ao sistema de ensino, porém, caso a rede municipal de educação e escolas privadas tenham interesse em utilizá-lo na integralidade ou em partes, a Secretaria entende esse interesse como fortalecimento curricular do Estado do Paraná.

A organização disposta no CREP também traz uma coluna com códigos específicos aos objetivos do Referencial Curricular do Paraná. Esses códigos foram criados para apoiar os professores no momento de organizar seus planos de aula e registro no RCO, contribuindo para organização sequencial. Além disso, os livros do PNLD estarão organizados com os códigos da BNCC, portanto será fácil associar os conteúdos do livro com a organização dos objetivos, além dos códigos facilitar o diálogo entre os documentos curriculares de diferentes localidades.

Processo de Construção e Efetivação
No ano de 2019 a versão preliminar do CREP passou por um processo de consulta pública, recebendo contribuições e ajustes. Neste ano de 2020 ele passará a ser o documento curricular orientador da construção da Proposta Pedagógica Curricular (PPC) e principalmente na elaboração dos Planos de Trabalho Docente e Planos de Aula da Rede Estadual.

Contudo, é muito importante ressaltar que 2020 ainda é um ano experimental na efetivação do CREP, pois os professores poderão, através do RCO, realizar adequações quanto à distribuição temporal dos conteúdos nos trimestres durante o ano letivo, assim como poderão sugerir outros conteúdos que não foram contemplados. Portanto, é muito importante a participação de todos os professores, pois são eles que efetivam o currículo escolar.




Componentes Curriculares do CREP:

ícone referencial

Arte




ícone referencial

Ciências




ícone referencial

Educação Física




ícone referencial

Ensino Religioso




ícone referencial

Geografia

ícone referencial

História




ícone referencial

Língua Inglesa





ícone referencial

Língua Portuguesa





ícone referencial

Matemática

Recomendar esta página via e-mail: